Entre com o Facebook
Ellezelloise Hercule Stout

Ellezelloise Hercule Stout

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/f3/44/c9/_herculestout-1326367716.jpg
 
0.0
 
4.2 (4)
1152   2   3
 
Escrever Avaliação

Informações

Álcool (%)
9% ABV
Ativa:
Temperatura
Copo ideal

Bottle; Unfiltered. The only self-proclaimed ‘Belgian stout’ – 9% by volume – named after famed Belgian detective Hercule Poirrot and considered a World Classic. Made in small batches, then lagered for ten days in German oak casks. "The Hercule is considered by many to be a classic – very malty, but dry, with a hint of sweetness in the finish, and perfectly hopped. It has a very distinctive and intoxicating spicy aroma of fresh spruce that suddenly, irresistibly, fills the room when the swing-top is released. This unique house character probably derives from the strains of yeast used by the brewery – and possibly from the fermentation in oak – because the beers are made entirely of malt and hops, without any spices or sugar."

Avaliações dos usuários

Avaliação média dos usuários: 4 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
9/10  (4)
Aparência 
 
5/5  (0)
Sabor 
 
17/20  (0)
Sensação 
 
4/5  (0)
Conjunto 
 
9/10  (0)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Sua tampa flip top produziu um estampido após liberta-la. Cor preta profunda com três dedos de espuma de boa duração e deixando bastante traços.
Logo na abertura liberou no ar um aroma de cacau com notas de café, castanhas e ameixas.
Sabor gostoso e robusto com notas de alcaçuz, leve especiarias, algo de azedo cítrico, lúpulos herbáceos, um opuco de madeira chamuscada, figos, leve lático, noz e frutas vermelhas. Retrogosto seco e amargo, relativamente límpido.
Corpo médio com boa carbonatação e bolhas diminutas. Álcool de 9% abv está surpreendentemente bem escondido.
Imperial Stout excepcional, saborosa mas também elegante. Nivel de dulçor perfeito e balanceado com boa complexidade. Não espere uma American Imperial Stout obtusa.
Ap.4,25 Ar.4 Sab.4,25 Sens.4,25 Cj.4,25
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Francisco Lima Analisado por Francisco Lima 20 de Junho de 2014
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1331)

Sua tampa flip top produziu um estampido após liberta-la. Cor preta profunda com três dedos de espuma de boa duração e deixando bastante traços.
Logo na abertura liberou no ar um aroma de cacau com notas de café, castanhas e ameixas.
Sabor gostoso e robusto com notas de alcaçuz, leve especiarias, algo de azedo cítrico, lúpulos herbáceos, um opuco de madeira chamuscada, figos, leve lático, noz e frutas vermelhas. Retrogosto seco e amargo, relativamente límpido.
Corpo médio com boa carbonatação e bolhas diminutas. Álcool de 9% abv está surpreendentemente bem escondido.
Imperial Stout excepcional, saborosa mas também elegante. Nivel de dulçor perfeito e balanceado com boa complexidade. Não espere uma American Imperial Stout obtusa.
Ap.4,25 Ar.4 Sab.4,25 Sens.4,25 Cj.4,25

Detalhes

Degustada em
20/Junho/2014
Envasamento
Garrafa
Onde comprou
Beermerchants em Londres
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Uma Stout diferente. Coloração marrom muito escuro, quase preto, com espuma escura, de boa formação e duradoura. Aroma muito bom, complexo, frutas secas, nozes, leve torrefação, chocolate amargo, não consegui sentir muito o lúpulo, e leve toque do álcool. Sabor que se inicia leve levemente adocicado e passa a sentir o defumado, e o amargor nem um pouco agressivo, nem no primeiro gole. Cerveja liquorosa e carbonatação média. Valeu muito a degustação.
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Bernardo Luz Analisado por Bernardo Luz 28 de Dezembro de 2012
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (466)

Uma Stout diferente. Coloração marrom muito escuro, quase preto, com espuma escura, de boa formação e duradoura. Aroma muito bom, complexo, frutas secas, nozes, leve torrefação, chocolate amargo, não consegui sentir muito o lúpulo, e leve toque do álcool. Sabor que se inicia leve levemente adocicado e passa a sentir o defumado, e o amargor nem um pouco agressivo, nem no primeiro gole. Cerveja liquorosa e carbonatação média. Valeu muito a degustação.

Detalhes

Degustada em
27/Dezembro/2012
Envasamento
Garrafa
Onde comprou
Emporio Santa Therezinha - SP
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Coloração marrom bem escuro (chegando quase a um preto), alta formação de um denso e persistente creme bege. Bela apresentação. O aroma revela uma riqueza de notas, onde destacam-se as de chocolate, frutas escuras, forte condimentado, caramelo tostado, alecrim, leve acidez e um interessante lúpulo floral de fundo. O paladar acompanha toda complexidade demonstrada no aroma e entrega uma bela combinação de ésteres frutados, leve defumado, chocolate, especiarias, melado, cinzas e um amargor herbal moderado no final. Cerveja encorpada, textura licorosa, baixa carbonatação e médio drinkability. Bela breja. Recomendo!
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
FiL Crux Analisado por FiL Crux 23 de Maio de 2012
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (480)

Coloração marrom bem escuro (chegando quase a um preto), alta formação de um denso e persistente creme bege. Bela apresentação. O aroma revela uma riqueza de notas, onde destacam-se as de chocolate, frutas escuras, forte condimentado, caramelo tostado, alecrim, leve acidez e um interessante lúpulo floral de fundo. O paladar acompanha toda complexidade demonstrada no aroma e entrega uma bela combinação de ésteres frutados, leve defumado, chocolate, especiarias, melado, cinzas e um amargor herbal moderado no final. Cerveja encorpada, textura licorosa, baixa carbonatação e médio drinkability. Bela breja. Recomendo!

Detalhes

Degustada em
17/Fevereiro/2012
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
EAP
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Nos dias de hoje, quando se pensa numa Stout, vem a cabeça uma cerveja com caráter torrado marcante, geralmente com aromas frutados de leveduras bem discretos. A Brasserie Ellezelloise resolveu recriar o estilo e criar a sua Belgian Stout, uma cerveja que tenha bastante dos aromas dos maltes escuros, mas acompanhado do toque elegante das leveduras belgas.
Servido no canecão da cerveja, apresentou coloração marrom escuro, sutis nuances avermelhadas com translucidez baixa. Coroando o líquido, um creme de coloração bege, que se forma em grande volume e perdura por longos minutos, deixando marcas nas laterais da taça.
Os aromas se desprenderam com certa dificuldade, mas trouxeram um maltado de sutil torrefação, evidenciando tons de pão preto, chocolate e nozes. As leveduras fazem sua parte e trazem uma esterificação evidente, remetendo a frutas vermelhas, além de algo que me lembrou couro. Ao fundo uma lupulagem discreta que traz um delicado floral.
As notas de chocolate ao leite dominam a boca, graças a riqueza dos maltes, que não traz aquele caráter fechado esperado para uma Stout. Há um frutado gostoso de fundo e praticamente nada de amargor, tanto de lúpulos (que trazem sim, um sutil herbáceo) quanto dos maltes torrados. Possui textura bem aveludada e uma carbonatação mediana. O álcool se faz presente, mas não chega a ser agressivo.
A cerveja é bem interessante, mas pede um pouco mais de potência para o que seria teoricamente uma Imperial Stout, ou mesmo uma cerveja belga. Se tivesse um pouco mais dessa potência, trouxesse um pouco mais da complexidade esperada e mantivesse o equilíbrio, com certeza me agradaria mais.
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10
Pedro Bianchi Analisado por Pedro Bianchi 16 de Janeiro de 2012
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (715)

Nos dias de hoje, quando se pensa numa Stout, vem a cabeça uma cerveja com caráter torrado marcante, geralmente com aromas frutados de leveduras bem discretos. A Brasserie Ellezelloise resolveu recriar o estilo e criar a sua Belgian Stout, uma cerveja que tenha bastante dos aromas dos maltes escuros, mas acompanhado do toque elegante das leveduras belgas.
Servido no canecão da cerveja, apresentou coloração marrom escuro, sutis nuances avermelhadas com translucidez baixa. Coroando o líquido, um creme de coloração bege, que se forma em grande volume e perdura por longos minutos, deixando marcas nas laterais da taça.
Os aromas se desprenderam com certa dificuldade, mas trouxeram um maltado de sutil torrefação, evidenciando tons de pão preto, chocolate e nozes. As leveduras fazem sua parte e trazem uma esterificação evidente, remetendo a frutas vermelhas, além de algo que me lembrou couro. Ao fundo uma lupulagem discreta que traz um delicado floral.
As notas de chocolate ao leite dominam a boca, graças a riqueza dos maltes, que não traz aquele caráter fechado esperado para uma Stout. Há um frutado gostoso de fundo e praticamente nada de amargor, tanto de lúpulos (que trazem sim, um sutil herbáceo) quanto dos maltes torrados. Possui textura bem aveludada e uma carbonatação mediana. O álcool se faz presente, mas não chega a ser agressivo.
A cerveja é bem interessante, mas pede um pouco mais de potência para o que seria teoricamente uma Imperial Stout, ou mesmo uma cerveja belga. Se tivesse um pouco mais dessa potência, trouxesse um pouco mais da complexidade esperada e mantivesse o equilíbrio, com certeza me agradaria mais.

Detalhes

Degustada em
12/Outubro/2011
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook