Entre com o Facebook

Chimay Triple Hot

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/72/1e/6f/324_ChimayWhite_1318878307.jpg
 
3.5 (5)
 
3.8 (152)
15886   13   53
 
Escrever Avaliação

Informações

Cervejaria
Importadora
Álcool (%)
8% ABV
Ativa:
Temperatura
The Chimay Triple, last-born of the Abbey, is labelled "Cinq Cents" on the 750 ml bottle. Of a golden colour, the Trappist beer combines sweet and bitter in a rare balance. The beer's aroma felt in the mouth comes from the hops' perfumes: above all, they are fruity touches of Muscat grapes and raisins, even ripe apples. This traditional Belgian beer is best savoured fresh at a temperature of from 6 to 8°C.

Avaliações do Editor

Média de pontuação do editor por: 5 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
7/10  (5)
Aparência 
 
4/5  (5)
Sabor 
 
14/20  (5)
Sensação 
 
3/5  (5)
Conjunto 
 
6/10  (5)

De uma cor laranja quase dourada, levemente turva e com uma espuma bege clara, muito densa e de longa duração.

O aroma se desprende fácil, mesmo quando a cerveja ainda está bem gelada. Frutada, mostra características condimentadas e certo toque cítrico de laranja, mostrando o poder do lúpulo e outros condimentos que fazem parte da fórmula desta breja. Realmente o aroma é destaque, trazendo complexidade ímpar. Depois de tantas sensações, ainda é possível sentir um floral intenso em alguns momentos.

Essa mesma característica condimentada, no sabor traduzida como uma picância, é sentida na boca - que acaba se misturando com o amargor. Sente-se também um gosto doce, mas não em exceço. O malte também aparece, em segundo plano, trazendo pão bem suave e uma lembrança de damasco seco (muito pouco).

O álcool aparece, tanto no aroma quanto no sabor, mas muito harmonizado com o conjunto da obra. Esquenta um pouco a boca e a garganta, sem agredir, dando uma ótima sensação para a degustação.

O retrogosto é cítrico e suavemente doce - dulçor esse que desaparece rapidamente, dando alto drinkability a esta breja.

Com certeza a Chimay é mais conhecida pela versão de rótulo azul, porém essa aqui é degustação obrigatória para quem quer desbravar o mundo das cervejas especiais.
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10

De uma cor laranja quase dourada, levemente turva e com uma espuma bege clara, muito densa e de longa duração.

O aroma se desprende fácil, mesmo quando a cerveja ainda está bem gelada. Frutada, mostra características condimentadas e certo toque cítrico de laranja, mostrando o poder do lúpulo e outros condimentos que fazem parte da fórmula desta breja. Realmente o aroma é destaque, trazendo complexidade ímpar. Depois de tantas sensações, ainda é possível sentir um floral intenso em alguns momentos.

Essa mesma característica condimentada, no sabor traduzida como uma picância, é sentida na boca - que acaba se misturando com o amargor. Sente-se também um gosto doce, mas não em exceço. O malte também aparece, em segundo plano, trazendo pão bem suave e uma lembrança de damasco seco (muito pouco).

O álcool aparece, tanto no aroma quanto no sabor, mas muito harmonizado com o conjunto da obra. Esquenta um pouco a boca e a garganta, sem agredir, dando uma ótima sensação para a degustação.

O retrogosto é cítrico e suavemente doce - dulçor esse que desaparece rapidamente, dando alto drinkability a esta breja.

Com certeza a Chimay é mais conhecida pela versão de rótulo azul, porém essa aqui é degustação obrigatória para quem quer desbravar o mundo das cervejas especiais.

Detalhes

Degustada em
17/Maio/2010
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Bar Brejas
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cor dourada clara intensa e creme branco satisfatória. A tripel da Chimay revela-se aromática. Seu aroma é frutado com suaves notas cítricas, malte e açucar queimado. A receita desta trípel previlegia o picante e a carbanatação evidente, deixando a cerveja mais "salgada, "apimentada" com amargor marcante e final seco, revelando um conjunto singular. O álcool se mostra presente, a cerveja perde um pouco em drinkability sem perder a qualidade.
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10
Michel Wagner Analisado por Michel Wagner 23 de Maio de 2009
Avaliador Top 100  -   Veja todas minhas avaliações (367)

Cor dourada clara intensa e creme branco satisfatória. A tripel da Chimay revela-se aromática. Seu aroma é frutado com suaves notas cítricas, malte e açucar queimado. A receita desta trípel previlegia o picante e a carbanatação evidente, deixando a cerveja mais "salgada, "apimentada" com amargor marcante e final seco, revelando um conjunto singular. O álcool se mostra presente, a cerveja perde um pouco em drinkability sem perder a qualidade.

Detalhes

Degustada em
22/Maio/2009
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
COOP, CH
Preço
3,60 CHF
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
.
Avaliação Geral 
 
3.3
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10

.

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Típica blanche belga, porém superior. Refrescante, creme denso e consistente, muito frutada.
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10

Típica blanche belga, porém superior. Refrescante, creme denso e consistente, muito frutada.

Detalhes

Degustada em
16/Setembro/2004
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Coloração âmbar turva, com um creme branco persistente e um pouco denso. Notas cítricas e frutadas. Final muito seco e amargo, ao meu ver em excesso, prejudicando o conjunto e a drinkability.
Avaliação Geral 
 
2.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
10/20
Sensação 
 
2/5
Conjunto 
 
4/10
Daniel C. Analisado por Daniel C. 28 de Agosto de 2008
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1064)

Coloração âmbar turva, com um creme branco persistente e um pouco denso. Notas cítricas e frutadas. Final muito seco e amargo, ao meu ver em excesso, prejudicando o conjunto e a drinkability.

Detalhes

Degustada em
14/Março/2007
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Avaliações dos usuários Ver todas as avaliações de usuários

Avaliação média dos usuários: 152 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10  (152)
Aparência 
 
4/5  (152)
Sabor 
 
15/20  (152)
Sensação 
 
4/5  (152)
Conjunto 
 
8/10  (152)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Chimay Tripel

Aroma cítrico.

Na boca, notas de álcool são evidentes, acompanhadas de toques frutados cítricos. Leve acidez.
Avaliação Geral 
 
3.4
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Bruno Aquino Analisado por Bruno Aquino 31 de Agosto de 2014
Avaliador Top 500  -   Veja todas minhas avaliações (111)

Chimay Tripel

Aroma cítrico.

Na boca, notas de álcool são evidentes, acompanhadas de toques frutados cítricos. Leve acidez.

Detalhes

Degustada em
31/Agosto/2014
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Clássica. Cerveja densa e turva com coloração como de um mel escuro cristalizado. Espuma não muito intensa, porém, persistente. No nariz, bolacha champagne e cítrico com condimentos. Boca encorpada e agradavelmente picante, inicialmente com mel, banana e laranja madura, mas evoluindo para damasco seco, toffee, chocolate meio amargo e geléia de laranja após algum tempo na taça. Retrogosto ácido e levemente adocicado, lembrando bolo de laranja com raspas de limão e especiarias como endro, cravo, erva doce, coentro. Riquíssima, complexa, fantástica!
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Waldiberto Pires Analisado por Waldiberto Pires 29 de Agosto de 2014
  -   Veja todas minhas avaliações (2)

Clássica. Cerveja densa e turva com coloração como de um mel escuro cristalizado. Espuma não muito intensa, porém, persistente. No nariz, bolacha champagne e cítrico com condimentos. Boca encorpada e agradavelmente picante, inicialmente com mel, banana e laranja madura, mas evoluindo para damasco seco, toffee, chocolate meio amargo e geléia de laranja após algum tempo na taça. Retrogosto ácido e levemente adocicado, lembrando bolo de laranja com raspas de limão e especiarias como endro, cravo, erva doce, coentro. Riquíssima, complexa, fantástica!

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Angeloni
Preço
16 reais
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
.
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Thiago Reis Analisado por Thiago Reis 16 de Julho de 2014
Avaliador Top 500  -   Veja todas minhas avaliações (125)

.

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cor âmbar alaranjada turva com uma espuma imensa de ótima duração e deixando traços.
Aroma frutado com notas de uvas, pêssegos, levedura belga, manga, açúcar invertido e banana.
Sabor de vinho verde, pimenta branca, coentro, suco de maçã, peras, lúpulos herbáceos, centro do abacaxi, pão, amêndoas e limão siciliano. Retrogosto seco e levemente amargo.
Corpo de leve a médio com cabonatação efervescente. Álcool de 8% abv está completamente escondido.
Uma Tripel frutada bem elegante com um azedo bem sutil e soberbamente bem balanceada. Complexidade vem aos poucos e em pequenas partes. Imenso “drinkability” para seu alto abv. Muito fácil de beber para novos amantes e ainda interessante para aficionados.
Ap.4 Ar.4,25 Sab.4,25 Sens.4,25 Cj.4,25
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Francisco Lima Analisado por Francisco Lima 03 de Julho de 2014
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1283)

Cor âmbar alaranjada turva com uma espuma imensa de ótima duração e deixando traços.
Aroma frutado com notas de uvas, pêssegos, levedura belga, manga, açúcar invertido e banana.
Sabor de vinho verde, pimenta branca, coentro, suco de maçã, peras, lúpulos herbáceos, centro do abacaxi, pão, amêndoas e limão siciliano. Retrogosto seco e levemente amargo.
Corpo de leve a médio com cabonatação efervescente. Álcool de 8% abv está completamente escondido.
Uma Tripel frutada bem elegante com um azedo bem sutil e soberbamente bem balanceada. Complexidade vem aos poucos e em pequenas partes. Imenso “drinkability” para seu alto abv. Muito fácil de beber para novos amantes e ainda interessante para aficionados.
Ap.4 Ar.4,25 Sab.4,25 Sens.4,25 Cj.4,25

Detalhes

Degustada em
03/Julho/2014
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cerveja marcante!
Amarelo escuro no copo, âmbar, turva, com creme branco, alto, denso e muito persistente.

Aromática! Sente-se o doce do malte, o fermento, o lúpulo e uma sensação gostosa de fruta fresca.

Na boca ela é encorpada. O malte aparece forte e logo dá lugar ao amargor refrescante do lúpulo. Cerveja potente, logo nos deixa inebriado e satisfeito.

Não é uma cerveja para ser "mais uma" numa sessão de degustação. Ela necessita de atenção só para ela!

Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10

Cerveja marcante!
Amarelo escuro no copo, âmbar, turva, com creme branco, alto, denso e muito persistente.

Aromática! Sente-se o doce do malte, o fermento, o lúpulo e uma sensação gostosa de fruta fresca.

Na boca ela é encorpada. O malte aparece forte e logo dá lugar ao amargor refrescante do lúpulo. Cerveja potente, logo nos deixa inebriado e satisfeito.

Não é uma cerveja para ser "mais uma" numa sessão de degustação. Ela necessita de atenção só para ela!

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 
Ver todas as avaliações de usuários
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook