Arquivos para a Categoria 'Notícias'Page 4 of 140

Organização do Concurso Brasileiro de Cervejas divulga apresentação dos jurados

Comments
2.118 visitas

ConcursoBrasileiroCervejas_Jurado

Menos de um mês após anunciar a seleção de jurados da quarta edição da principal competição cervejeira do país, a organização do Concurso Brasileiro de Cervejas formalmente apresenta os jurados, todos escolhidos entre profissionais ligados ao setor.

Veja quem são os 48 homens e mulheres que escolherão, em março, as melhores cervejas do Brasil:

Displaying Alexandre Baldenegro_Uruguai.jpg

ALEJANDRO BALDENEGRO (Uruguai)

Atualmente trabalha como gerente de produc?a?o em uma fa?brica de transformadores (Partuluz SA). Comec?ou com Homebrew em 2006 e e? um dos so?cios fundadores da Davok Brewmaster desde 2008. A marca ja? ganhou três medalhas em 2011 e 4 em 2012.

Displaying alex campanini_Italia.JPG

ALEX CAMPANINI (Itália)

Sócio desde 2008 da cervejaria Doppio Malto (Itália), onde é mestre cervejeiro e biersommelier. Formado com excelência em biersommelier pela Academia DOEMENS de Munique.

Displaying Alexandre Bazzo_Brasil.JPG

ALEXANDRE BAZZO (Brasil)

Engenheiro de alimentos, cervejeiro responsável pela cervejaria Bamberg (Votorantim-SP), mestre em estilos de cerveja, jurado internacional e sommelier de cerveja.

ALEXANDRE WECKL (Brasil)

Biersommelier pela Doemens  Akademie (Alemanha), Mestre Cervejeiro pela VLB Berlin e assistente técnico da maltaria Agrária.

Displaying Carolina Oda.jpg

ANA CAROLINA ODA (Brasil)

Uma das primeiras profissionais formadas em gastronomia a se especializar em cervejas do Brasil. Fez seu primeiro trabalho com cerveja em 2005, mas naquela época ainda não imaginava que esse seria o seu futuro. Somente depois da faculdade de gastronomia e de alguns estágios em cozinha, em 2008, começou a trabalhar, quase que sem querer, no mundo dos copos e maltes. Após experiências como assistente de consultoria – com Cilene Saorin, bar – Melograno , importadora – Tarantino e uma expedição gastronômica de 90 dias na Europa, atua hoje no mercado como gerente de cerveja na Cia. Tradicional de Comércio, sommelière do Ici Brasserie e professora do Science of Beer Academy.

Displaying Ana Paula Freitas_Brasil.jpg

ANA PAULA ALMEIDA (Brasil)

Mestre-cervejeira graduada em Engenharia de Alimentos pela PUC-PR. Participou do Curso Técnico em Cervejaria no Centro de Tecnologia de Alimentos e Bebidas – SENAI – Vassouras – RJ, especializando-se também no Siebel Institute of Technology nos Estados Unidos e Doemens Academy na Alemanha. Trabalhou por 12 anos na Ambev em coordenac?a?o de a?reas do processo de elaborac?a?o de cervejas em diversas plantas no Brasil e também no Centro de Desenvolvimento Tecnológico, atuando em pesquisa e desenvolvimento de novas mate?rias- primas, novos processos e novos produtos. Tem passagens pelo grupo Imerys como gerente te?cnica divisa?o de Filtrac?a?o e atualmente trabalha para a Novozymes como Especialista em Cervejaria na America Latina. Participa como jurada de concursos nacionais e internacionais de cervejas como o Festival Brasileiro de Cervejas, World Beer Cup e European Beer Star.

Displaying Ana Paula Nicolino_Brasil.jpg

ANA PAULA NOGUEIRA NICOLINO (Brasil)

Engenheira de Alimentos e Mestre em Química de Alimentos. Realizando doutorado em Alimentos e Nutrição – Análise Sensorial. Sommelier de Cerveja e Mestre em Estilos. Degustadora líder de painel, treinada desde 2001 pelo Dr. Bill Simpson, Consultoria Cara Technology. Professora eventual em cursos de Pós Graduação. Experiência de 18 anos em Indústria de Bebidas com passagens pela AmBev e Brasil Kirin e atualmente no Grupo Petrópolis.

ANTONIO LUIZ DE ALMEIDA MACEDO (Brasil)

Engenheiro químico e mestre cervejeiro pela Faculdade de Agronomia da Universidade Católica de Louvain, Bélgica, com 34 anos de experiência em grupos cervejeiros nacionais, 3 anos de experiência em indústrias de alimentos e professor de Tecnologia Cervejeira.

Displaying CARL kins1.jpg

CARL KINS (Bélgica)

Renomado jurado, presente nas principais competições internacionais como World Beer Cup, Great American Beer Festival, Birra Dell’Anno, Champion Beer of Britain, Australian Beer Cup, Beer Challenge UK, European Beer Star, Mondial de la Bière, Dutch Beer Challenge. Escreve sobre cervejas para as publicações, Zytholoog (Bélgica), Fermento Birra (Itália) e Beer Connoisseur (EUA).

Carlos Ruiz

 

CARLOS RUIZ (Venezuela)

Braumeister, graduou-se pela Weihenstephan em 1993. Mudou para a Alemanha, trabalha como Gerente Internacional de Vendas e Prokurist no HVG eG. Realiza palestras sobre vários temas cervejeiros em congressos e instituições de ensino. Viaja pelo mundo para promover a qualidade e variedades de lúpulo alemão.

