Entre com o Facebook
Biertruppe Vintage Nº 1

Biertruppe Vintage Nº 1 Hot

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/66/14/53/1625_BiertruppeVintageNo1_1291131824.jpg
 
4.4 (2)
 
4.5 (27)
15956   5   19
 
Escrever Avaliação

Informações

Álcool (%)
9% ABV
Ingredientes
Água, malte de cevada, lúpulo e fermento
Ativa:
Sazonal
Temperatura
Copo ideal
Uma escolha especial de maltes e lúpulos, fermentados por um blend de leveduras inglesas capaz de atingir altos níveis de álcool, proporcionando não só sua força, mas também notas frutadas e condimentadas. Essa é a base da Biertruppe Vintage Nº1, uma barley wine feita como antigamente. Além disso, uma longa maturação em barris de carvalho, em que antes repousaram vinhos tintos e brandy, vai lhe conferir notas de madeira, leve sensação de taninos e corpo na medida certa. Assim nasceu uma das cervejas mais ousadas já produzidas no Brasil. Queijos azuis e carnes (de cordeiro e de caça) harmonizam bem com essa cerveja. Um brinde!

Fotos

Avaliações do Editor

Média de pontuação do editor por: 2 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10  (2)
Aparência 
 
4/5  (2)
Sabor 
 
18/20  (2)
Sensação 
 
5/5  (2)
Conjunto 
 
9/10  (2)

Uma cerveja de responsa. Tanto se falou sobre esta breja que a expectativa era alta. E olha que ela conseguiu justificar a fama.

De coloração marrom escura, como se fosse um chá mate intenso, de nenhuma espuma. Mesmo agitada, não houver formação nenhuma de espuma. Da pra ver alguma presença de carbonatação, mas bem pequena. Na aparência, a grande maioria das Barley Wines não tem grande presença. Então vou logo ao que interessa e passo a dar atenção aos atributos que fazem deste estilo um dos meus favoritos.

O aroma é intenso, extremamente agradável, com um dulçor profundo, caralemo, toffee. Não há notas de torrefação nem de café.

Na boca, o dulçor predomina. O corpo é médio, ligeiramente licoroso. Certa confusão ao perceber que a breja é doce mas ao mesmo tempo seca na boca. O sabor nos brinda com uma harmonia rara. Mesmo ainda mais gelada do que o recomendado, os sabores são intensos, mostram poder no malte, caramelado, e também no alcóol, que se sente sem agressão, apenas colaborando para o conjunto com mais volatilidade.

A breja não tem nada de super radical. Não é super amarga, não tem nada de muito condimentado, não vai arregalar os olhos de ninguém. E talvez por isso seja tão bacana, tão gostosa. Na hora que comecei a degustação, ja veio na hora a lembrança de tantos amigos e amigas que me dizem que não gostam de cerveja. Como não gostar de uma breja assim? Tão longe do que muitos interpretam como cerveja, e ainda assim, cerveja!

Quando chega a n.2?
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10

Uma cerveja de responsa. Tanto se falou sobre esta breja que a expectativa era alta. E olha que ela conseguiu justificar a fama.

De coloração marrom escura, como se fosse um chá mate intenso, de nenhuma espuma. Mesmo agitada, não houver formação nenhuma de espuma. Da pra ver alguma presença de carbonatação, mas bem pequena. Na aparência, a grande maioria das Barley Wines não tem grande presença. Então vou logo ao que interessa e passo a dar atenção aos atributos que fazem deste estilo um dos meus favoritos.

O aroma é intenso, extremamente agradável, com um dulçor profundo, caralemo, toffee. Não há notas de torrefação nem de café.

Na boca, o dulçor predomina. O corpo é médio, ligeiramente licoroso. Certa confusão ao perceber que a breja é doce mas ao mesmo tempo seca na boca. O sabor nos brinda com uma harmonia rara. Mesmo ainda mais gelada do que o recomendado, os sabores são intensos, mostram poder no malte, caramelado, e também no alcóol, que se sente sem agressão, apenas colaborando para o conjunto com mais volatilidade.

A breja não tem nada de super radical. Não é super amarga, não tem nada de muito condimentado, não vai arregalar os olhos de ninguém. E talvez por isso seja tão bacana, tão gostosa. Na hora que comecei a degustação, ja veio na hora a lembrança de tantos amigos e amigas que me dizem que não gostam de cerveja. Como não gostar de uma breja assim? Tão longe do que muitos interpretam como cerveja, e ainda assim, cerveja!

Quando chega a n.2?

Detalhes

Degustada em
28/Abril/2012
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Acomodo-me na poltrona do teatro à espera da afinação da orquestra, que trina acordes desconexos. Faz-se o protocolo de entrada do maestro, aplausos, batidinhas de batuta a pedir atenção aos músicos. Silêncio. Vai começar a sinfonia.

Com suavidade, são as cordas que iniciam. No aroma, violinos… Notas vínicas assertivas, lembrando vinho do Porto. Frutas secas escuras, sobretudo uvas-passas. O tostado se faz presente, mas de forma lânguida, quase fugaz. As harpas trazem o acalento de se estar em uma cave de pedras. Um tênue mofo se faz sentir, lá no fundo, delicioso. De repente, eis que o piano chega à cena, portando consigo notas de maçãs, pêras, frutas vermelhas, tâmaras secas e delírio.

Um interlúdio e vamos às madeiras. As flautas, sempre doces, vêm ao paladar. Dulçores nobilíssimos misturam frutas passas, tostado, toffee. Clarinetes anunciam laranjas em compota. E alguém falou em tâmaras secas? No teatro imaginário onde estou, porto no bolso um saquinho contendo algumas. Peço licença ao vizinho de poltrona e tento a harmonização. Certeira! Como se a cerveja fosse feita da fruta.

Eis que a sinfonia se aproxima do final, e chegam os instrumentos de percussão. Tímpanos fazem aparecer mais laranjas, desta vez frescas. Bumbos chegam ao socorro, sempre afirmando os caracteres tostados e achocolatados. Címbalos de caramelos e ameixas. O regente comanda ás últimas notas, secas, inesquecíveis.

Saio do teatro já pensando na próxima sinfonia. Haverá?
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10

Acomodo-me na poltrona do teatro à espera da afinação da orquestra, que trina acordes desconexos. Faz-se o protocolo de entrada do maestro, aplausos, batidinhas de batuta a pedir atenção aos músicos. Silêncio. Vai começar a sinfonia.

Com suavidade, são as cordas que iniciam. No aroma, violinos… Notas vínicas assertivas, lembrando vinho do Porto. Frutas secas escuras, sobretudo uvas-passas. O tostado se faz presente, mas de forma lânguida, quase fugaz. As harpas trazem o acalento de se estar em uma cave de pedras. Um tênue mofo se faz sentir, lá no fundo, delicioso. De repente, eis que o piano chega à cena, portando consigo notas de maçãs, pêras, frutas vermelhas, tâmaras secas e delírio.

Um interlúdio e vamos às madeiras. As flautas, sempre doces, vêm ao paladar. Dulçores nobilíssimos misturam frutas passas, tostado, toffee. Clarinetes anunciam laranjas em compota. E alguém falou em tâmaras secas? No teatro imaginário onde estou, porto no bolso um saquinho contendo algumas. Peço licença ao vizinho de poltrona e tento a harmonização. Certeira! Como se a cerveja fosse feita da fruta.

Eis que a sinfonia se aproxima do final, e chegam os instrumentos de percussão. Tímpanos fazem aparecer mais laranjas, desta vez frescas. Bumbos chegam ao socorro, sempre afirmando os caracteres tostados e achocolatados. Címbalos de caramelos e ameixas. O regente comanda ás últimas notas, secas, inesquecíveis.

Saio do teatro já pensando na próxima sinfonia. Haverá?

Detalhes

Degustada em
24/Junho/2010
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Bar Brejas - Campinas
Preço
R$ 29,90
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Avaliações dos usuários Ver todas as avaliações de usuários

Avaliação média dos usuários: 27 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10  (27)
Aparência 
 
4/5  (27)
Sabor 
 
18/20  (27)
Sensação 
 
4/5  (27)
Conjunto 
 
9/10  (27)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Aberta a garrafa o ar impregnou com a explosão de madeira e carvalho.

Cor castanha escura e fechada. Viscosa e com lágrimas escorrendo nas laterais.
Espuma de baixíssima formação com escassas bolhas disformes (aparência de refrigerante sem gás), retenção efêmera e final sem deixar nem o halo (flat).

Aroma de madeira de carvalho, baunilha e flora encrostada do barril. Ésteres frutados e doces com alta intensidade, suculentos e sem enjoar, como passas, ameixas secas, tâmaras e figo seco. Toque de vinho do Porto com sensação acre e adstringente. Notas intensas de caramelo, toffee, melaço, sensação xaropada. Notas torradas e defumadas, com esfumaçado de tabaco, rapé e cinzas bem leve. Chocolate e cacau bem definidos e café lembrando grãos. Álcool presente com uma leve acetona, pouco agressivo, mas atraente e bem inserido. Leve notas de frutas vermelhas.

Sabor similar ao aroma e também com cítrico e amargo de toranjas. Suculento coco queimado. Sensação apimentada e alcoólica. Sementes secas como nozes, amêndoas e castanhas cozidas.

Corpo sedoso e macio, passeando na boca. Carbonatação nula.
Final seco e alcoólico. Retrogosto doce e amadeirado.

Sensação final foi de uma cerveja com traços de um destilado, como por exemplo, um bom conhaque. Única, extremamente complexa e que certamente agradou plenamente a todos que puderam provar.
Avaliação Geral 
 
5.0
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10

Aberta a garrafa o ar impregnou com a explosão de madeira e carvalho.

Cor castanha escura e fechada. Viscosa e com lágrimas escorrendo nas laterais.
Espuma de baixíssima formação com escassas bolhas disformes (aparência de refrigerante sem gás), retenção efêmera e final sem deixar nem o halo (flat).

Aroma de madeira de carvalho, baunilha e flora encrostada do barril. Ésteres frutados e doces com alta intensidade, suculentos e sem enjoar, como passas, ameixas secas, tâmaras e figo seco. Toque de vinho do Porto com sensação acre e adstringente. Notas intensas de caramelo, toffee, melaço, sensação xaropada. Notas torradas e defumadas, com esfumaçado de tabaco, rapé e cinzas bem leve. Chocolate e cacau bem definidos e café lembrando grãos. Álcool presente com uma leve acetona, pouco agressivo, mas atraente e bem inserido. Leve notas de frutas vermelhas.

Sabor similar ao aroma e também com cítrico e amargo de toranjas. Suculento coco queimado. Sensação apimentada e alcoólica. Sementes secas como nozes, amêndoas e castanhas cozidas.

Corpo sedoso e macio, passeando na boca. Carbonatação nula.
Final seco e alcoólico. Retrogosto doce e amadeirado.

Sensação final foi de uma cerveja com traços de um destilado, como por exemplo, um bom conhaque. Única, extremamente complexa e que certamente agradou plenamente a todos que puderam provar.

Detalhes

Degustada em
07/Janeiro/2013
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Mamãe Bebidas
Preço
21,00
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Após um longo inverno guardada, chegou a hora de sua degustação.
De coloração escura, com as bordas castanhas contra a luz, turva com presença de particulado. Creme praticamente inexistente e por consequencia sua duração também é nula.
Aroma extremamente frutado, com notas de frutas secas (nozes, amendoas) e passas (uvas, ameixas).
É no sabor que a complexidade desta cerveja realmente dá as caras. Adocicada, uma textura ligeiramente licorosa, notas amadeiradas, novamente a presença de frutas passas e um leve condimentado/apimentado.
Baixa carbonatação. Álcool elevado mas beirando o imperceptível.
Que venha a numero 2.
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Percival Buzatto Analisado por Percival Buzatto 08 de Março de 2012
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (462)

Após um longo inverno guardada, chegou a hora de sua degustação.
De coloração escura, com as bordas castanhas contra a luz, turva com presença de particulado. Creme praticamente inexistente e por consequencia sua duração também é nula.
Aroma extremamente frutado, com notas de frutas secas (nozes, amendoas) e passas (uvas, ameixas).
É no sabor que a complexidade desta cerveja realmente dá as caras. Adocicada, uma textura ligeiramente licorosa, notas amadeiradas, novamente a presença de frutas passas e um leve condimentado/apimentado.
Baixa carbonatação. Álcool elevado mas beirando o imperceptível.
Que venha a numero 2.

Detalhes

Degustada em
05/Março/2012
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Empório Alto dos Pinheiros
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Cerveja complexa e encorpada. Aroma e sabor com notas de licor, vinho do porto, madeira, malte caramelo e frutas secas. Álcool presente, sensação de calor, mas nada que atrapalhe a degustação desta bela cerveja.
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Leonardo Eiterer Analisado por Leonardo Eiterer 26 de Dezembro de 2011
Atualizado pela última vez: 26 de Dezembro de 2011
Avaliador Top 500  -   Veja todas minhas avaliações (197)

Cerveja complexa e encorpada. Aroma e sabor com notas de licor, vinho do porto, madeira, malte caramelo e frutas secas. Álcool presente, sensação de calor, mas nada que atrapalhe a degustação desta bela cerveja.

Detalhes

Degustada em
16/Agosto/2010
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Melograno
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
O estilo que nasceu de uma inveja Inglesa perante os vinhos Fraceses. Quem disse que um pouco de Inveja não faz bem às vezes? Os "the four horseman" of beer nacionais, trataram de deixar todos os Franceses invejosos!

Ao deita-la na taça, logo percebi que não se formaria um creme e que eu estava diante de um liquido diferenciado. Sua coloração é de um marrom intenso sensacional, muito polido e opaco que contra a luz apresenta nuances avermelhada e acastanhadas. Percebe-se com a visão o corpo dessa cerveja. A auréola tímida de espuma pertecne a um bege claro. O aroma é espetacular, complexo e único. Algo que jamais senti. Notas de vinho, chocolate amargo, tostadas, avelãs, caramlelo e frutadas misturam-se em algo inebrieante. O sabor é é profundo e de uma riqueza incomparável. Aqui sentimos todo o seu descanso em barris de carvalho. Sentimos primeiro o forte doce do caramelo e um saboroso centro de malte. Após absorver um pouco, as notas de vinho, frutas secas e condimentadas aparecem nas laterais. O final é seco, amargo, quente pelo álcool e amadeirado. Estupendo. Retro gosto adocicado e fenólico perdura eternamente. Carbonatação baixa, levemente adstringente, rica e complexa, sente-se o álcool na garganta. Corpo licoroso e aveludado, dá vontade de mastigar. Cerveja para ser contemplada a pequenos goles e com muita calma. Uma obra de arte nacional. Torcer para que façam novos lotes dela. O mundo cervejeiro merece.

http://www.panelademalte.blogspot.com/
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
João Gabriel Margutti Amstalden Analisado por João Gabriel Margutti Amstalden 19 de Agosto de 2011
Atualizado pela última vez: 21 de Agosto de 2011
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (601)

O estilo que nasceu de uma inveja Inglesa perante os vinhos Fraceses. Quem disse que um pouco de Inveja não faz bem às vezes? Os "the four horseman" of beer nacionais, trataram de deixar todos os Franceses invejosos!

Ao deita-la na taça, logo percebi que não se formaria um creme e que eu estava diante de um liquido diferenciado. Sua coloração é de um marrom intenso sensacional, muito polido e opaco que contra a luz apresenta nuances avermelhada e acastanhadas. Percebe-se com a visão o corpo dessa cerveja. A auréola tímida de espuma pertecne a um bege claro. O aroma é espetacular, complexo e único. Algo que jamais senti. Notas de vinho, chocolate amargo, tostadas, avelãs, caramlelo e frutadas misturam-se em algo inebrieante. O sabor é é profundo e de uma riqueza incomparável. Aqui sentimos todo o seu descanso em barris de carvalho. Sentimos primeiro o forte doce do caramelo e um saboroso centro de malte. Após absorver um pouco, as notas de vinho, frutas secas e condimentadas aparecem nas laterais. O final é seco, amargo, quente pelo álcool e amadeirado. Estupendo. Retro gosto adocicado e fenólico perdura eternamente. Carbonatação baixa, levemente adstringente, rica e complexa, sente-se o álcool na garganta. Corpo licoroso e aveludado, dá vontade de mastigar. Cerveja para ser contemplada a pequenos goles e com muita calma. Uma obra de arte nacional. Torcer para que façam novos lotes dela. O mundo cervejeiro merece.

http://www.panelademalte.blogspot.com/

Detalhes

Degustada em
19/Agosto/2011
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
EAP
Preço
25,00
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Coloração de cobre com leve turbidez e baixíssima formação de creme bege (praticamente inexistente). No aroma, percebe-se que não trata-se de uma cerveja qualquer, pois há um complexo blend de odores como: vinho do porto, madeira, malte caramelo, tostado, frutas secas e algumas notas alcoólicas em segundo plano. Muito agradável! Na boca, toda a complexidade demonstrada no aroma ganha vida. Percebemos aqui a presença de malte torrado, madeira, condimentação, frutas secas e vermelhas e um interessante amargor de lúpulo no retrogosto. Final seco e levemente alcoólico. Ótima barleywine!!!
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
FiL Crux Analisado por FiL Crux 10 de Julho de 2011
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (480)

Coloração de cobre com leve turbidez e baixíssima formação de creme bege (praticamente inexistente). No aroma, percebe-se que não trata-se de uma cerveja qualquer, pois há um complexo blend de odores como: vinho do porto, madeira, malte caramelo, tostado, frutas secas e algumas notas alcoólicas em segundo plano. Muito agradável! Na boca, toda a complexidade demonstrada no aroma ganha vida. Percebemos aqui a presença de malte torrado, madeira, condimentação, frutas secas e vermelhas e um interessante amargor de lúpulo no retrogosto. Final seco e levemente alcoólico. Ótima barleywine!!!

Detalhes

Degustada em
16/Junho/2011
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
355 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 
Ver todas as avaliações de usuários
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook