Deus Brut des Flandres

Comentários
8.467 visitas

deus1.jpg

Em 2005, a Brasserie Bosteels, de Buggenhout (Bélgica), preocupada com a queda do consumo anual de cerveja per capita dos belgas — de 121 para 98 litros em 10 anos — resolveu desenvolver uma nova breja elaborada com cevada e leveduras especiais, concebida para ser uma autêntica simbiose entre uma cerveja especial e um vinho espumante.

A Deus Brut des Flandres é uma cerveja especialíssima em função da sua técnica de elaboração, conhecida por champegnoise. Confira, passo a passo, como a breja é elaborada:

  • A largada é na Brasserie Boosteels, onde a Deus é fermentada por duas vezes;
  • O líquido é transportado para a região de Champagne, na França (daí o método ser conhecido por champegnoise), onde recebe mais açúcares e fermentos, e é posto para maturar por no mínimo 12 meses em barris de carvalho;
  • A breja é posta em garrafas — por sinal, as mesmas que são usadas no célebre champagne Dom Pérignon, da casa Moët&Chandon — que são submetidas à técnica da remuage, na qual um profissional as gira diariamente, no mesmo sentido, cada vez inclinando um pouco, até ficarem com os gargalos totalmente voltados pra baixo;
  • Após essa fase, congela-se somente os gargalos, nos quais se depositaram os fermentos e demais borras, os quais são expulsos pela própria pressão do líquido;
  • Adiciona-se à garrafa um pouco da cerveja previamente pronta apenas para preencher o espaço vazio resultante da expulsão dos fermentos congelados. Deus está pronta.

BREJAS degustou a Deus, pela primeira vez, na Bierbrasserie Cambrinus, em Brugge, na Bélgica (veja matéria completa AQUI). Servida gelada em taças flûte de champagne, o perlage (creme) é consistente e perolado. No aroma, festa! Fermento, carvalho, cítrico, vinho branco, erva-doce, manjericão… Quanto mais se inspira, mais se descobrem novos matizes aromáticos. No paladar, quatro palavras descrevem a divindade: Complexidade, leveza, balanceamento e sofisticação. O álcool (11,5%!) praticamente desaparece ante aos sabores frutados (pêra e damascos) e florais. No Ranking BREJAS, Deus recebe a respeitabilíssima nota 4,22.

Aqui no Brasil, Deus castiga: Em algumas casas de importados chega a R$ 300,00 por unidade de 750ml. Em Bruxelas, topamos com Deus em supermercado por € 10,00! Juro por Deus!

6 Respostas para “Deus Brut des Flandres”


Deixe um comentário

Você deve logar-se para postar um comentário.

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]