Arquivos para a Categoria 'Publieditorial'

5 bares em São Paulo que fazem a própria cerveja

Comments
1.777 visitas
Tasting Selection by Quinn Dombrowski |https://www.flickr.com/photos/quinnanya/4770376590

Tasting Selection by Quinn Dombrowski |https://www.flickr.com/photos/quinnanya/4770376590

São Paulo é conhecida como a cidade brasileira com maior variedade de opções quando o assunto é gastronomia. Uma infinidade de bares e restaurantes para todos os gostos, estilos e bolsos.

Neste nosso fantástico mundo das cerveja especiais acaba não sendo diferente. São Paulo conta com uma excelente variedade de bares onde o foco é servir cervejas artesanais, brasileiras e importadas, seja na pressão ou em garrafa, com uma oferta de rótulos que passa muitas vezes de algumas centenas.

Mas será que São Paulo é a cidade com maior variedade em cerveja? Difícil dizer. O mercado de cervejas especiais cresceu tanto no Brasil nos últimos anos que a oferta de cervejas em outras cidades, seja através de lojas especializadas, bares ou e-commerce, pode ser equivalente ao encontrado na capital paulista.

Se é assim, então o que faria valer a pena uma visita a São Paulo para um tour cervejeiro, se quase tudo que se encontra aqui está disponível também em outras cidades? Foi com este desafio proposto pelo Expedia que o Brejas parou pra pensar e resolveu listar 5 bares que fazem a própria cerveja e que você só encontra na cidade que nunca para.

Cervejaria Nacional
Um dos primeiros brewpubs em São Paulo desta nova fase de cervejas especiais. Tem um cardápio fixo e também várias cervejas sazonais, então sempre tem coisa nova pra provar. No total são mais de 10 opções de cervejas próprias.

Les 3 Brasseurs
Um brewpub aconchegante e muito charmoso. Logo na entrada você já vê alguns equipamentos da cervejaria. A cerveja é feita no próprio local e a dica é pedir a tábua de degustação, que traz 4 pequenos copos de estilos diferentes de cerveja pra que você possa conhecê-las e depois continuar com a que mais gostou.

Karavelle
Com 2 endereços em São Paulo, possui espaços amplos e requintados. Suas cervejas são produzidas no local e também podem ser encontradas em garrafas por todo Brasil. Quase todas as suas cervejas também são engarrafadas e podem ser encontradas por todo Brasil, então neste caso o que vale é a visita ao brewpub mesmo.

BrewDog Bar
Único bar da cervejaria no Brasil. Apesar de não produzir por aqui, tem cervejas da BrewDog que são difíceis de encontrar em outro lugar. Tem várias torneiras para cervejarias brasileiras convidadas e uma extensa carta de cervejas em garrafa, inclusive pra levar pra casa.

Delirium Café
O Delirium Café de Bruxelas é conhecido com um dos bares com mais rótulos no mundo. Mesmo sendo o bar oficial da cervejaria que faz a Delirium Tremens, a cerveja do elefantinho rosa, ele oferece cervejas de diversas marcas. Com duas unidades no Brasil, a de São Paulo é a segunda e bem mais ampla que a unidade do Rio de Janeiro. Também não produz as cervejas por aqui, são importadas.

E o mais legal de tudo: os 5 bares ficam muito próximos um do outro, na zona oeste de São Paulo. Cervejaria Nacional, BrewDog e Delirium dá pra ir a pé de um pro outro. L3B e Karavelle também.

Empolgou? Então separe um tempinho e coloque São Paulo no roteiro da sua próxima viagem. O Expedia Brasil oferece diversos pacotes pra São Paulo, vale dar uma olhada e ver qual funciona melhor pra você.

Além dos bares citados aqui, há ainda outros imperdíveis como o Empório Alto dos Pinheiros, FrangÓ, Melograno, Empório Sagarana, Aconchego Carioca e muito mais. Com certeza vale a viagem.

PS: Vê se arruma um tempinho extra e vem visitar a gente no Bar Brejas, que fica em Campinas/SP, a apenas uma hora de carro de São Paulo. Ficaremos felizes em recebê-los.

Como degustar e avaliar suas primeiras cervejas

Comments
933 visitas

O Brejas não para de crescer. Recentemente divulgamos a chegada às 100 mil avaliações em nosso ranking de mais de 8.000 cervejas. Mas o que também não para de crescer é a nossa comunidade de avaliadores. Vários já passaram a marca de 1.000 avaliações e centenas de outros chegam todos os dias buscando por referências, aprendizado e até mesmo inspiração para fazer sua primeira degustação de verdade.

Pensando justamente neste público ávido por dicas de como começar no mundo das cervejas especiais e como fazer uma boa avaliação do que está bebendo, resolvemos resgatar algumas regrinhas básicas que usamos aqui no Brejas, reforçando alguns pontos importantes para os iniciantes.

cervejas-degustacao

Créditos: James Palinsad | https:[email protected]/9441217757

1. Os 5 critérios de avaliação devem ser observados um a um

Aroma, aparência, sabor, sensação e conjunto são os 5 critérios de avaliação que utilizamos no Brejas e servem para nos guiar na avaliação de uma cerveja, não somente na questão da nota. Ao parar para analisar cada quesito separadamente, podemos entender melhor o que cada cerveja tem de bom e o que nos faz gostar mais de uma que de outra.

2. Não tenha medo de errar

Você provavelmente não é um profissional da área, um juiz de cervejas ou um mestre-cervejeiro. Portanto, não se cobre demais. Não sabe ainda os termos técnicos? Sem problema, use o vocabulário que vier à cabeça. Não tem certeza do que está identificando na cerveja? Tente descrever da melhor forma possível ou então foque seus comentários nas partes que você se sente mais à vontade.

3. Colar é fundamental

No começo, vale sim colar. Ler a descrição da cerveja, a lista de ingredientes e até a ficha técnica, que pode trazer índice de amargor e estilo, nos ajudam e muito a saber o que esperar e o que procurar em cada cerveja. Dar uma olhada nas avaliações de outros confrades também pode ser um bom guia e muitas vezes nos ajuda com o vocabulário que ainda nos falta. Só não vale fazer copiar&colar da avaliação dos outros hein?

4. Siga seus instintos e seu gosto pessoal

Não é porque todo mundo gosta que você também tem que gostar. Cada um tem um paladar próprio, que muda ao longo do tempo. Tudo bem se você não aprecia um determinado estilo e, pra você, ela nao figura entre suas preferidas e não leva uma boa nota. O objetivo de avaliar cervejas é primordialmente de manter um registro do que já provamos, então lembre-se que você escreve primeiramente para você e não para os outros.

5. Cada cerveja tem seu estilo, sua história e seu propósito

Sempre vamos gostar mais de algumas cervejas e menos de outras. E isso se reflete no seu ranking pessoal. Tudo bem dar nota menores para cervejas que você achar menos complexa. E tudo bem também dar notas altas para cervejas menos complexas e que você adora. De novo, o critério do seu próprio ranking quem define é você.

Porém, lembrem-se que cada cerveja tem sua melhor hora. Cervejas muito alcoólicas e pesadas não são as melhores companhias para um dia na praia. Cervejas muito amargas podem ainda não ser a melhor opção para levar numa reunião com amigos. Considerem isso também na hora de avaliar uma cerveja.

Vamos começar? Que tal um teste cego?

Quer começar a avaliar suas primeiras cervejas de uma maneira bem descontraída? Então faça um teste cego!

Testes cegos são divertidos e reveladores. Rendem boas risadas e muito aprendizado. E nos leva a rever muitos dos preconceitos que temos, acumulados por anos e anos de comentários dos amigos e das propagandas da TV.

Propomos, então, um desafio: na próxima vez que estiver no boteco, combine com o garçom de servir 4 cervejas diferentes, dentro daqueles recipientes que mantém a breja gelada por mais tempo para esconder os rótulos. Certifique-se de pedir ao garçom para retirar o rótulo que vem no gargalo e também trazer as cervejas já abertas, sem tampa. As tampinhas podem vir na bandeja, para ajudá-los a saber quais são as 4 brejas a serem identificadas. Reparar na coloração e na espuma, no aroma, no sabor mais doce ou mais amargo, no retrogosto que fica na boca e até mesmo em qual tem mais ou menos gás é bem revelador.

Quer aumentar um pouco o nível de dificuldade? Coloque uma breja nova, que pouca gente tomou, como a recém lançada puro malte Adriática. Com certeza vai dar nó na cabeça da galera.

Tem nova cerveja puro malte chegando por aí

Comments
920 visitas

Pelo visto a onda de cerveja puro malte está ganhando cada vez mais força entre as grandes cervejarias. Coisa boa!

A novidade agora é a Adriática, cerveja puro malte feita pela Ambev. Ela foi apresentada ao público no dia 9 de setembro mas ainda não estava disponível para compra, fato que muda hoje. A partir de agora ela estará no cardápio de 500 bares escolhidos a dedo.

Cerveja Adriática

Foto: www.CervejaEComida.com / Cerveja e Comida

O mais interessante é que a breja já chega um um tantão de história: a Adriática é feita hoje na mesma fábrica da antiga Cervejaria Adriática, em Ponta Grossa no Paraná, fundada e mantida pelo alemão Henrich Tielen. Se você não se lembra desta cervejaria, não se preocupe. A Cervejaria Adriática foi fundada em 1906 e passou a produzir cervejas do tipo lager a partir de 1911. Em 1941 a Adriática foi comprada pela Cervejaria Antarctica e o nome acabou se perdendo. Ou seja, se você não nasceu antes da década de 40, provavelmente nunca nem viu nem ouviu menção à marca.

Cerveja Adriatica chop - Divulgação Antiga

Mas espere! Tem uma parte da história dessa cervejaria que com certeza você conhece muito bem. Estamos falando de uma das cervejas que a Cervejaria Adriática produzia: a Original. Isso mesmo, a Original que você encontra hoje em dia nos mercados e que muita gente sempre pensou ser uma cerveja da Antarctica, na verdade era uma das marcas da Cervejaria Adriática. Para os mais curiosos sobre todos os detalhes do enredo, há bastante informação neste artigo no Wikipedia.

Não há dúvidas que a volta da Original criou uma grande legião de fãs. Agora é provar a Adriática e ver se a recriação da cerveja que levava o nome da antiga cervejaria consegue fazer ainda mais bonito com sua receita puro malte.

Festiva Cultural da Cerveja – Dia 2

Comments
251 visitas

Termina hoje o o Festival Cultural da Cerveja, evento que, desde ontem, agita Campinas com muita cerveja (artesanal e “mainstream”), palestras e música na Lagoa do Taquaral. A festa também promove o consumo responsável da bebida: graças a uma inédita parceria com a empresa Easy Taxi, quem for de táxi pode degustar cervejas com descontos que vão até 50%. Do ponto de vista da cultura cervejeira, muita gente que jamais tinha ouvido falar em cervejas especiais está tendo a chance de experimentar vários rótulos elaborados com ingredientes e técnicas diferentes.

Veja o que está rolando na festa:

Festival_Cultural_Cerveja09

Festival_Cultural_Cerveja10

Festival_Cultural_Cerveja11

 

Festival Cultural da Cerveja – Dia 1

Comments
382 visitas

Começou hoje e vai até amanhã em Campinas (SP) o Festival Cultural da Cerveja, evento que reúne consumo responsável, música, palestras e muita festa na Lagoa do Taquaral, célebre ponto de lazer dos campineiros.

Veja, em algumas imagens, como está sendo a festa:

Festival_Cultural_Cerveja06

Festival_Cultural_Cerveja07

Festival_Cultural_Cerveja08

Festival_Cultural_Cerveja05

Até amanhã, muita coisa bacana ainda vai rolar! Dá tempo de vir conferir de perto essa festa!

Página 1 de 41234

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja