Arquivos para a Categoria 'Notícias'

Festival Amazônico de Cerveja: Música, gastronomia e cerveja na floresta

Comments
90 visitas

FAC01

Festa terá 25 cervejarias artesanais brasileiras

Quem curte cerveja têm razões de sobra para comemorar a chegada do segundo semestre de 2016: o sabor de 25 cervejarias artesanais brasileiras e 1 americana vai apurar o paladar do público na 2ª edição do Festival Amazônico de Cerveja (FAC). O evento será no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, nos dias 13 e 14 de agosto. Serão mais de 10 mil litros de chopp artesanal de 68 diferentes rótulos de cerveja, que o público vai saborear ao som de muito rock, blues, lambada e guitarrada.

Como cerveja e rock são irmãos gêmeos, no FAC vai rolar todos os gêneros do rock and roll, mas o peso do show de encerramento fica com o Matanza!! Jymmy London, vocalista da banda de countrycore – subgênero do punk rock, falou sobre a volta à Belém depois de três anos desde a última apresentação, e o porquê do festival ser tão interessante.

“Belém é uma cidade fantástica, sua arquitetura, a comida nem se fala. As pessoas são ótimas e sempre fizemos muitos amigos. O FAC é uma proposta incrível, uma oportunidade das pessoas degustarem cervejas que tem produção reduzida e que, por isso, são difíceis de encontrar por aí. Imagino que devamos encontrar verdadeiras preciosidades no Festival! Acredito que ingredientes amazônicos devam render cervejas memoráveis!”, concluiu o vocalista do Matanza, que se apresenta no dia 14.

Assim como dissemina e fortalece a cultura cervejeira do Norte do país, ao inserir Belém na rota dos festivais de cerveja artesanal e no universo da gastronomia amazônica, o Festival faz questão de compor seu line-up com sons que vêm da floresta. Depois de Felipe Cordeiro no ano passado, é a vez da batida latino-amazônica e dançante de Félix Robatto agitar a programação do FAC. Hit consagrado do guitarrista e percursionista, “Eu Quero Cerveja” promete ser o ponto alto do show.

“Eu estou muito feliz em ter sido convidado para o Festival Amazônico de Cerveja e isso vai refletir no show. Vai ser um show bem empolgante e empolgado também, porque é muito legal participar de um festival de algo que eu gosto tanto (cerveja). Eu acho muito importante um festival de cerveja aqui, que tem tanta gente produzindo, tantas cervejarias artesanais, isso fomenta essa prática, esse trabalho, aí é bacana estar junto, estar fazendo essa trilha sonora desse festival”, comentou Félix.

Sabor gastronômico do Festival

Se o som de Belém já é reconhecido no Brasil e no mundo, a gastronomia da cidade ainda é uma pérola a ser descoberta. Entretanto, esse cenário já começou a mudar de perspectiva, com o reconhecimento da capital paraense como Cidade Criativa da Gastronomia, selo internacional conferido pela Unesco. Por isto, o FAC decidiu trabalhar o conceito de gastronomia no Concurso de Comida Amazônica. Cada um dos 14 expositores deve utilizar pelo menos um ingrediente amazônico no prato apresentado.

FAC02

Para o Chef Artuzão Bestene, curador de gastronomia do Festival, antes de atribuir a essa “disputa” a alcunha de concurso, ele vê nesse momento uma oportunidade de valorizar dos ingredientes da terra. “Dos expositores, o público pode esperar variedade, bons preços, porções de todos os tamanhos. Estamos incentivando a usar determinados ingredientes regionais, mas o vencedor do concurso quem vai decidir é o público e, com certeza, o sabor é o critério que vai prevalecer nessa escolha”, esclareceu.

Outra novidade será a presença das boieiras – como são carinhosamente chamadas as cozinheiras que produzem refeições no Ver-o-Peso – Lúcia Torres e Eliana Ferreira, vencedoras do projeto de valorização gastronômica Ver-a-Boia. “Para nós é maravilhoso ter esse espaço para divulgar o que a gente faz. Vamos trabalhar em um prato bem especial para o Festival”, pontuou Lúcia.

Cerveja artesanal e mercado

A rainha da festa é a cerveja artesanal e, por conta do potencial desse segmento no mercado, o FAC incluiu oito palestras sobre o assunto na programação. Entre elas, a “Mercado cervejeiro”, que será ministrada por Carlo Enrico Bressiani, diretor da Escola Superior de Malte e Cerveja, em Blumenau (SC), e a “Empreendedorismo no mercado cervejeiro”, a ser ministrada pelo Sebrae.

Enquanto uns aprendem, outros desejam apenas degustar, e foi pensando nesse público que o Festival confirmou a presença de 26 cervejarias artesanais brasileiras, garantindo a diversidade de estilos que serão oferecidos no evento. Almir Dopazzo, proprietário da Baviera Boutique bar e um dos coordenadores do FAC, conta que a escolha dos estilos tem a ver com conseguir oferecer cervejas de vários estilos para cada tipo de cervejeiro.

“Acredito que o público que degusta a cerveja e as comidinhas será 25% maior do que ano passado. Cerveja abraça um vasto universo de degustação, e dentro de mais de 100 estilos, sempre tem aquele favorito de alguém. Por isso é importante trazer vários tipos, para contemplar o paladar de todos. Ano passado oferecemos 42 rótulos diferentes, esse ano serão 68 torneiras de chopps diferentes. Além disso, o FAC 2016 será o primeiro festival do Brasil a oferecer Sidras artesanais lupuladas com uma refrescância sem igual!”, afirmou.

Parece que o Festival Amazônico de Cerveja veio para ficar. Após o sucesso da última edição, a expectativa é que o evento alcance ainda mais pessoas este ano. “Nós ficamos muito felizes com o resultado da edição passada. Desta vez vai ser melhor ainda. Temos mais cervejarias confirmadas e vamos continuar fortalecendo a cultura da cerveja artesanal em Belém”, explica Gibson Massound, da Sonique Produções, organizadora do Festival.

O evento tem o patrocínio da faculdade Estácio-FAP e da Cerpa, e conta com o apoio do Boulevard Shopping, Sebrae, Realli, C5 Logística, Hangar, Secult, InBox Mídia e Impacto.

Serviço:

Festival Amazônico de Cerveja, nos dias 13 e 14 de agosto, a partir das 14h, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Ingressos do primeiro lote a R$ 40 (valor antecipado promocional/meia-entrada), à venda nos pontos: Baviera Boutique Bar; lojas Crocs do Pátio Belém e Parque Shopping; quiosque do Festival no Boulevard Shopping e no site do evento www.festivalamazonicodecerveja.com.br. As atrações confirmadas são Buscapé Blues, Félix Robatto, André Moura, Puget Blues, Beatles Forever, Marcelo Kahwage e banda, Matanza, além dos Djs Felipe Proença e Bernardo Pinheiro. Informações na fanpage Festival Amazônico de Cerveja e no Instagram @festivalamazonicodecerveja. Confira o vídeo da primeira edição do Festival aqui.

Cervejaria artesanal patrocina a Bierville, em Joinville

Comments
238 visitas

BierVille

Forte presença de cervejarias artesanais será diferencial deste ano

JOINVILLE (SC) – A alegria das tradições germânicas, música, gastronomia, e chope artesanal. Fundamentada nestes ingredientes, a Bierville – Festa da Cerveja de Joinville, confirmou o patrocínio de uma cervejaria artesanal a OPA Bier para a segunda edição do evento. De acordo com Werner Weege, proprietário da cervejaria, “a OPA Bier sempre esteve na vanguarda no ramo cervejeiro. Foi a primeira cerveja envasada em garrafa de alumínio em território nacional, primeira lata de 5 litros pressurizada, são exemplos. Agora investe numa ação que visa resgatar o lugar de destaque que Joinville tinha no calendário de festas do estado, com a construção de um grande evento cervejeiro anual”.

Norberto Mette, um dos diretores da SOL Feiras e Eventos, organizadora da festa, avalia a parceria com bastante entusiasmo, “Já no ano passado era nosso desejo ter tido a OPA Bier como patrocinadora oficial, o que acontece agora, quando caminhamos para a consolidação do evento. A postura da cervejaria mostra que acredita no processo de construção de um novo grande evento de outubro em Santa Catarina”.

Na edição do ano passado, uma pesquisa foi realizada com o público, que embora tenha se manifestado satisfeito, com índice acima de 75%, apontou alguns aspectos a serem melhorados, entre eles a presença de cervejarias artesanais. Para atender a essa demanda, foram colocados à disposição das cervejarias 50 estandes, que devem somar mais de 200 rótulos ao público. A Bierville ocorre de 12 a 15 de outubro, na Expoville., o que se concretiza este ano.

Serviço:

Bierville – Festa da Cerveja de Joinville
Quando: de 12 a 15 de outubro.
Local: Expoville – Joinville/SC
Ingressos: R$20,00 inteiro. R$10,00 meio. Crianças menores de 12 anos não pagam.

Fonte: Sol Feiras e Eventos

Beerflakes: grande novidade para os apaixonados por cerveja

Comments
249 visitas

beer-flakes-clube-cervejeiro-01

Sem dúvida todos nós temos alguns artigos cervejeiros preferidos, aqueles que possuem um lugar em destaque na prateleira ou no cantinho cervejeiro de casa, eu pelo menos tenho alguns que gosto bastante.

Já conhecemos os clubes de assinaturas que entregam mensalmente cervejas para os associados mas até agora não havia um clube dedicado aos artigos cervejeiros: taças, copos, artigos colecionáveis e, claro, camisetas, abridores de diferentes marcas e cervejarias, e por aí vai.

Essa é exatamente a idéia do BeerFlakes, que ficamos sabendo que chega ao mercado nas próximas semanas.

A iniciativa é bem interessante, para um modelo de negócio que já é bem conhecido aqui no Brasil. De acordo com o BeerFlakes, marcas ou produtos que são difíceis de encontrar ou com preços muito altos poderão estar nas caixas mensais, que irão conter entre 4 a 6 itens por vez, número que segundo eles irá aumentar com o crescimento do número de assinantes.

Todo mês eles apresentarão um tema diferente, com produtos do universo da cerveja que terão curadoria feita por profissionais da área e pelos próprios assinantes através de pesquisas de satisfação.

O site já está disponível para apresentar o projeto. Nele é possível cadastrar seu email e ficar atualizado sobre a data de lançamento e valores, oferecendo também descontos para quem solicitar o convite nesta fase inicial.

Pra quem gosta de itens diferenciados de cerveja, é uma ótima notícia.
Confere lá: www.beer-flakes.com

Começam nos EUA as “Olimpíadas da Cerveja”, com 58 cervejarias brasileiras no páreo

Comments
717 visitas

IMG_1599

World Beer Cup é o principal concurso cervejeiro do mundo

A cada dois anos acontece nos Estados Unidos a World Beer Cup, competição global que premia as melhores cervejas em mais de 90 categorias. Nesta edição de 2016, serão mais de 6.600 cervejas, de 2.011 cervejarias, de 63 países de todos os cantos do mundo  — um recorde — avaliadas em 3 extenuantes dias de provas (veja os critérios de julgamento).

No último concurso, ocorrido em Denver, a cervejaria mineira Wäls, antes de se unir à Cervejaria Bohemia, ganhou duas medalhas, feito até então inédito para a indústria cervejeira do país. Neste ano, na cidade de Filadélfia, o Brasil estará representado por nada menos que 58 cervejarias, esperando superar o feito de 2014.

Entre os cerca de 260 juízes internacionais selecionados para a tarefa, entre fabricantes de cerveja, consultores, fornecedores e escritores da indústria internacionalmente reconhecidos, pela segunda vez este feliz escriba estará entre eles. Diretamente de lá, enviarei notícias, fotos e vídeos em minhas mídias sociais e nas do BREJAS. Para me acompanhar, siga os seguintes endereços:

Minha página pessoal no Facebook: http://www.facebook.com/mauriciobeltramelli

Página do BREJAS no Facebook: http://www.facebook.com/brejas

Meu Twitter: @mauriciobrejas

Meu Instagram: @mauriciobrejas

Meu Periscope: @mauriciobrejas

Até qualquer momento!

Cervejaria matogrossense lança cerveja com bactérias vaginais e de barba

Comments
1.123 visitas

Thigh_Tickler

A recém-inaugurada Cervejaria BeinBier, do Mato Grosso, promete lançar nos próximos dias sua inusitada cerveja de estreia. Feita no estilo kölsch, a The Thigh Tickler blenda bactérias vaginais e bactérias de barba.

“Será a primeira cerveja crossdresser do mundo, mostrando que cerveja é democrática e não levanta bandeira por nenhum gênero”, afirma Cláudio Ranna, mestre-cervejeiro contratado pela BeinBier.

Ranna informa ainda que a ideia partiu de um hangout entre cervejeiros e sommeliers de cervejas, diante de embates recorrentes nas redes sociais envolvendo questões de gênero. “As bactérias foram colhidas da vagina de uma ativista autodeclarada antifeminista, e da barba de um defensor dos direitos das mulheres (conhecido como “feministo”), ambXs muito conhecidXs nas redes sociais ligadas à cerveja. As identidades só serão reveladas após a cerveja estar nas prateleiras”, disse ainda o profissional, que concluiu afirmando que a The Thigh Tickler “por utilizar um fermento típico nas kölsch, terá sabor de cerveja, sem nenhum cheiro ou gosto estranhos”.

A produção inicial será de 20 mil garrafas de 500ml.

ATUALIZAÇÃO EM 2 DE ABRIL DE 2016

Como (quase) todos perceberam, trata-se de uma brincadeira de 1o. de Abril, bolada pelos cervejeiros Paulo Schiaveto, Pablo Carvalho, Fabiana Arreguy e Mauricio Beltramelli, autor desse texto totalmente inverídico. Pedimos desculpas caso tenhamos ofendido alguém.

Página 1 de 14012345...102030...Última »

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja