Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

Brasil Odimi TogeOdimi Toge 02 de Maio de 2015 2286
(Atualizado: 02 de Maio de 2015)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Sediada na cidade de São Paulo, a "Prima Satt" é mais um exemplo de como o 'homebrewing' levado a sério pode ser uma espécie de trampolim para empreender no mercado cervejeiro.

Fundada em 2011 nas panelas do então cervejeiro caseiro Leonardo Satt, a cervejaria se tornou mais conhecida pelo lançamento da "Cafuza" - uma 'Imperial India Black Ale' desenvolvida em parceria com o então também cervejeiro caseiro, Bruno Moreno de Brito, da "Cervejaria Serra de Três Pontas".

Com o objetivo de viabilizar a comercialização formal de suas cervejas e atingir o grande público, "Prima Satt" e "Serra de Três Pontas" uniram forças com a (na época também caseira) "Cervejaria Noturna", para juntas formarem uma empresa.

Assim, em 2014 nasceu a "Cervejas Sazonais" - empresa que produz e distribui seguindo o modelo de "contract brewing", no qual aluga-se a capacidade ociosa de uma fábrica de cerveja para que ali se produza receitas autorais. Desse modo, Prima Satt, Serra de Três Pontas e Noturna têm lançado rótulos fixos e sazonais que ora levam a marca de um, ora levam a marca de outro.

......... ..........

Lançada em março de 2015, a primeira cerveja solo da "Prima Satt" é uma 'India Pale Lager' com amargor de 40 IBU. Sob a alcunha de "Hamurabi", ela faz parte de uma série de 5 rótulos que a cervejaria promete lançar aos poucos - sempre com nomes referentes à cultura cervejeira.

Hamurabi foi o primeiro Rei da Babilônia por volta de 1750 a.C. Seu famoso código, esculpido numa rocha, foi uma das primeiras leis escritas que se têm notícia, trazendo 282 normas dentre as quais se destaca - "olho por olho, dente por dente". Já entre os cervejeiros, a mais distinta lei ali disposta é uma que diz que quem fizer uma cerveja ruim deverá ser afogado dentro dela.

Produzida na fabrica da cervejaria "Invicta", em Ribeirão Preto (SP), a "Hamurabi" é não-filtrada e não-pasteurizada, seguindo em cadeira fria até o consumidor final.

Líquido dourado translúcido com leve turbidez. No copo exibe abundante formação de colarinho esbranquiçado de boa retenção.

Aroma intenso de lúpulos cítricos/frutados remetem à tangerina, mamão, melão e lichia. Discreta camada de malte adocicado vem por baixo apenas a sustentar seus ares tropicais. Delícia!

O gole se inicia sob o ataque dos lúpulos via notas de 'grapefruit' e mamão verde entregando um amargor potente que lembra semente de maracujá. Ligeira doçura de malte caramelizado faz o contraponto meio um corpo médio de carbonatação intermediária. O final segue bem lupulado - ao mesmo tempo amargo e tropical - projetando-se até o retrogosto. Quem já está habituado a força dos lúpulos encontrará aqui uma cerveja sobretudo refrescante e com excelente 'drinkability'.

De olhos fechados você poderia jurar se tratar de uma "IPA'. Esta é a "Hamurabi", uma cerveja que certamente redime o cervejeiro do medo de ser afogado.

Brindemos à Prima Satt nesta belíssima estreia solo. E que venham as outras!

Detalhes

Degustada em
02/Maio/2015
Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
Doctor Beer, Marília - SP
Preço
R$ 19,00
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se