Displaying Daniel Wolff _ luxlab studio _ 08-07-14_12254.jpg

DANIEL WOLFF (Brasil)

Sommelier de Cervejas, juiz internacional, fundador e diretor da rede de lojas de cervejas especiais Mestre-Cervejeiro.com. com mais de 50 pontos de venda em todo o Brasil.

Displaying Daniela Dezordi.jpg

DANIELA DE CASTRO DEZORDI (Brasil)

Engenheira Química com mestrado em cervejaria na Bélgica – UCL e sommelier de cerveja pelo Senac/Doemens. Iniciou sua carreira na AmBev onde permanece até hoje. Trabalhou em 3 diferentes plantas e responsável pelo desenvolvimento de novas matéria-primas e suporte técnico para redução de perdas no processo cervejeiro. Atualmente, é Gerente Corporativa de Qualidade Interna da Ambev que abrange Brasil e Caribe. Faz parte do painel técnico de degustadores corporativos, degustando produtos de todas as cervejarias.

Displaying daniela valverde.jpg

DANIELA VALVERDE (Brasil)

Formada em Relações Públicas, com pós graduação em Marketing. Com oito anos de experiência no mercado de bebidas e cerveja, e passagem pelo Sistema Coca-Cola, atualmente é responsável pela área de Comunicação Corporativa da HEINEKEN Brasil e Sommelier de Cerveja.

Displaying Eli JR.png

ELI COELHO JUNIOR (Brasil)

Sommelier de cervejas, distribuidor Saint Bier, Coruja e Barco para região de Blumenau e representante Beer Maniacs para o estado de Santa Catarina, com as marcas Brooklyn, Harviestoun, Tennent’s, Magner’s entre outras. Atua no meio cervejeiro desde 2002, sendo pioneiro na comercialização de cervejas especiais em Florianópolis. Juiz em concursos como os da Acerva, Weyermann, Eisenbahn, Bierland e Festival Brasileiro da Cerveja.

Displaying Elisabeth Pierre.jpg

ELISABETH PIERRE (França)

Jurada internacional, palestrante, instrutora de cervejas do Hotel School da Universidade de La Rochelle no DU Brasseur. Como autora, participou de edições de bolso do Beer Book, escreveu o primeiro Guia Beer Hachette, que tem segunda edição prevista para 2016.

Displaying Fabiana Arreguy.jpg

FABIANA ARREGUY CORREA (Brasil)

Sócia-diretora da Academia Sommelier de Cerveja de MG e criadora e editora da Rádio Web Pão e Cerveja. Colunista diária na Rádio CDL FM de Belo Horizonte onde apresenta a coluna Pão e Cerveja. Colunista do Jornal Estado de Minas onde assina a coluna Líquido e Certo. Professora do curso de pós graduação em Tecnologia Cervejeira da universidade UNI-BH.

Fernando_Osset

FERNANDO CAMPOY OSSET (Espanha)

Bioquímico, fundador, mestre cervejeiro e designer de todos os equipamentos de Domus Brewery em Toledo, Espanha. Professor no curso especial “Expert in Microbrewery” Universidade de Alicante. Jurado internacional.

Gil_Lebre

GIL LEBRE ABADE FRANCO (Brasil)

Criador do blog A Perua da Cerveja, Sommelier de Cervejas e Mestre em Estilos. Gil Lebre é atual vencedor do Campeonato Brasileiro de Sommelier de Cervejas e recentemente disputou o IV Campeonato Mundial de Sommelier de Cervejas.

Displaying Gustavo Miranda.jpg

GUSTAVO MIRANDA (Brasil)

Engenheiro químico, mestre cervejeiro diplomado pela VLB – Berlin, pós-graduado em Engenharia Econômica e Administração Industrial, MBA Executivo e Sommelier de Cervejas pelo SENAC/Doemens. Profissional com mais de 30 anos de atuação na área de bebidas e cervejaria. Trabalhou no Centro de Tecnologia SENAI Alimentos e Bebidas (SENAI RJ) com serviços técnicos e de consultoria. Atualmente desenvolve trabalhos de treinamento e consultoria no mercado cervejeiro é professor do Science of Beer Institute.

Displaying Herbert Schumacher.jpg

HERBERT SCHUMACHER (Brasil)

Sommelier de cervejas, professor da Escola Alemã de cervejas, diretor da Cervejaria Abadessa.

Humberto_Frolich

HUMBERTO FRÖHLICH (Brasil)

Engenheiro pela UFRGS e cervejeiro caseiro desde 2005. É juiz BJCP nível nacional e sócio-proprietário da Cervejaria Babel, de Porto Alegre (RS).

Displaying Jaime Ojeda.jpg

JAIME OJEDA (Chile)

Criador da ConEspuma.com, espaço de difusão da cultura cervejeira no Chile. Proprietário e cervejeiro da LOOM BrewPub / Assessor Técnico GeCorp. Experiência de 10 anos no mercado de cervejas. Fez alguns cursos no Siebel Institute (EUA), especializando-se em maceração, fermentação e tecnologia de fabricação de cerveja. É juiz de competições internacionais como Copa América, South Beer Cup e Concurso Brasileiro de Cervejas.

Displaying Jan lichota.jpg

JAN LICHOTA (Polônia)

Jan Lichota é cervejeiro e repórter. Depois de seus estudos na Espanha, Alemanha e Bélgica, passou uma década na The Brewers of Europe trabalhando com a comércio internacional. Membro do Conselho Executivo da União Europeia e Polish Beer Consumers.

Displaying jos brouwer .jpg

JOS BROUWER (Holanda)

Membro da organização cervejeira PINTA e editor-chefe da revista PINT. Jurado em competições internacionais, incluindo World Beer Cup, European Beer Stars, International Beer Cup (Japão), Brussels Beer Challenge, Birra Dell’anno, Mondial de la Bière. Jos é engenheiro de software especializado em automação industrial.

Displaying Josh oakes jpg.jpg

JOSHUA OAKES (Canadá)

Editor do site Ratebeer.com, é a pessoa encarregada de todas as informações sobre cerveja no sítio. Nativo de Vancouver, Josh viaja o mundo em busca de cervejas.

Junghoon_Yoon

JUNGHOON YOON (Coreia do Sul)

Vice-presidente da Platinum Craft Brewing Co., Ltd. na Coreia e China. É formado pela UNLV – Hotel Management & UC, Davis e trabalhou em várias microcervejarias nos EUA, Coréia e China. É membro do The Institute & Guild of Brewing no Reino Unido e jurado do World Beer Cup, European Beer Star e International Beer Cup.

Displaying Katia Jorge.jpg

KÁTIA JORGE (Brasil)

Química, mestre e doutora com ênfase em cervejaria, Sommelier de Cerveja, Consultora e Professora em Tecnologia Cervejeira e Gestão Sensorial.

Leo_Sewald

LEONARDO SEWALD (Brasil)

É sócio-proprietário da Cervejaria Seasons (Porto Alegre/RS), cervejeiro formado pelo Siebel Institute of Technology de Chicago (EUA), é consultor de mercado para novos negócios, membro da Brewers Association, da American Society of Brewing Chemists (ASBC) e Master Brewers Association of Americas (MBAA). Sócio-fundador da ACerva Gaúcha e homebrewer há mais de 10 anos.

leonardobotto

LEONARDO BOTTO (Brasil)

Cervejeiro artesanal, consultor de microcervejarias para elaboração de novas receitas, sommelier de cervejas e empresário, Leonardo Botto é fundador e ex-presidente da ACervA Carioca , além de professor de mais de 1600 alunos pelo Brasil, seja em cursos de formação de sommeliers ou de produção de cervejas.

Luc_de_Raedemaeker

LUC DE RAEDEMAEKER (Bélgica)

Tasting Director & Project Manager do Brussels Beer Challenge. Responsável por organizar eventos de degustação e harmonização. Jurado em concursos internacionais, sommelier de cerveja pela Doemens Akademie, de Munique.

Marco_Falcone

MARCO FALCONE (Brasil)

Cervejeiro e sócio da Falke Bier, vice presidente do Sindbebidas/FIEMG, presidente do Conselho Deliberativo da Acerva Mineira, Marco Falconi é Sommelier de Cerveja pela Doemens Akademie de Munique e SENAC/SP, Membro da Associação dos Sommeliers de Cerveja da Alemanha, Sócio e fundador da Academia Sommelier de Cerveja, professor do curso de Sommelier de Cerveja do Science of Beer Institute, Escola Superior de Cerveja e Malte e Doemens Akademie, membro e fundador do NEC – Núcleo de Estudo da Cerveja, criador, desenvolvedor e professor do Curso Introdução ao Estudo da Cerveja – SENAC/MG e juiz internacional de cerveja.

Marcus_Dapper

MARCUS VINÍCIUS DAPPER (Brasil)

Mestre Cervejeiro e Malteiro pela Doemens Akademie – Munique – Alemanha. Sommelier de Cervejas e Mestre em Estilos de Cervejas pelo Instituto da Cerveja Brasil. Em 23 anos de profissão, acumula experiências em grandes grupos cervejeiros (AB InBev, Brasil Kirin), atuando nas áreas de Processos Industriais, Qualidade Assegurada, Projetos e R&D. Foi o Mestre Cervejeiro da Baden Baden (Campos do Jordão – SP) de 2012 à 2014. Atualmente, é o Mestre Cervejeiro da Dama Bier (Piracicaba – SP) e Docente no Instituto da Cerveja Brasil.

Mateo_sanz

MATEO SANZ SANTOS (Espanha)

Co-proprietário e mestre cervejeiro da Cerveza San Frutos (Espanha). Consultor em cerveja, jurado internacional no IBC Japão e CICA-Espanha e membro fundador do ICAI.

Mauricio_Beltramelli

MAURICIO BELTRAMELLI (Brasil)

Autor dos livros “Cervejas, Brejas e Birras” e “As 100 Melhores Cervejas Brasileiras”, sommelier e mestre em estilos de cervejas, juiz internacional de cervejas, docente de sommeliers de cervejas, editor do site Brejas.com e sócio-proprietário do Bar Brejas.

Pablo_Carvalho

PABLO CARVALHO (Brasil)

Sommelier de Cerveja pela Academia Sommelier de Cervejas, instrutor dos cursos Produção de Cervejas, Produção de Cervejas Caseiras, Degustação e Harmonização de Cervejas. Consultor de cervejas e cervejeiro caseiro com várias cervejas premiadas, finalista do “I Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn” 2008 com a cerveja “La Roche Sarsgaard Blonde” e jurado internacional.

patrick_zanello

PATRICK ZANELLO (Brasil)

Mestre cervejeiro pelo Siebel Institute (EUA) e pela Doemens Akademie (Alemanha). Juiz Certificado BJCP, tendo julgado campeonatos nacionais e internacionais. Mestre Cervejeiro pela Cervejaria Colorado (Ribeirão Preto/SP) e Schornstein (Holambra/SP) e Beltway (EUA). Trabalha atualmente como mestre cervejeiro na Cervejaria Schornsten.

paddy_johnson

PATRICK JOHNSON (Inglaterra)

“Paddy” é mestre cervejeiro qualificado através do IBD (Institute of Brewing and Distilling), tendo trabalhado em 9 grandes cervejarias do Reino Unido. Em 2010, ele começou sua própria cervejaria Craft – Windsor e Eton Brewery que agora produz casks, kegs e produtos engarrafados para o Reino Unido e outros países.

Pekka

PEKKA KÄÄRIÄINEN (Finlândia)

Jurado internacional, tendo participado quatro vezes do European Beer Star.

Ricardo_Canabrava_França

RICARDO CANABRAVA FRANÇA (Brasil)

Bacharel em ecologia pela UFMG, mestre cervejeiro na Université Catholique de Louvain, Bélgica. Há 27 anos atuando em indústria cervejeira, com passagem por grandes grupos, como Brahma, Femsa e cervejaria artesanais. Atualmente gerente da fábrica da Wäls em Belo Horizonte – MG.

ricardo_solis

RICARDO ANDRES SOLIS IBACACHE (Chile)

Engenheiro de Alimentos pela Universidade de Sunderlad. Está há mais de 12 anos na indústria de cerveja, e hoje é o Diretor Acadêmico do Instituto Cervezas de América, Jurado BJCP e representante chileno do BJCP.

Richard_Hodges

RICHARD HODGES (Alemanha)

Formado em Ciência pela Universidade do Texas (EUA) com passagem de dois anos pela Weihenstephan. Mestre cervejeiro pela Doemens e Mestre cervejeiro pela Trade Association of Munich and Upper Bavaria. Tem passagem pelas cervejarias: Hub City Brewery (Texas), Gasthaus Brauerei Alt (Alemanha), Fabbrica Birra Busalla (Itália),
CREW Republic/Crew Alewerkstatt (Alemanha). Atualmente é mestre cervejeiro da Berliner Berg Brauerei (Alemanha). Tem treinamento sensorial em Weihenstephan e Doemens e é juiz internacional de cervejas.

Roberto_Fonseca

ROBERTO ALVES DA FONSECA (Brasil)

É jornalista formado desde 1998. Já trabalhou na Folha de S. Paulo e Jornal da Tarde, nas áreas de Esportes e Política. Escreve sobre cerveja desde 2006, tendo publicado artigos no caderno Paladar, de O Estado de S.Paulo, Revista Menu e em blog no site da VejaSP.

Version 2

RODOLFO MARIO ANDREU VALDES (México)

Sócio fundador e mestre cervejeiro na Cervecería Primus, no México. Tem participado como Jurado de Cerveja em competições internacionais, tais como: European Beer Star Awards (Alemanha), World Beer Cup (EUA). Membro e organizador da maior competição de cerveja na Cidade do México, “Cerveza México.”

rodolfo rebello

RODOLFO VARGAS REBELO (Brasil)

ngenheiro químico, mestre malteiro/cervejeiro e Biersommelier pela Doemens Akademie. Trabalhou no Grupo Petrópolis e é consultor de microcervejarias desde 2011. Atualmente é Professor da Escola Superior de Cerveja e Malte, estudante de mestrado em Engenharia Química na Universidade Regional de Blumenau e sócio-fundador da Malteria Blumenau, gerenciando produção e desenvolvimento de maltes especiais.

Sady Homrich

SADY HOMRICH (Brasil)

Engenheiro Químico desde 1989, homebrewer desde 1983, consultor de cervejas especiais das redes SONAE e Wal-Mart de 2005 a 2011, curador do Projeto Extra-malte de 2007 a 2014, colunista de cervejas da Folha de São Paulo de 2012 a 2014; colunista da Revista da Cerveja e consultor cervejeiro d’Os Destemperados. Jurado do Concurso Brasileiro de Cervejas e do Mondial de la Bière, entre outros.

Simonmattia Riva

SIMONMATTIA RIVA (Itália)

Campeão Mundial do Campeonato de Sommelier de 2015. É sommelier de cerveja pela Doemens Akademie e jurado internacional do European Beer Star, Birra Dell’Anno e importantes concursos italianos de cervejeiros caseiros.

SUNSHINE KESSLER

SUNSHINE KESSLER (Estados Unidos)

Nascido e criado em Miami Beach, Flórida. Sunshine apaixonou-se por cerveja durante a década de 90. Desde então, tem degustado milhares de cervejas de todo o mundo. Já visitou cervejarias, destilarias e bares em todos os continentes habitáveis.

Theo

THEO FLISSEBAALJE (Holanda)

Autor para Pint-Magazine (Holanda) fundador e executivo nacional da PINTA , co-fundador e presidente da StiBON (Instituto Holandês de Educação em Cerveja). Tem experiência como jurado internacional em competições como World Beer Cup, European Beer Star, Birra Dell’Anno, Brussels Beer Challenge – The Beer Cup Internacional (IBC) Tóquio / Yokohama, Dutch Beer Challenge e Killarney Beer Awards (Irlanda).

Mais informações na página oficial do Concurso Brasileiro de Cervejas.

Concurso Brasileiro de Cervejas anuncia novas regras para 2016

Comments
1.216 visitas

ConcursoBrasileiroCervejas2

Dentre as principais mudanças está a criação da categoria experimental e do estilo Cerveja Brasileira. Competição terá também mais jurados internacionais.

O Concurso Brasileiro de Cervejas, maior e mais importante competição de cervejas da América do Sul, chega a sua quarta edição em 2016. Desde a primeira edição o crescimento em cervejas inscritas vêm superando expectativas e mudanças no regulamento tem sido fundamentais para acompanhar a evolução do concurso.

