Cadastre-se
Schneider Aventinus Weizen-Eisbock

Schneider Aventinus Weizen-Eisbock

BrejasBrejas  
 
3.8 (73)
7860   0   7  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Schneider Aventinus Weizen-Eisbock

Informações

Importadora
Estilo
Álcool (%)
12% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal

Aventinus, the Wheat Doppelbock of Bavaria, has always been known to be the most intense and complex wheat beer in the world. This was the case for the past sixty years, but not anymore... Up until the 1940's, Aventinus was shipped all over Bavaria in containers lacking temperature control. Consequently, the precious drink partially froze during transportation. Unaware that the brew was concentrated by the separation of water from the liquid. People were baffled by this unique version of Aventinus. By chance, the first Aventinus Eisbock was created. Well aware of this story, Hans Peter Drexler, brewmaster of the Schneider brewery, decided to recreate this classic "mistake" in a modern controlled facility. Thus, the Aventinus Eisbock is reborn sixty years later ... Prost!

Avaliações

73 avaliações

 
(4)
 
(58)
 
(10)
 
(1)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.8
 
8/10  (73)
 
4/5  (73)
 
15/20  (73)
 
4/5  (73)
 
8/10  (73)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10

A colheita #7 - "Porrada final"

Para encher uma garrafinha dessas de 330ml são necessários 5 ou mais litros da Aventinus TAP6 congelados e separando a água do "licor" que se transforma na Eisbock.

Eu diria que rivaliza com as belgas escuras em complexidade, guardadas as devidas proporções.

Ao abrir a linda garrafa de rótulo roxo desprende um gás amarronzado que deixa um aroma de ameixa seca e uva passa mesmo antes de servir. Não esperava tanta carbonatação em uma textura licorosa, marrom acobreada, que formou alto colarinho com ótima retenção e vivacidade (borbulhando muito). Aroma complementado com caramelo e álcool evidente.

No sabor vem a TAP6 ao quadrado, mas o trigo fica apenas na lembrança (ou no rótulo) por conta da potência do álcool. Seguem ameixas, uva passa e leve nozes e amora com retrogosto adocicado e quente do álcool. Pelo meio da garrafa senti a necessidade de beliscar um queijo para amenizar um pouco o corpo licoroso.

Uma breja para ficar na lembrança.

Detalhes

Degustada em
26/Maio/2016
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Stuttgart Importadora
Preço
29,49
Aventinus Eisbock
Considera esta avaliação útil? 
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10

Aparência: Marrom, com farto creme bege de média duração, e muitos sedimentos claros.

Aroma: Malte evidente, em especial o de trigo, fermento, ameixas e álcool.

Sabor: Maltado, frutado, alcoólico e com notas de fermento.

Textura: Bom corpo, média carbonatação e sensação aveludada.

Retrogosto: Doce, frutado e alcoólico.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Mamãe bebidas
Considera esta avaliação útil? 
(Atualizado: 06 de Fevereiro de 2016)
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10

Cerveja muito complexa, baixa formação e retenção de espuma devido ao excesso de álcool.
No aroma uma pegada malta lembrando passas, ameixa seca, baunilha,tostado,caramelo, madeira e álcool.
No sabor um dulçor lembrando um doce de ameixa seguido por um aquecimento no peito.
Textura aveludada lembrando um licor.
Ótimo conjunto, pois inseriram muito bem o álcool no produto.

Detalhes

Degustada em
06/Fevereiro/2016
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Considera esta avaliação útil? 
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
5/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10

Detalhes

Degustada em
22/Fevereiro/2008
Envasamento
Schneider Aventinus Weizen-Eisbock
Considera esta avaliação útil? 
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10

Cerveja para o inverno. Encorpada, doce e alcóolica.

Marrom e turva na taça, fez uma espuma beje, quase marrom, alta, de boa duração.

No aroma temos muito malte, fermento, leve tostado e o álcool mostrando seu poder.

Na boca é licorosa, extremamente maltada! Cevada e trigo em harmonia.

Sabor de nozes e biscoito. Também bastante frutada, gostinho de ameixa e uva passa. Lembra vinho do Porto!

Intensa! O álcool aparece mais e mais à medida que a cerveja esquenta.

Retrogosto doce, um pouco adstringente, e frutado.

Cerveja para degustar com calma.

Detalhes

Envasamento
Considera esta avaliação útil? 
Ver todas as avaliações

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Cadastre-se