Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

4.5 20
Bélgica
Mauricio Beltramelli
Mauricio Beltramelli
18 de Agosto de 2008 16317
(Atualizado: 08 de Agosto de 2010)
Avaliação Geral
 
4.1
Aroma
 
8/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
16/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
8/10
Achar o beco de Brugge em que fica escondido o Staminee de Garre já foi uma alegria, degustar essa já célebre Tripel da casa ao som de música clássica, então, foi sensacional! Coloração âmbar, translúcida. A espuma é um capítulo à parte, com excelente formação de um creme branco, denso, consistente, muito cremoso, de longuíssima duração (abaixa, mas deixa generosa camada perene de 1 dedo, que acompanha até o último gole); como diria um amigo, coisa linda de Deus, o melhor creme que já vi até hoje, que deixa espessas marcas na taça inteira, formando um belgian lace de dar inveja! Aroma complexo: frutas cristalizadas, especiarias, álcool e provavelmente mais um monte de coisas que eu não consegui discernir. Carbonatação média e bem peculiar: a cerveja inteira é tomada por bolhas muito pequenas que sobem constantemente, conferindo um visual deveras bonito de se contemplar. O sabor, bastante forte, segue o aroma, com especiarias e frutas cristalizadas, sendo ao mesmo tempo amargo e doce, bem alcoólico e com amargor final maior que em boa parte das tripels. Beleza de cerveja encorpadíssima, potente, pesada, que esquenta, meu namorado amou. Baixa drinkability, foi feita para degustar calmamente, extasiado. Pena que não tinha mais pra trazer em garrafa. Quando em Brugge, degustação obrigatória!

Detalhes

Degustada em
22/Junho/2010
Envasamento
Onde comprou
Staminee de Garre
Preço
3 euros
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .
Cadastre-se