Entre com o Facebook
Primátor Weizenbier

Primátor Weizenbier

http://www.brejas.com.br/media/reviews/photos/thumbnail/300x300s/ad/29/64/829_PrimatorWeizenbier_1271448600.jpg
 
3.8 (2)
 
3.5 (31)
4951   1   5
 
Escrever Avaliação

Informações

Importadora
Álcool (%)
5% ABV
Ingredientes
Água, malte Barley, malte de trigo, levedura, lúpulo da região de Zatec.
Ativa:
Temperatura
Copo ideal

Primator Weizenbier has intense flavour, the zesty wheat adding a hint of banana and a delicious clove-like aroma typical for this type of beer. It is full-flavoured, medium-bodied with the classic mild bitterness character of the Saaz hop. The rounded fruit characteristics are the result of the blend of upper brewer’s yeast and wheat malt. It is easily recognisable at first sight…. unfiltered, highly yeasty, straw coloured beer with an appealing cloudiness caused by yeastand protein. This beer is a real thirst-quencher. Recommended for steaks and other roasted meats such as duck, it is also delicious with pork hamburgers, sausages, sea food and soft cheeses. The beer should be served in a typical tall slender glass which ensures a hearty head. If the cloudiness appears insufficient, before topping-up mix the rest of the beer in the bottle to release the sediment. Perfect served with a lemon slice, chilled between 6-8°C. In the past thirty years there has been a beer renaissance, especially among younger drinkers who like to try innovative styles of beer. This beer is more occasional and thanks to its mild bitterness it if often loved by women. It’s certainly the beer of the moment.

Avaliações do Editor

Média de pontuação do editor por: 2 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10  (2)
Aparência 
 
5/5  (2)
Sabor 
 
15/20  (2)
Sensação 
 
5/5  (2)
Conjunto 
 
7/10  (2)

Uma cerveja de trigo interessante.
Diferente das cervejas de trigo de outras cervejarias, essa aqui tem aquele toque refrescante do lúpulo para complementar, sentido principalmente no retrogosto.

Amarela cor de palha, turva, com carbonatação bem aparente e de espuma alta e densa, fica perfeitamente dentro do estilo.

O aroma é suave, traz mais o frutado da banana que o cravo, que aparece de forma bem suave. Também é possível sentir o frescor do lúpulo, com certo condimentado e, obviamente, o fermento.

O sabor também é bem equilibrado, com leve banana, gosto amargo. Talvez suave demais, poderia ser um pouco mais intenso que não iria prejudicar o drinkability.

Na boca é bem equilibrada, mais pra ácida, e mostra alta carbonatação. Deixa uma sensação de frescor como se a cerveja fosse mentolada, bem interessante, provavelmente devido ao lúpulo.

Uma das cerveja de trigo mais refrescantes que já provei.
Pena não ser mais amplamente encontrada por aqui
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
7/10

Uma cerveja de trigo interessante.
Diferente das cervejas de trigo de outras cervejarias, essa aqui tem aquele toque refrescante do lúpulo para complementar, sentido principalmente no retrogosto.

Amarela cor de palha, turva, com carbonatação bem aparente e de espuma alta e densa, fica perfeitamente dentro do estilo.

O aroma é suave, traz mais o frutado da banana que o cravo, que aparece de forma bem suave. Também é possível sentir o frescor do lúpulo, com certo condimentado e, obviamente, o fermento.

O sabor também é bem equilibrado, com leve banana, gosto amargo. Talvez suave demais, poderia ser um pouco mais intenso que não iria prejudicar o drinkability.

Na boca é bem equilibrada, mais pra ácida, e mostra alta carbonatação. Deixa uma sensação de frescor como se a cerveja fosse mentolada, bem interessante, provavelmente devido ao lúpulo.

Uma das cerveja de trigo mais refrescantes que já provei.
Pena não ser mais amplamente encontrada por aqui

Detalhes

Degustada em
26/Junho/2010
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
500 ml
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Por definição, as cervejas no estilo weizenbier não levam muito (ou quase nenhum) lúpulo em sua receita. Essa, ao contrário, se destaca pelo inusitado caráter lupulado desde o aroma. Não considero que seja fora do estilo, mas um "plus" a mais no estilo, e muito bem-vindo.

O creme é alto, muito denso, consistente e persistente, coroando o líquido dourado e bastante turvo, como toda hefeweizen deve ser.

No aroma, equilíbrio surpreendente entre as percepções das leveduras -- banana e cravo -- adicionadas ao lúpulo saaz, cuja fragrância domina o ambiente quando a breja é servida. Delícia.

No sabor, essas percepções permanecem. A drinkability é excelente, e a carbonatação na medida em razão do estilo.

O final é médio, sobressaindo as notas herbáceas do saaz.

Imperdível.
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Mauricio Beltramelli Analisado por Mauricio Beltramelli 29 de Dezembro de 2009
Atualizado pela última vez: 29 de Dezembro de 2009
Avaliador Top 10  -   Veja todas minhas avaliações (1057)

Por definição, as cervejas no estilo weizenbier não levam muito (ou quase nenhum) lúpulo em sua receita. Essa, ao contrário, se destaca pelo inusitado caráter lupulado desde o aroma. Não considero que seja fora do estilo, mas um "plus" a mais no estilo, e muito bem-vindo.

O creme é alto, muito denso, consistente e persistente, coroando o líquido dourado e bastante turvo, como toda hefeweizen deve ser.

No aroma, equilíbrio surpreendente entre as percepções das leveduras -- banana e cravo -- adicionadas ao lúpulo saaz, cuja fragrância domina o ambiente quando a breja é servida. Delícia.

No sabor, essas percepções permanecem. A drinkability é excelente, e a carbonatação na medida em razão do estilo.

O final é médio, sobressaindo as notas herbáceas do saaz.

Imperdível.

Detalhes

Degustada em
29/Dezembro/2009
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Bar Brejas
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 

Avaliações dos usuários Ver todas as avaliações de usuários

Avaliação média dos usuários: 31 usuário(s)

Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
7/10  (31)
Aparência 
 
4/5  (31)
Sabor 
 
14/20  (31)
Sensação 
 
4/5  (31)
Conjunto 
 
7/10  (31)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Tenho degustado de repetição esta cerveja, como sou um grande admirador de cervejas de trigo, acho está com sabor totalmente diferente das outras, para mim a melhor cerveja de trigo no mercado, porém não é fácil acha-la.
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Chafi Neto Analisado por Chafi Neto 06 de Novembro de 2013
  -   Veja todas minhas avaliações (1)

Tenho degustado de repetição esta cerveja, como sou um grande admirador de cervejas de trigo, acho está com sabor totalmente diferente das outras, para mim a melhor cerveja de trigo no mercado, porém não é fácil acha-la.

Detalhes

Degustada em
06/Novembro/2013
Envasamento
Garrafa
Onde comprou
Vila Monjolo
Preço
21 reais
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Como o Pipo ressaltou aí embaixo, essa cerveja foi eleita a melhor Weizen de 2013 pelo World Beer Awards, e não só isso, foi eleita a melhor cerveja do ano inclusive.

A aparência é a clássica de uma Hefe-weizen, creme alto e duradouro, coloração dourada e turva. O aroma também é bem clássico, traz os fenóis de cravo e banana, com grande destaque para esse último, que de tão forte podia atrair uma multidão de macacos.

O sabor traz um misto do malte de trigo com um adocicado lembrando banana, o final acompanha os sabores supracitados bem como traz um amargo leve.

Acho que tem muita coisa bem melhor por aí, não é uma má cerveja, mas melhor do mundo é uma forçação de barra que me faz me perguntar se a Primator não anda financiando o WBA.
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Arthur Moschen Analisado por Arthur Moschen 14 de Outubro de 2013
Atualizado pela última vez: 16 de Outubro de 2013
Avaliador Top 500  -   Veja todas minhas avaliações (181)

Como o Pipo ressaltou aí embaixo, essa cerveja foi eleita a melhor Weizen de 2013 pelo World Beer Awards, e não só isso, foi eleita a melhor cerveja do ano inclusive.

A aparência é a clássica de uma Hefe-weizen, creme alto e duradouro, coloração dourada e turva. O aroma também é bem clássico, traz os fenóis de cravo e banana, com grande destaque para esse último, que de tão forte podia atrair uma multidão de macacos.

O sabor traz um misto do malte de trigo com um adocicado lembrando banana, o final acompanha os sabores supracitados bem como traz um amargo leve.

Acho que tem muita coisa bem melhor por aí, não é uma má cerveja, mas melhor do mundo é uma forçação de barra que me faz me perguntar se a Primator não anda financiando o WBA.

Detalhes

Degustada em
07/Outubro/2013
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Maryland Chopperia - Porto Alegre
Preço
R$ 15
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Degustação Violenta com o John - Pt. I

Quando eu e o John (Arthur Moschen) escolhemos a Primator Weizen para começarmos a degustação, ele me disse que ela tinha sido eleita a melhor Weizen de 2013. Eu gosto do leste europeu... ele é velho, antiquado, ortodoxo e tem uma antiquíssima tradição cervejeira.

A brutalidade começou logo no momento em que verifiquei o creme da marvada: consistente e borbulhante, ele é tão hipnótico quanto uma vela acesa. Ou quanto uma mulher dançando (ou um homem, de acordo com a sua modalidade). A espuma branca coroa um líquido amarelo escuro e meio turvo; pode me chamar de poético, mas eu me lembrei na hora daquela fração de céu que dura os últimos dois minutos do por do sol. E a espuma tem borbulhas!

Dei uma cheirada na receita e só senti o odor de banana. Tem mais coisa detrás disso, mas meu portfólio olfativo não faz jus ao tamanho do meu nariz. Fiquei com água na boca e - deveria ter tecado ela um pouco mais - dei-lhe logo um beijo. Docinha de banana de novo, com um amarguinho sincero. E no retrogosto, banana de novo! O álcool é tão bem inserido na receita que a presença dele agrega ao conjunto. Também tinha o tradicional sabor de malte de trigo, que eu fiz questão de procurar no fundo de tudo isso.

Ô cervejinha boa! Não é o top das top Weizen da história, mas certamente é uma weizen superior que merece respeito! Acho que vou comprar o copo dela... Drinkability? Peça logo duas!
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Filipi Pompeu Analisado por Filipi Pompeu 08 de Outubro de 2013
Atualizado pela última vez: 08 de Outubro de 2013
Avaliador Top 1000  -   Veja todas minhas avaliações (18)

Degustação Violenta com o John - Pt. I

Quando eu e o John (Arthur Moschen) escolhemos a Primator Weizen para começarmos a degustação, ele me disse que ela tinha sido eleita a melhor Weizen de 2013. Eu gosto do leste europeu... ele é velho, antiquado, ortodoxo e tem uma antiquíssima tradição cervejeira.

A brutalidade começou logo no momento em que verifiquei o creme da marvada: consistente e borbulhante, ele é tão hipnótico quanto uma vela acesa. Ou quanto uma mulher dançando (ou um homem, de acordo com a sua modalidade). A espuma branca coroa um líquido amarelo escuro e meio turvo; pode me chamar de poético, mas eu me lembrei na hora daquela fração de céu que dura os últimos dois minutos do por do sol. E a espuma tem borbulhas!

Dei uma cheirada na receita e só senti o odor de banana. Tem mais coisa detrás disso, mas meu portfólio olfativo não faz jus ao tamanho do meu nariz. Fiquei com água na boca e - deveria ter tecado ela um pouco mais - dei-lhe logo um beijo. Docinha de banana de novo, com um amarguinho sincero. E no retrogosto, banana de novo! O álcool é tão bem inserido na receita que a presença dele agrega ao conjunto. Também tinha o tradicional sabor de malte de trigo, que eu fiz questão de procurar no fundo de tudo isso.

Ô cervejinha boa! Não é o top das top Weizen da história, mas certamente é uma weizen superior que merece respeito! Acho que vou comprar o copo dela... Drinkability? Peça logo duas!

Detalhes

Degustada em
07/Outubro/2013
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Mariland Pub
Preço
15,00 R$
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
É uma cerveja não filtrada, com bastante espuma, de cor dourada opaca. Apresente um leve amargor pelo excesso de lúpulo. Apresenta também malte de trigo e notas de banana e cravo. É uma cerveja que desce bem e refresca.
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Nelson Lavieri Analisado por Nelson Lavieri 10 de Setembro de 2013
Avaliador Top 500  -   Veja todas minhas avaliações (51)

É uma cerveja não filtrada, com bastante espuma, de cor dourada opaca. Apresente um leve amargor pelo excesso de lúpulo. Apresenta também malte de trigo e notas de banana e cravo. É uma cerveja que desce bem e refresca.

Detalhes

Envasamento
Garrafa
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
Coloração amarelo-alaranjada, turva, espuma de média formação, persistindo por um tempo prolongado, de boa cremosidade. Bastante aromática, com notas de cravo e banana predominando. Sabor frutado, com notas de pão e fermento, menos intenso que o aroma. Final predominantemente adocicado, com certo azedo e um tanto ácido, evoluindo com um discreto amargor no retrogosto. Honesta.
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10

Coloração amarelo-alaranjada, turva, espuma de média formação, persistindo por um tempo prolongado, de boa cremosidade. Bastante aromática, com notas de cravo e banana predominando. Sabor frutado, com notas de pão e fermento, menos intenso que o aroma. Final predominantemente adocicado, com certo azedo e um tanto ácido, evoluindo com um discreto amargor no retrogosto. Honesta.

Detalhes

Degustada em
06/Julho/2013
Envasamento
Garrafa
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Beer 4u
Adicionar foto/arquivo
Considera esta avaliação útil? 
 
Ver todas as avaliações de usuários
 

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja
Entre com o Facebook