As mudanças foram realizadas com base no feedback dos jurados, das cervejarias e também em questões observadas pela própria organização no decorrer destes anos. “Todos os e-mails e sugestões encaminhadas foram analisadas e discutidas exaustivamente para que no final tenhamos a melhor formatação de regulamento para o Concurso Brasileiro de Cervejas de 2016”, comenta Amanda Reitenbach, diretora técnica do concurso.

Dentre as principais alterações está a criação da categoria experimental, destinada a cervejas que ainda não foram lançadas pela cervejaria, porém devidamente registradas no MAPA. Estas cervejas serão avaliadas pelos jurados junto com as outras inscritas no estilo. A premiação do estilo também continuará da mesma forma. “Teremos a The Best of Show que escolhe a melhor cerveja do concurso e o The Best of Show Experimental, entretanto as cervejas inscritas na categoria experimental não serão contabilizadas para a escolha da Melhor Cervejaria”, explica a diretora técnica.

Outra mudança é com relação a premiação da The Best of Show. Neste ano, as cervejarias devem indicar até cinco rótulos inscritos para participar da escolha da melhor cerveja do concurso. Além da indicação, os rótulos precisam ter recebido medalhas de ouro ou prata na avaliação dos jurados.

Outra grande novidade é inclusão do estilo Cerveja Brasileira, criado pela comissão organizadora do concurso. “Buscamos valorizar a grande variedade de ingredientes brasileiros que podem ser adicionados à cerveja”, comenta Amanda.

Além disso, a comissão organizadora destaca outros pontos importantes do novo regulamento como a mudança no número de garrafas enviadas; a obrigatoriedade de identificação em todas as garrafas enviadas para que cerveja inscrita não seja desclassificada; a proibição de inscrição da mesma cerveja em diferentes estilos e a importância de enviar junto com a cerveja condimentos, especiarias, frutas e qualquer outro ingrediente diferenciado utilizado na produção da cerveja, seja em formato de geleia, ou extrato ou outra forma que preserve as características do produto. “Este procedimento é de fundamental importância na análise da cerveja que está sendo julgada, principalmente se ela for avaliada por um jurado internacional”, destaca.

Para avaliar o grande volume de cervejas que devem participar do concurso, a comissão organizadora anuncia também um corpo de jurados maior e com mais participações internacionais. Nesta edição, são 21 convidados internacionais de 16 países. Juízes da Espanha, Bélgica, Coréia do Sul, Estados Unidos, Japão, Itália, México, Chile, Finlândia, Uruguai, Venezuela, Polônia, Inglaterra, França, Holanda, Canadá e Alemanha irão compor as mesas do júri ao lado de 27 brasileiros.

O novo regulamento do VI Concurso Brasileiro de Cervejas já está disponível no site do concurso www.festivaldacerveja.com/concurso. Esclarecimentos e maiores informações no [email protected] .

Lista de jurados

ALEJANDRO BALDENEGRO (Uruguai)

ALEX CAMPANINI (Itália)

ALEXANDRE BAZZO (Brasil)

ALEXANDRE WECKL (Brasil)

ANA CAROLINA ODA (Brasil)

ANA PAULA ALMEIDA (Brasil)

ANA PAULA NOGUEIRA NICOLINO (Brasil)

ANTONIO LUIZ DE ALMEIDA MACEDO (Brasil)

CARL KINS (Bélgica)

CARLOS RUIZ (Venezuela)

DANIEL WOLFF (Brasil)

DANIELA DE CASTRO DEZORDI (Brasil)

DANIELA VALVERDE (Brasil)

ELI COELHO JUNIOR (Brasil)

ELISABETH PIERRE (França)

FABIANA ARREGUY (Brasil)

FERNANDO CAMPOY OSSET (Espanha)

GIL LEBRE ABADE FRANCO (Brasil)

GUSTAVO MIRANDA (Brasil)

HERBERT SCHUMACHER (Brasil)

HUMBERTO FRÖLICH (Brasil)

JAIME OJEDA (Chile)

JAN LICHOTA (Polônia)

JOS BROUWER (Holanda)

JOSHUA OAKES (Canadá)

JUNGHOON YOON (Coreia do Sul)

KÁTIA JORGE (Brasil)

LEONARDO SEWALD (Brasil)

LEONARDO BOTTO (Brasil)

LUC DE RAEDEMAEKER (Bélgica)

MARCO FALCONE (Brasil)

MARCUS VINICIUS DAPPER (Brasil)

MATEO SANZ SANTOS (Espanha)

MAURICIO BELTRAMELLI (Brasil)

PABLO CARVALHO (Brasil)

PATRICK ZANELLO (Brasil)

PATRICK JOHNSON (Reino Unido)

PEKKA KÄÄRIÄINEN (Finlândia)

RICARDO CANABRAVA FRANÇA (Brasil)

RICARDO ANDRES SOLIS IBACACHE (Chile)

RICHARD RODGES (Alemanha)

ROBERTO ALVES DA FONSECA (Brasil)

RODOLFO VARGAS REBELO (Brasil)

RODOLFO MARIO ANDREUS VALDES (México)

SADY HOMRICH (Brasil)

SIMONMATTIA RIVA (Itália)

SUNSHINE KESSLER (Estados Unidos)

THEO FLISSEBAALJE (Holanda)

———————–

48 JURADOS

16 PAÍSES

27 JURADOS BRASILEIROS

21 JURADOS ESTRANGEIROS

Fonte: Science of Beer

ACervA Paulista realiza Festival de Cervejeiros

Comments
723 visitas

Acerva_Paulista_Festival_Cervejeiros

Evento acontece no feriadão da Consciência Negra e programação inclui palestras internacionais, painéis e festa

Com água, malte, lúpulo, fermento, criatividade e uma boa pitada de loucura, eles criam uma infinidade de sabores. Mas se tem um ingrediente que não pode faltar na panela dos cervejeiros caseiros é o conhecimento. Por isso, a ACervA Paulista faz entre os dias 20 e 22 de novembro seu primeiro Festival de Cervejeiros, que tem apoio do Instituto da Cerveja Brasil e da Cervejaria Invicta. Serão dois dias inteiros dedicados ao que os caseiros mais gostam: a troca de informações. E no terceiro dia, uma festa na rua, aberta ao público, com food trucks e cervejarias convidadas.

O festival acontece no Instituto da Cerveja Brasil e vai contar com convidados de peso. O time de palestrantes internacionais conta com Hans Müller (Mestre-cervejeiro e proprietário da Cervejaria Hanscraft & Co, da Alemanha), Pat Fahey (sétima pessoa no mundo a se tornar Mestre Cicerone) e Nathan Zeender (Mestre-cervejeiro e co-fundador da Right Proper Brewing Co, dos Estados Unidos). Já entre os craques nacionais estão Carolina Oda (sommelière), Edu Passareli (especialista em cervejas e cervejeiro caseiro), André Leme Cancegliero (Sócio-proprietário da Cervejaria Urbana), Luís Celso Jr (jornalista, sommelier de cervejas e blogueiro), Marina Pascholati (Cervejeira da Blondine) e Victor Marinho (Cervejeiro caseiro e proprietário da Hophead Brewing Consulting) e Frederico Ming (Cervejaria Capitu).

Os temas são os mais abrangentes. Vão das tais loucuras que os caseiros aprontam com suas panelas ao crescimento do movimento cervejeiro, passando, claro, por questões técnicas do processo de produção da cerveja como fermentação e lupulagem. E a ACervA Paulista reuniu convidados de peso para falar sobre os assuntos.

Qualquer pessoa interessada em saber mais sobre cerveja caseira e o mercado cervejeiro pode participar do Festival de Cervejeiros. As inscrições custam R$ 300 (até o dia 07 de outubro, quando o lote aumenta de valor) e dão direito a assistir a todas as palestras e painéis. A programação promete ser intensa: sexta e sábado, das 9h às 19h. Associados de qualquer ACervA do país têm descontos especiais.

Já no domingo é hora de relaxar. A festa será na Associação Cecília, espaço cultural que abriga eventos diversos, e começa cedo: às 11h. Aberta ao público, a confraternização terá food trucks, cervejarias convidadas e show. Como acontece na rua, também tem hora para acabar: às 19h.

As inscrições podem ser feitas pelo site da ACervA Paulista (http://bit.ly/festival-participe). O Instituto da Cerveja Brasil fica na Avenida das Carinás, 417, em Moema. E a Associação Cecília fica na Rua Vitorino Carmilo, 449, em Santa Cecília.

Confira a programação das palestras:

Off-flavors – Pat Fahey (sétima pessoa no mundo a se tornar Mestre Cicerone, Estados Unidos) Como identificar os principais desvios no sabor da cerveja, as possíveis causas e como evitá-los.

Reinheitsgebot – Hans Müller (Mestre-cervejeiro e proprietário da Cervejaria Hanscraft & Co, Bavaria, Alemanha)

Breve história da Lei da Pureza: riscos, benefícios, criatividade e o futuro da lei. Müller também mostra como opera uma cervejaria na Bavaria que segue a Lei da Pureza.

Fermentação espontânea e láctica – Nathan Zeender (Mestre-cervejeiro e co-fundador da Right Proper Brewing Co, dos Estados Unidos)

Fermentação com Brettanomyces e bactérias de ácido láctico estão abrindo novas e emocionantes fronteiras de sabores. Zeender fala sobre o o uso dos microorganismos que até pouco tempo eram considerados pragas pelas cervejarias.

Lúpulo, lúpulo e mais lúpulo – Leonardo Sewald (Sócio-proprietário da Cervejaria Seasons) Técnicas avançadas de lupulagem. Sewald ensina a criar uma IPA, dá dicas para o aperfeiçoamento no uso do lúpulo e ensina aspectos associados ao seu manuseio.

Loucuras na panela – Humberto Ribeiro (Cervejeiro caseiro e proprietário da cervejaria Jambreiro) e Fred Ming (Cervejeiro caseiro e sócio-proprietário da Cervejaria Capitu) Os cervejeiros que começaram na panela e criaram suas cervejarias fazem uma apresentação sobre uso de ingredientes e técnicas inusitados.

E painéis:

Sour beers no Brasil
O futuro deste estilo que começa a chegar no Brasil e como as sours são recebidas pelo público geral.

Tradição X Inovação
Uma discussão sobre o uso da Lei da Pureza na produção de cervejas no Brasil, seus benefícios e obstáculos e o uso de ingredientes inovadores.

Movimento cervejeiro
Movimento cervejeiro no Brasil e no mundo, evolução do mercado, novas tendências, e o que esta revolução implica no consumidor.

Diferenças entre cervejeiros caseiros e profissionais
Uma discussão com cervejeiros caseiros que criaram uma marca e agora produzem em microcervejarias.

Sobre a ACervA Paulista

A ACervA Paulista é uma associação sem fins lucrativos formada por cervejeiros caseiros do Estado de São Paulo. Sua finalidade é promover e incentivar a cultura cervejeira e, especialmente, difundir a fabricação da cerveja caseira. Foi criada em 2007 por um grupo de cinco cervejeiros caseiros que se encontrou virtualmente num grupo de discussão sobre cerveja artesanal no Orkut. Hoje, conta com cerca de 400 associados em todo o estado e é responsável, com as outras 16 ACervAs estaduais, de expandir a cultura de produção caseira.

Contato e Informações
Larissa Paschoal
Comunicação e Assessoria – ACervA Paulista
[email protected]
(11) 999.834.474 / 3637.4564
acervapaulista.com.br

Oktoberfest de Blumenau: Nova patrocinadora, Eisenbahn quer trazer de volta antigas tradições da festa

Comments
729 visitas

Eisenbahn_Biergarten_3

Marca de cerveja da Brasil Kirin apresenta as novidades para a 32ª edição da festa, dando prioridade à cultura alemã

Blumenau, setembro de 2015 – A Eisenbahn, patrocinadora oficial da Oktoberfest 2015, está pronta para celebrar a tradição das colônias germânicas em Blumenau. Para esta edição, a marca preparou um verdadeiro resgate das tradições alemãs, que podem ser observadas em todos os espaços da festa. Um detalhe fascinante está no cenário: foi montada uma vila germânica real, com direito aos famosos jardins cervejeiros (biergartens), cujas mesas comunitárias devem reunir centenas de pessoas para comer, tomar cerveja e ouvir música.

Entre os outros destaques estão a construção de um pavilhão novíssimo para a cidade de Blumenau, a chegada do restaurante Eisenbahn Bierhaus, a história da saga da cerveja, as ações de consumo responsável e etc. Outro trunfo da marca para este ano se dá justamente por meio da inovação. Pela primeira vez na história da Oktoberfest, os visitantes vão brindar a inauguração da festa com os colegas alemães, diretamente de Munique.

Segundo Douglas Costa, Vice-Presidente de Marketing, a presença da Eisenbahn na Oktoberfest tem gosto de sonho realizado. “É com muito orgulho que patrocinamos o maior evento cervejeiro do país, realizado na cidade onde a marca nasceu. Resgatar a cultura alemã sempre foi o objetivo na produção das nossas cervejas, que seguem rigidamente a Reinheitsgebot, Lei Alemã da Pureza. Temos uma importante missão nessa Oktoberfest e vamos cumpri-la com todo rigor”, ressalta o executivo.

Eisenbahn Biergarten

O Eisenbahn Biergarten é o novo pavilhão do Parque Vila Germânica. Foi construído sob responsabilidade da cervejaria oficial da festa. Localizado em Blumenau, o Eisenbahn Biergarten abriga um dos espaços que sediará a Oktoberfest 2015. Sua construção aconteceu em tempo recorde. Foram apenas 161 dias de muito trabalho, com a colaboração de mais de 170 operários. A obra foi desenvolvida de acordo com as mais modernas técnicas de engenharia e arquitetura em estilo alemão. São quatro mil metros de área útil, divididos em dois pavimentos.

Eisenbahn_Biergarten_2

O pavilhão é multifuncional e apresenta ambientes autônomos e climatizados. No térreo, com mais de dois mil m², há três bares, uma cozinha, sanitários, palco modular e área para mesas. No piso superior, com cerca de mil e duzentos m², há dois camarotes, uma cozinha, sanitários e o Gastrobar Eisenbahn Bierhaus, com capacidade aproximada para 200 pessoas. O pavilhão ficará de legado para a cidade e será utilizado para sediar outros eventos ao longo do ano.

Eisenbahn Bierhaus

A “casa da cerveja”, tradução livre para Bierhaus, localizada no pavimento superior do Eisenbahn Biergarten foi criada para ser um gastrobar tão original quanto a marca Eisenbahn. Ela lembra as antigas estações ferroviárias e estradas de ferro, que deram inspiração a criação da marca (nossa fábrica fica situada a beira de uma antiga linha ferroviária em Blumenau/SC), com diversas referências fabris antigas. O uso de peças em aço e em madeira de demolição, bem como os pilares e vigas aparentes, remetem ao passado. Um tanque cervejeiro com acabamento em cobre, foi instalado interligando à área das chopeiras. Todo esse conjunto arquitetônico remete a uma verdadeira atmosfera alemã, incluindo mesas de madeira comunitárias.

Eisenbahn_Biergarten_1

O restaurante contará com Chopp Eisenbahn (Pilsen, Pale Ale, Dunkel e Weizenbier), com versões de Chopp Sazonais e com uma carta completa de cervejas especiais da Brasil Kirin, com destaque para toda família Eisenbahn, premiada e reconhecida internacionalmente, Baden Baden, Devassa, Kirin Ichiban e Schin. Com opções contemporâneas e releituras de clássicos da cozinha alemã e da região de Blumenau, o cardápio disponível leva o cliente a uma experiência cervejeira harmonizada e única. O espaço será aberto ao público diariamente, inclusive após a Oktoberfest.

A partir desta experiência, a Brasil Kirin desenvolverá um modelo de franquia para a marca Eisenbahn, com o objetivo de multiplicar esse contato direto dos consumidores e apaixonados pelo universo cervejeiro com a marca, aliado sempre à tradição alemã, com inovação de rótulos e receitas cervejeiras e, ao mesmo tempo, oferecendo uma gastronomia contemporânea e rica em sabores. A proposta é oferecer o novo conceito ao mercado a partir de 2016, priorizando as capitais do Sul e Sudeste e selecionando grupos de investidores e operadores para que as parcerias sejam concretizadas Brasil a fora.

A Saga da Cerveja

Para traduzir o sentimento de orgulho e resgatar a tradição da festa alemã, a Eisenbahn criou a “Saga da Cerveja”. O objetivo é demonstrar todo o processo produtivo da bebida, do nascimento até sua chegada ao copo. Essa história foi traduzida de forma lúdica, ao longo dos quatro pavilhões da Oktoberfest. O ‘Pavilhão 3’ apresenta o início de tudo. Por meio do tema “Fazenda” representa o nascimento, o plantio e a colheita. Ao entrar nele, o visitante é transportado imediatamente para um ambiente aconchegante com toda a simplicidade que faz as pessoas relaxarem e curtirem a atmosfera campestre.

Com os ingredientes prontos e colhidos é a hora de uni-los para criar a cerveja. Essa outra etapa pode ser vista no ‘Pavilhão 2’: a Fábrica. Ele representa o espaço onde a cerveja toma forma. É o lado técnico do processo. O local onde se segue a Lei da Pureza Alemã e também onde o mestre cervejeiro faz sua mágica. Já o ‘Pavilhão 1’ representa o transporte da cerveja. Nesse espaço da Estação, o bar é um vagão todo ambientado.

O último estágio dessa história tem um objetivo: alegrar as pessoas. Os famosos biergartens, que são os jardins cervejeiros, possuíam esta finalidade. Em mesas comunitárias, as pessoas se reuniam com amigos para comer, tomar cerveja e ouvir música. Inspirada neles, a Eisenbahn criou o seu próprio Biergarten.

Consumo responsável

Responsabilidade está no DNA da Brasil Kirin. A marca, que entende a importância de sua atuação nesse sentido, programou ações de consumo responsável que serão ativadas durante a Oktoberfest. A primeira delas é inédita: na retirada de cada chope e de cada água Schin, serão entregues medalhas adesivas. O consumidor que juntar quatro medalhas de chope e mais uma medalha de água poderá trocá-las por uma caneca personalizada. Além disso, o tradicional Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro será realizado com a Schin Zero Álcool, permitindo que até o motorista da rodada participe da brincadeira. A disputa ocorre todas as noites, com exceção do primeiro e último dia (7 e 25 de outubro). As inscrições são gratuitas e tanto Blumenauenses quanto os turistas com mais de 18 anos podem participar. O participante que beber um metro de chope (600 ml), em menos tempo, sem babar e tirar a tulipa da boca, vence a competição. Cada noite haverá três vencedores: primeiro, segundo e terceiro lugar. No último dia da festa, será conhecido o tomador de chope que fez o menor tempo em todos os dias de competição, nos dois naipes, masculino e feminino.

Eisenbahn Salute

No último dia da Oktoberfest em Munich, na Alemanha, a Eisenbahn, organiza uma passagem de bastão oficial entre os dois países: o “Eisenbahn Salute”. O evento acontece no dia 4 de outubro, durante o encerramento da festa Alemã. Na ocasião, blumenauenses e visitantes se reúnem no Eisenbahn Biergarten para um grande brinde virtual com os Alemães. A iniciativa comemora o início da Oktoberfest brasileira, que tem abertura prevista para o dia 7 de outubro.

Para realizar o “Eisenbahn Salute”, representantes da marca viajaram para a Alemanha em busca de informações e de experiências sobre a maior festa cervejeira do mundo. Durante a visita foram levantados hábitos e curiosidades do povo germânico, que serão mostrados durante a passagem do bastão no Brasil. Durante o “Eisenbahn Salute”, haverá a apresentação de quatro bandas locais: Vox 3, Banda Society, Banda do Caneco e Banda Bavária. O evento é aberto ao público, com entrada gratuita.

Rótulos

Durante os 19 dias de festa e celebração das tradições alemãs, os turistas e blumenauenses poderão degustar diversos rótulos das principais cervejas da Brasil Kirin, entre eles: Eisenbahn Pilsen, Eisenbahn Oktoberfest, Eisenbahn 5, Eisenbahn Strong Golden Ale, Eisenbahn Dunkel, Eisenbahn Pale Ale, Eisenbahn Weiss, Baden Baden Cristal, Baden Baden IPA, Baden Baden Red Ale, Baden Baden Weiss e Schin.

Fonte: Ketchum

Salão da Cerveja é adiado e abrirá o calendário cervejeiro de 2016

Comments
1.295 visitas

SalaoDaCerveja_Logo

Após um período de indefinição por conta de divergências com o local anteriormente escolhido, o Salão da Cerveja de Campinas, prometido para outubro deste ano, agora acontecerá em fevereiro de 2016 em datas a serem confirmadas. O evento, já considerado o maior encontro do setor de cervejas artesanais do estado de São Paulo, abrirá o calendário cervejeiro nacional do ano que vem e dos próximos.

O novo local escolhido ainda é segredo, conta Norberto Mette, da Sol Eventos: “Queríamos um outro espaço dentro de Campinas, para manter esse evento na cidade. Demos sorte, porque encontramos outro local ainda mais acessível, no coração de Campinas. Estamos finalizando as tratativas, e logo anunciaremos qual será ele”, diz Mette. Com a mudança, será necessária a elaboração de uma nova planta de expositores, bem como algumas adequações técnicas. Estes detalhes serão apresentados ao público em meados de outubro.

“Estamos bastante animados com a mudança de data e local. Conversamos por telefone com todos os expositores e temos certeza que ofereceremos um espetáculo cervejeiro inesquecível para os paulistas e demais brasileiros”, pontua Cristina Miranda, da equipe de organização. Os integrantes da Sol Eventos, empresa sediada em Blumenau (SC), têm know-how de organização de mais de 10 edições da Oktoberfest, Festival Brasileiro da Cerveja e outros eventos de gastronomia e cerveja.

Página 4 de 140« Primeira...23456...102030...Última »

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja