Cadastre-se
Struise Cuvée Delphine

Struise Cuvée Delphine

Thiago CSThiago CS  
 
4.5 (9)
2460   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Struise Cuvée Delphine

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
13% ABV
Ativa
Sazonal
Temperatura
Copo ideal

Black Albert was used in a new barrel aging project. More than a year ago, Carlo was able to get his hands on a stock of Four Roses Bourbon barrels, and we happily filled them up with Batch „0". This unique creation was originally to be named 4 Black Roses in honour of its heritage, but our friends in Kentucky strongly advised us not to do so! What to do? As the disowned offspring of Black Albert, the name Cuvée Delphine imposed itself. Savouring the Belgian irony, we are most honoured to have artwork by Delphine Boël shining on this label. You will not find this ale all over the globe. There is no export program, but we will try to provide stock through our web shop and some specialty beer pubs.

Avaliações

9 avaliações

 
(5)
 
(4)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.5
 
9/10  (9)
 
5/5  (9)
 
18/20  (9)
 
4/5  (9)
 
9/10  (9)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
4.8
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
19/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10

Apresentou coloração preta opaca com espuma marrom escura de boa formação e longa persistência. No aroma temos chocolate, café, melaço, torrefação, suave tabaco, licor de chocolate, uva passa e baunilha. Na boca as notas permanecem, complementadas por geleia de frutas escuras, irish coffe, figos secos, coco queimado e madeira. Tem bom corpo, carbonatação amena e textura licorosa. Impressionante.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
The Bottle Shop - Bruges
Considera esta avaliação útil? 
(Atualizado: 28 de Outubro de 2017)
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10

VERSÃO DE 11% ABV

Localizada na pequena vila de Vleteren em Flandres Ocidental, Bélgica, a De Struise é uma das mais aclamadas cervejarias artesanais da atuaqlidade. Eleita em 2008 como a melhor do mundo pelo portal "Ratebeer", seus rótulos têm sido cultuados por 'beergeeks' de toda parte.

Sua história começa em 2001, quando dois amigos - um cervejeiro caseiro e um criador de avestruz - decidiram produzir uma cerveja regional à moda antiga. O objetivo inicial era disponibilizá-la para quem se hospedasse na pousada que ambos mantinham juntos na fazenda de avestruzes. Não por acaso, a palavra "struise" significa "avestruz" no antigo dialeto flamengo. Entretanto, o termo é hoje mais utilizado como uma gíria no sentido de algo ou alguém "forte" ou "resistente". Portanto, o nome "De Struise Brouwers" carrega localmente um duplo sentido, podendo ser entendido também como "Os Cervejeiros Resistentes".

Além da fábrica em Oostvletren, a cervejaria mantém uma loja oficial na famosa cidade de Bruges.

CUVÉE DELPHINE *Ano 2012

Batizado em referência à Delphine Boël - versátil artista/pintora belga, conhecida também por ter tido que lutar na justiça para ser reconhecida como filha ilegítima do Rei Albert II (que abdicou em 2013) - o rótulo tem como arte uma de suas ilustrações.

A receita é praticamente a mesma da 'Imperial Stout' da casa (chamada "Black Albert"), só que envelhecida por 12 meses em barris de carvalho previamente utilizados pelo whisky Four Roses, um bourbon de Kentucky, Estados Unidos.

Vale ainda ressaltar que o nome do rótulo traz certa ironia: assim como Delphine Boël é descendente do Rei Albert da Bélgica, a cerveja em si também é uma espécie de "filha bastarda" da "Black Albert" (a 'Imperial Stout' utilizada em sua base).

De coloração preta, forma um dedo de creme marrom de média retenção.

No nariz, o bourbon se destaca ao aparecer um pouco acima do caráter de torra, caramelização e esterificação. Nuances de toffee, chocolate, baunilha, coco queimado e ameixa seca despontam alinhadas. Muito bom!

Ao paladar mostra corpo alto, textura sedosa e carbonatação mediana. Notas distintas de cocada preta e mascavo emergem com grande amplitude, uma vez reforçadas por indulgente dulçor. Ameixa seca, chocolate e baunilha complementam subjacentes. Álcool pouco perceptível. O final segue longo e melado, perfumado pelo bourbon. Toques de toffee e reminiscências do barril persistem no retrogosto. Drinkability baixíssima.

Típica cerveja densa, daquelas que um golinho pequeno concentra grande sabor. Tivesse uma doçura menor, ou ainda certo amargor pra fazer o contraponto, e seria ainda mais gostosa.

Detalhes

Degustada em
27/Outubro/2017
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Wbeer
Preço
R$ 27,89 + frete
Considera esta avaliação útil? 
(Atualizado: 27 de Junho de 2016)
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10

Aroma doce, torrado, vinho e madeira. Sabor chocolate amargo, caramelo, baunilha, pão australiano, mel, frutas escuras, leve defumado e doce bem presente.

Detalhes

Degustada em
26/Junho/2016
Envasamento
Considera esta avaliação útil? 
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10

Na taça mostrou um líquido negro, fechado, com um creme bege de boa formação e persistência.
Aroma intenso e refinado. A intensa torrefação da Black Albert está mais suave mas traz intensas notas de baunilha, chocolate amargo, ésteres de frutas escuras e leves notas de bourbon.
Na boca uma base de caramelo bem tostado, traz baunilha, frutas escuras, chocolate e notas de madeira. Também chocolate e leve café. O final é suavamente amargo, um pouco seco e com notas licorosas do bourbon. Aftertaste profundo, persistente e marcante com chocolate, baunilha e bourbon. Corpo sedoso, carbonatação baixa/media e surpreendente drinkability para seus 13% ABV.
No conjunto uma extraordinária cerveja onde o barril trouxe ainda mais equilíbrio combinando as notas torradas com a baunilha e com uma inserção perfeita do álcool. Excepcional.

Detalhes

Envasamento
Considera esta avaliação útil? 
(Atualizado: 22 de Fevereiro de 2016)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10

Cada Struise que bebo é uma agradável surpresa.
Dessa vez foi a Cuvée Delphine, uma imperial stout completa. A maturação da já consagrada Black Albert em barris de bourbon lhe entregam a esta cerveja uma complexidade única.
Ao abrir a garrafa o nariz já é tomado por uma torrefação característica. Servida, revela um liquido negro, opaco, com creme marrom de média duração, com bolhas grandes e que deixam uma fina renda por toda a degustação.
O aroma já pronuncia o que está por vir, notas torrefadas e adocicadas de caramelo e baunilha trabalham em perfeita harmonia com notas de frutas roxas (figo e ameixa), lapidadas pela lembrança da madeira onde é adormecida por longos meses.
No sabor o dulçor domina o início do gole, até exagerado para uma RIS, seguido por um frutado que logo é equilibrado pela torrefação, enquanto o álcool da as caras a boca vai sendo tomada pelo sabor de café que domina o retrogosto.
A sensação é incrivel, liquido denso e licoroso, alcool muito bem inserido que deixa a boca levemente adormecida.
Certamente entra na lista das melhores cervejas que já provei.
Obrigado, Struise.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Considera esta avaliação útil? 
Ver todas as avaliações

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Cadastre-se