Entre com o Facebook
Sierra Nevada Southern Hemisphere Harvest Ale

Sierra Nevada Southern Hemisphere Harvest Ale

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/72/aa/6d/2788_SierraNevadaHarvestSouthernHemisphere_1319682015.jpg
 
3.9
 
3.7 (3)
960   1   0
 
Escrever Avaliação

Informações

Álcool (%)
6.7% ABV
IBU
66
Ativa:
Sazonal
Temperatura
Copo ideal

Our newest addition to our Harvest family is Southern Hemisphere Harvest. This is the first time we know of that an American brewer has put out a beer with fresh-picked hops from the southern hemisphere. The inaugural ale will debut in late April and will feature fresh Pacific Hallertau, New Zealand Motueka and New Zealand Southern Cross hops, all from New Zealand. Like our Celebration Ale, the fresh hops in this beer are dried right after being picked then shipped immediately to Chico for brewing so that they retain their peak aromatics and flavors. To ensure the freshest hops possible, we went to the added expense of flying these hops from New Zealand to Chico so we could brew with them the week after they were picked.

Avaliações do Editor

Caramelo turva, de espuma persistente. Alto teor de lupulo, o aroma indica e o sabor confirma. O lupulo parece que se assoma no retrogosto. Lembrando pimenta, parecia que o amargor ficava cada vez mais intenso no retrogosto.
No sabor o malte equilibra muito bem com um toque se biscoito, pão italiano. Final bem seco com toque mineral. O mais legal eh o retrogosto, super marcante e diferente do tradicional.
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10

Caramelo turva, de espuma persistente. Alto teor de lupulo, o aroma indica e o sabor confirma. O lupulo parece que se assoma no retrogosto. Lembrando pimenta, parecia que o amargor ficava cada vez mais intenso no retrogosto.
No sabor o malte equilibra muito bem com um toque se biscoito, pão italiano. Final bem seco com toque mineral. O mais legal eh o retrogosto, super marcante e diferente do tradicional.

Detalhes

Degustada em
30/Maio/2012
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Avaliações dos usuários

Avaliação média dos usuários: 3 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10  (3)
Aparência 
 
4/5  (3)
Sabor 
 
14/20  (3)
Sensação 
 
4/5  (3)
Conjunto 
 
8/10  (3)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Coloração alaranjada, líquido levemente turvo, média formação de creme bege de média consistência e alta persistência.

Aroma de mel, leve caramelo, pouco cítrico e um forte herbal encobrindo o restante.

Paladar combina mel, pouco de caramelo, cítrico e um residual herbal no final de longa persistência.

Cerveja encorpada, de textura acetinada combinando com algo terroso, de média carbonatação e médio drinkability
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
FiL Crux Analisado por FiL Crux 29 de Junho de 2012
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (480)

Coloração alaranjada, líquido levemente turvo, média formação de creme bege de média consistência e alta persistência.

Aroma de mel, leve caramelo, pouco cítrico e um forte herbal encobrindo o restante.

Paladar combina mel, pouco de caramelo, cítrico e um residual herbal no final de longa persistência.

Cerveja encorpada, de textura acetinada combinando com algo terroso, de média carbonatação e médio drinkability

Detalhes

Degustada em
31/Maio/2012
Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
São denominadas Harvest Ales as cervejas de alta fermentação e que fazem o uso de flores de lúpulos recém-colhidos, geralmente seguindo estilos como Pale Ale e IPA. Geralmente são feitas apenas no outono, época em que as florezinhas estão prontas para ser colhidas. A californiana Sierra Nevada, tem o privilégio de ter feito acordo com plantadores de lúpulos neozelandeses, e poder criar sua Harvest Ale em duas versões anuais. Tive a honra de provar a cerveja do hemisfério sul, com lúpulos neozelandeses, que apresentam um bom contraponto entre o frescor cítrico e um rústico herbal.
Apresenta-se de coloração âmbar alaranjado, com boa translucidez. Coroando o líquido, um creme marfim, muito cremoso e duradouro, que vai deixando rastros pelas laterais do copo.
Como não poderia deixar de ser, os lúpulos são as atrações principais, trazendo aromas de laranja, grapefruit e um herbáceo que chegou até a lembrar salsinha. Ao fundo um suave maltado de caramelo e uma leve esterificação que remete a maçã vermelha.
Os maltes continuam sem muita relevância na boca e o lúpulo infesta completamente o paladar com um robusto cítrico/amargo. A acidez é leve, acompanhada de um corpo leve e uma carbonatação média. Ao final, a secura do lúpulo chama para um novo e refrescante gole.
No geral, é uma boa IPA, mas que na minha opinião traz um defeito grave: a falta de malte acaba deixando a cerveja com o amargor do lúpulo em grande evidência, e acaba deixando a americana com a sensação de corpo muito ralo para um IPA.
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10
Pedro Bianchi Analisado por Pedro Bianchi 03 de Novembro de 2011
Atualizado pela última vez: 03 de Novembro de 2011
Avaliador Top 50  -   Veja todas minhas avaliações (715)

São denominadas Harvest Ales as cervejas de alta fermentação e que fazem o uso de flores de lúpulos recém-colhidos, geralmente seguindo estilos como Pale Ale e IPA. Geralmente são feitas apenas no outono, época em que as florezinhas estão prontas para ser colhidas. A californiana Sierra Nevada, tem o privilégio de ter feito acordo com plantadores de lúpulos neozelandeses, e poder criar sua Harvest Ale em duas versões anuais. Tive a honra de provar a cerveja do hemisfério sul, com lúpulos neozelandeses, que apresentam um bom contraponto entre o frescor cítrico e um rústico herbal.
Apresenta-se de coloração âmbar alaranjado, com boa translucidez. Coroando o líquido, um creme marfim, muito cremoso e duradouro, que vai deixando rastros pelas laterais do copo.
Como não poderia deixar de ser, os lúpulos são as atrações principais, trazendo aromas de laranja, grapefruit e um herbáceo que chegou até a lembrar salsinha. Ao fundo um suave maltado de caramelo e uma leve esterificação que remete a maçã vermelha.
Os maltes continuam sem muita relevância na boca e o lúpulo infesta completamente o paladar com um robusto cítrico/amargo. A acidez é leve, acompanhada de um corpo leve e uma carbonatação média. Ao final, a secura do lúpulo chama para um novo e refrescante gole.
No geral, é uma boa IPA, mas que na minha opinião traz um defeito grave: a falta de malte acaba deixando a cerveja com o amargor do lúpulo em grande evidência, e acaba deixando a americana com a sensação de corpo muito ralo para um IPA.

Detalhes

Degustada em
23/Setembro/2011
Envasamento
Pressão
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Harvest Ales sao cervejas em que os lupulos foram recem colhidos e estao frescos ou "molhados" como se diz no jargão cervejeiro. O resto das cervejas são feitas com lupulos peletizados, ou entao congelados e estocados de alguma forma. De qualquer maneira eles acabam perdendo um pouco do seu frescor. Como o lupulo e' uma flor sazonal com colheita fixa sempre na mesma epoca do ano (começo do outono tanto no hemisferio norte como no sul) a Sierra Nevada teve a ideia de ir buscar os lupulos frescos no outono do hemisferio sul (e consequentemente na primavera do hemisferio norte), mais especificamente na Nova Zelandia. Assim ao invés de uma Harvest Ale anual, eles podem fazer duas.
Essa aqui portanto é a cerveja feita no começo da primavera com os lupulos frescos do hemisferio sul.

Coloracao alaranjada escura, turva, com bonito colarinho branco e cremoso de ótima persistencia.

Aroma dominado pelo lupulo mas muito menos expressivo do que eu esperava. Perfil mais pro frutado / terroso. Notas de alcool tambem presentes porém sutis.

Sabor amargo do comeco ao fim sem muita presenca de malte. Apesar da persistencia do amargor, ele nao é tão pronunciado como por exemplo a da Torpedo IPA, tambem da Sierra. Lupulos novamente com sabor futado (frutas vermelhas) e terrosos, não tão citricos/azedos. Ha tambem um "que" de grama recem-cortada nessa cerveja (deve ser o frescor).

Corpo mediano e final seco. Aftertaste com amargor persistente. Carbonatacao moderada/alta, na medida.

IPA bem feita, com certeza uma delicia de tomar mas confesso que esperava uma explosao aromatica um pouco maior. Também acho que faltou um pouco de malte.


http://cervejasamericanas.blogspot.com
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Paulo Zanello Analisado por Paulo Zanello 30 de Outubro de 2011
Avaliador Top 100  -   Veja todas minhas avaliações (286)

Harvest Ales sao cervejas em que os lupulos foram recem colhidos e estao frescos ou "molhados" como se diz no jargão cervejeiro. O resto das cervejas são feitas com lupulos peletizados, ou entao congelados e estocados de alguma forma. De qualquer maneira eles acabam perdendo um pouco do seu frescor. Como o lupulo e' uma flor sazonal com colheita fixa sempre na mesma epoca do ano (começo do outono tanto no hemisferio norte como no sul) a Sierra Nevada teve a ideia de ir buscar os lupulos frescos no outono do hemisferio sul (e consequentemente na primavera do hemisferio norte), mais especificamente na Nova Zelandia. Assim ao invés de uma Harvest Ale anual, eles podem fazer duas.
Essa aqui portanto é a cerveja feita no começo da primavera com os lupulos frescos do hemisferio sul.

Coloracao alaranjada escura, turva, com bonito colarinho branco e cremoso de ótima persistencia.

Aroma dominado pelo lupulo mas muito menos expressivo do que eu esperava. Perfil mais pro frutado / terroso. Notas de alcool tambem presentes porém sutis.

Sabor amargo do comeco ao fim sem muita presenca de malte. Apesar da persistencia do amargor, ele nao é tão pronunciado como por exemplo a da Torpedo IPA, tambem da Sierra. Lupulos novamente com sabor futado (frutas vermelhas) e terrosos, não tão citricos/azedos. Ha tambem um "que" de grama recem-cortada nessa cerveja (deve ser o frescor).

Corpo mediano e final seco. Aftertaste com amargor persistente. Carbonatacao moderada/alta, na medida.

IPA bem feita, com certeza uma delicia de tomar mas confesso que esperava uma explosao aromatica um pouco maior. Também acho que faltou um pouco de malte.


http://cervejasamericanas.blogspot.com

Detalhes

Degustada em
28/Agosto/2010
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
600 ml
Onde comprou
EUA
Preço
US$ 8.99 na loja
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook