Entre com o Facebook
Abbaye des Rocs Blanche des Honnelles

Abbaye des Rocs Blanche des Honnelles

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/28/9c/3f/_0-1336503976.jpg
 
4.0
 
3.7 (8)
1302   1   5
 
Escrever Avaliação

Informações

Estilo
Álcool (%)
6% ABV
Ativa:
Temperatura
Copo ideal

Blanche des Honnelles (1991) was originally very localised, and has since expanded beyond the boundries of the greater and lesser Honnelle rivers, from which it takes it's name. The Blanche des Honnelles leaves the beaten path somewhat. It has an amber colour which is after all the traditional appearance of the Blanches. It is also stronger (6%) than the Blanches that we know. Its taste is surprising and is not comparable to the brews with the same name that are now on the market. If the bouquet is subdued its first flavour is a stark dry sharpness against a pepper background. There is no acidity in this Blanche that is made with three cereals (barley, wheat, oats). It has a stimulating taste, leaving a subdued but refreshing final impression. Lots of character and curious.

Avaliações do Editor

Líquido de coloração âmbar, turvo, com espuma bege volumosa e de média duração, e sedimentos no fundo da taça.

No aroma, destaca-se o cravo e um rico floral. No sabor, notas de cravo, citrus, casca de laranja, lúpulo e especiarias. Médio amargor. O fermento dá um toque de qualidade no conjunto. Aliás, o refinamento do fermento belga é reconhecível ao olfato e às papilas gustativas.

É, possivelmente, a melhor Witbier que já provei. O corpo mais robusto que o tradicional é realmente evidente, como resultado do "double wit".
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Daniel C. Analisado por Daniel C. 26 de Dezembro de 2012
Atualizado pela última vez: 26 de Dezembro de 2012
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1061)

Líquido de coloração âmbar, turvo, com espuma bege volumosa e de média duração, e sedimentos no fundo da taça.

No aroma, destaca-se o cravo e um rico floral. No sabor, notas de cravo, citrus, casca de laranja, lúpulo e especiarias. Médio amargor. O fermento dá um toque de qualidade no conjunto. Aliás, o refinamento do fermento belga é reconhecível ao olfato e às papilas gustativas.

É, possivelmente, a melhor Witbier que já provei. O corpo mais robusto que o tradicional é realmente evidente, como resultado do "double wit".

Detalhes

Degustada em
23/Dezembro/2012
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Avaliações dos usuários Ver todas as avaliações de usuários

Avaliação média dos usuários: 8 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
8/10  (8)
Aparência 
 
4/5  (8)
Sabor 
 
15/20  (8)
Sensação 
 
4/5  (8)
Conjunto 
 
7/10  (8)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Alaranjada, turva, média formação e baixa duração do creme, média carbonatação, corpo de leve para médio;
Aroma intenso, malte, fermento, pão e biscoito;
Sabor leve adocicado, condimentado com retrogosto quase neutro.
Não era isso que esperava dela, também não é ruim, apenas diferente.
Não tinha nada de cítrico, malte predominou junto com a levedura. Doce e leve.
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10
David Ortiz Analisado por David Ortiz 08 de Agosto de 2014
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (413)

Alaranjada, turva, média formação e baixa duração do creme, média carbonatação, corpo de leve para médio;
Aroma intenso, malte, fermento, pão e biscoito;
Sabor leve adocicado, condimentado com retrogosto quase neutro.
Não era isso que esperava dela, também não é ruim, apenas diferente.
Não tinha nada de cítrico, malte predominou junto com a levedura. Doce e leve.

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Beer4u
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Dourada turva com pouca formação de espuma.
As notas no aroma lembram damasco, pêssego e marshmallow, com algo como torta de limão.
No sabor, o malte aparece, adocicado, com uma pegada cítrica sugerindo limão, além de fermento no fim.
Corpo médio e carbonatação altinha.
Pareceu um misto de blonde com blanche, por ser um pouco mais robusta, adocicada e alcoólica.
Agradou, tomaria sempre se fosse mais barata.
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10
Diogo Olivares Analisado por Diogo Olivares 30 de Dezembro de 2013
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (441)

Dourada turva com pouca formação de espuma.
As notas no aroma lembram damasco, pêssego e marshmallow, com algo como torta de limão.
No sabor, o malte aparece, adocicado, com uma pegada cítrica sugerindo limão, além de fermento no fim.
Corpo médio e carbonatação altinha.
Pareceu um misto de blonde com blanche, por ser um pouco mais robusta, adocicada e alcoólica.
Agradou, tomaria sempre se fosse mais barata.

Detalhes

Degustada em
13/Setembro/2013
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cor dourada com uma espuma densa de dois dedos de boa duração. Ficou turva e cor de barro na última vertida.
Aroma de laranjas, coentro, menta, pão e condimentos.
Sabor é similar ao nariz, notas de menta, tangerinas, coentro e cravos, trigo, mel e pimenta do reino. Toques de banana, embora laranajas e tangerinas são bem predominantes. Retrogosto seco e levmente amargo.
Corpo médio com boa aarbonatação. Sensação cremosa.
Forte no levedo com notas cítricas oxidadas. Eu prefiro outros tipos de Witbier, mas ainda achei-a uma combinação interessante e com seu próprio caráter. É tipo uma Witbier em mutação para uma Tripel.
Ap.3,75 Ar.3,5 Sab.3,75 Sens.3,5 Cj.3,75
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Francisco Lima Analisado por Francisco Lima 21 de Setembro de 2013
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1283)

Cor dourada com uma espuma densa de dois dedos de boa duração. Ficou turva e cor de barro na última vertida.
Aroma de laranjas, coentro, menta, pão e condimentos.
Sabor é similar ao nariz, notas de menta, tangerinas, coentro e cravos, trigo, mel e pimenta do reino. Toques de banana, embora laranajas e tangerinas são bem predominantes. Retrogosto seco e levmente amargo.
Corpo médio com boa aarbonatação. Sensação cremosa.
Forte no levedo com notas cítricas oxidadas. Eu prefiro outros tipos de Witbier, mas ainda achei-a uma combinação interessante e com seu próprio caráter. É tipo uma Witbier em mutação para uma Tripel.
Ap.3,75 Ar.3,5 Sab.3,75 Sens.3,5 Cj.3,75

Detalhes

Degustada em
21/Setembro/2013
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Beer Experience
Preço
14
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cerveja de aroma predominantemente cítrico, frutado.
Coloração mais escura do que o habitual, mostrando, na aparência, um líquido mais rude. Na aparência, apenas. Porque, no sabor, mantém a refrescância das witbiers tradicionais, com uma acentuação de frutas - tangerina. Bem carbonatada. Final seco e adocicado. Deliciosa de se beber.
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Renan Oliveira Analisado por Renan Oliveira 23 de Março de 2013
Atualizado pela última vez: 23 de Março de 2013
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (480)

Cerveja de aroma predominantemente cítrico, frutado.
Coloração mais escura do que o habitual, mostrando, na aparência, um líquido mais rude. Na aparência, apenas. Porque, no sabor, mantém a refrescância das witbiers tradicionais, com uma acentuação de frutas - tangerina. Bem carbonatada. Final seco e adocicado. Deliciosa de se beber.

Detalhes

Degustada em
23/Março/2013
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Já de cara eu estranhei porque enquanto servia ela no copo caiu uma bola escura junto que depois vi que era levedura, mas em uma quantidade que eu nunca havia visto em nenhuma cerveja. Uns minutos depois ela se espalhou pelo fundo do copo deixando uma camada escura de meio centímetro de altura. O creme teve uma boa formação mas em poucos minutos disipou-se. O aroma não lembra witbier, é bem doce e frutado, nem a coloraçãode um âmbar escuro e apagado, levemente translúcido. Na boca ela entra doce e frutada com um corpo generoso e uma carbonatação alta o que causa uma boa sensação, mas logo um sabor estranho e que eu não consegui identificar aparece e domina totalmente o retrogosto. Acho que esse excesso de levedura é o responsável por isso. Pretendo arranjar outro exemplar, o mais fresco possível, e dar outra oportunidade a esta cerveja.
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
12/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10

Já de cara eu estranhei porque enquanto servia ela no copo caiu uma bola escura junto que depois vi que era levedura, mas em uma quantidade que eu nunca havia visto em nenhuma cerveja. Uns minutos depois ela se espalhou pelo fundo do copo deixando uma camada escura de meio centímetro de altura. O creme teve uma boa formação mas em poucos minutos disipou-se. O aroma não lembra witbier, é bem doce e frutado, nem a coloraçãode um âmbar escuro e apagado, levemente translúcido. Na boca ela entra doce e frutada com um corpo generoso e uma carbonatação alta o que causa uma boa sensação, mas logo um sabor estranho e que eu não consegui identificar aparece e domina totalmente o retrogosto. Acho que esse excesso de levedura é o responsável por isso. Pretendo arranjar outro exemplar, o mais fresco possível, e dar outra oportunidade a esta cerveja.

Detalhes

Degustada em
10/Janeiro/2013
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 
Ver todas as avaliações de usuários
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook