Cadastre-se

Maredsous 10 Tripel

Hot
Mauricio Beltramelli
Updated 11 de Abril de 2020
 
3.9 (141)
20609 0 23

Avaliações dos usuários

4 avaliações com 5 estrelas
141 avaliações
 
3%
 
84%
 
11%
 
1%
1 estrela
 
0%
Avaliação Geral
 
3.9
Aroma
 
7/10(141)
Aparência
 
4/5(141)
Sabor
 
16/20(141)
Sensação
 
4/5(141)
Conjunto
 
8/10(141)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
4 resultados - mostrando 1 - 4
Ordenar
Avaliação Geral
 
4.5
Aroma
 
9/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
9/10

Detalhes

Degustada em
26/Junho/2014
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
4.5
Aroma
 
8/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
9/10
Maredsous 10 Tripel

Fantástica. Surpreendeu-me muito. Creio que estou a me tornar fã do estilo Tripel. O aroma dela é complicado. No começo não senti nada, mas depois ela começou a exalar seus ésteres. Fico muito em dúvida ao dar nota nesse quesito.
A aparência é linda, uma espuma fantástica. O sabor é potente e muito bom. Uma linda sensação. O álcool se faz presente de uma maneira notável. Me tornei um grande admirador!

Detalhes

Envasamento
Onde comprou
330
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
4.6
Aroma
 
9/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
9/10
Bela cor âmbar, quase gasolina. Espuma "bolhosa" e persistente. Aroma com toque frutado, revelando malte e levain, equilibrado e agradável. Sabor forte, toque caramelado, dá pra sentir o alcool, mas nada que desequilibre. O malte é evidente no amargor. Excelente conjunto, bela cerveja para degustação!

Detalhes

Degustada em
04/Junho/2011
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Onde comprou
Ganhei de presente
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
4.5
Aroma
 
8/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
19/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
9/10
Incrível tripel belga: esqueça as tripel leves e secas; esta é uma exuberância de sabores e complexidade, uma tripel "densa", pesada - o malte diz a que veio! -, cheia de surpresas, deliciosamente extravagante. E melhor ainda, tomada na pressão! Servida na sua taça, mostrou uma bonita coloração alaranjada escura e opaca, com uma espuma branca densa, cremosa e de boa persistência. O aroma é discreto, pouco revelando do que virá a seguir (mas deve-se levar em conta que o chope chegou à mesa gelado demais): dominam uvas verdes (vinho branco), banana, mel, leve toque de laranja, notas florais suaves do lúpulo e um residual metálico sutil. Achou bom o bastante? No sabor, vigoroso e complexo, tem mais: na entrada se nota a combinação de uvas verdes (vinho branco), banana, malte com notas doces de mel, algo que lembra tinta de parede fresca, toques leves de laranja e uma sutil sugestão defumada, quase imperceptível. No fundo, um sólido amadeirado, acompanhado de floral lupulado e cravo suaves. Um caminhão de informações sensoriais. O paladar é intenso para o estilo, e equilibrado com doçura levemente dominante sobre um bom amargor de fundo. O final é longo, em camadas: começa doce, e o malte reaparece trazendo riqueza e maciez com notas de pão e biscoito, além de banana; e depois vai se tornando amargo com residual de cravo. A impressão é a de que o chope ressaltou a riqueza e o frescor dos maltes, contribuindo bastante para o conjunto (embora eu ainda não a tenha provado engarrafada). O corpo e a carbonatação são medianos, sem destaques, e o álcool se faz notar de forma gentil, interessante, mas sem incomodar no meio de um conjunto tão marcante.

No geral, é um excelente chope tripel, muito intenso e complexo, com o malte saborosamente destacado para o estilo (mas bem balanceado pelo lúpulo e matizado pela levedura), e uma presença das especiarias típicas das tripel mais suave do que em outros exemplares (sementes de coentro, por exemplo, me pareceram pouco relevantes). Isso tudo lhe dá peso e presença, tornando-a menos delicada, elegante e seca que outras tripel, e por isso mesmo menos refrescante. Se uma tripel como a Westmalle ou a Urthel ficam num extremo do estilo, esta Maredsous fica no outro: as primeiras discretas e refinadas; esta extravagente e saborosa. Para se inebriar.

Detalhes

Degustada em
07/Novembro/2009
Envasamento
Volume em ml
250 ml
Onde comprou
Belgian Beer Paradise
Preço
R$ 17,50
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
4 resultados - mostrando 1 - 4
Cadastre-se