Cadastre-se

Brazilian Wood

Eduardo Guimarães 23 de Novembro de 2015
 
3.7 (10)
3367   0   3  

Avaliações dos usuários

9 avaliações mencionando "

10 avaliações

5 estrelas
 
(0)
 
(8)
 
(2)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
8/10  (10)
Aparência 
 
4/5  (10)
Sabor 
 
15/20  (10)
Sensação 
 
4/5  (10)
Conjunto 
 
7/10  (10)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
9 resultados - mostrando 1 - 5
1 2
Ordenar
(Atualizado: 01 de Abril de 2017)
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
No mercado desde 2015, a Treze é uma das cervejarias que integram a constelação de marcas produzidas em parceria com a cervejaria Invicta, de Ribeirão Preto (SP). Originalmente concebida na capital paulista para operar sob o modelo "cigano", ela tem como fundadores os sócios Bruno Couto (sommelier, designer responsável pela comunicação visual das cervejarias 2Cabeças e Invicta) e Eduardo Marques (ex-aluno do instituto de cervejas VLB, em Berlim, além de cervejeiro caseiro durante quatro anos em que viveu em Amsterdã).

BRAZILIAN WOOD

Rótulo de estreia, feito em colaboração com a cervejaria holandesa De Molen. Trata-se de uma 'Saison' com adição de caldo de cana, maturada em chips de sassafrás e cabreúva (também conhecido como bálsamo) - duas madeiras brasileiras bastante utilizadas na produção de cachaças.

Em 2015, Menno Olivier, um dos proprietário da De Molen, esteve no Brasil e ajudou a elaborar a receita.

Líquido marrom de considerável turbidez. Servido, forma espessa camada de espuma bege de média persistência.

Aroma interessante, com traços de fenóis, madeira, caramelização e algum frutado. Notas de cravo, canela, melaço e banana seca despontam em harmonia.

Na boca, uma doçura significativa, mas não exagerada, serve de espinha dorsal. Toques caramelados, fenólicos e leve frutado sintonizam bem com o perfil de especiarias sugerido pela madeira. Nuances de cravo, canela, anis, maçã e banana passeiam sobre a língua. Certa lembrança de vermute também se insinua. Bastante condimentado, o final dá uma enxugada boa na doçura do malte e oferece sutil acidez. Aquele sabor típico de levedura belga pontua o retrogosto. Corpo médio e carbonatação elevada.

Cerveja bacana, que entrega o prometido. Vale a degustação se não passar muito dos 20 reais.

Detalhes

Degustada em
31/Março/2017
Envasamento
Volume em ml
310 ml
Onde comprou
Supermercado Tauste, Marília - SP
Preço
R$ 21,98
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10

Detalhes

Degustada em
16/Janeiro/2017
Envasamento
Volume em ml
350 ml
Onde comprou
Bier Villa
Preço
20
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Colaboração da paulistana Treze e a holandesa De Molen, que tem em sua receita a adição de caldo de cana e maturação em chips de madeiras de Sassafrás e Cabreúva. Apresentou coloração amarronzada escura, com um creme bege de alta formação e persistência mediana. Aromas são o destaque: muito complexo, com notas de cachaça, caldo de cana e madeira. Sabor com base adocicada e álcool já perceptível no início; notas de açúcar, caramelo, doce de frutas cristalizadas, caldo de cana. Corpo médio e boa carbonatação. Excelente proposta.

Detalhes

Degustada em
11/Dezembro/2016
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Dentro da sua proposta de cervejas experimentais, a Treze Cervejaria traz essa Saison feita em colaboração com a holandesa De Molen. Com 7,5% ABV leva adição de caldo de cana e é maturada em chips de madeira de Sassafrás e de Cabreúva. O resultado é uma cerveja completamente fora do estilo mas bastante interessante. Destaque para o aroma complexo trazendo garapa, madeira e cachaça.
Na taça mostrou uma coloração bem diferente para o estilo, sendo amarronzeada, fechada e com um creme bege de boa formação e média persistência.
O aroma é o ponto. Notas de cachaça com notas de caldo de cana levemente azedas e uma boa pegada de madeira. Ainda algumas notas de frutas maceradas doces. Totalmente fora do estilo mas bem interessante.
O sabor tem um perfil adocicado e com o álcool um tanto aparente. Na entrada notas carameladas de açúcar, notas frutadas lembrando compota de laranja e doce de cidra. O final traz notas licorosas da cachaça e uma picardia de madeira com um perfil levemente ácido.. Aftertaste profundo e persistente com notas de cachaça e um leve caldo de cana. Corpo médio e carbonatação média/alta.
No conjunto uma Saison completamente fora do estilo mas bastante inusitada.
#ocontadordecervejas.com.br

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 08 de Outubro de 2016)
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Líquido turvo,coloração marrom acobreada,espuma cremosa com baixa manutenção;aroma com boa complexidade,aparecendo malte tostado,caramelo,melaço de cana,frutas escuras,madeira e álcool;na boca a complexidade continua com sabor adocicado,maltado,alcoólico,com leve acidez finalizando,bom corpo,média carbonatação,retrogosto ácido e alcoólico. Excelente Saison,amadeirada,complexa e deliciosa

Detalhes

Degustada em
08/Outubro/2016
Envasamento
Volume em ml
310 ml
Onde comprou
SM Caliani-Getulina SP
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
9 resultados - mostrando 1 - 5
1 2

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se