Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

3.7 12
Canadá
Mauricio Beltramelli
Mauricio Beltramelli
21 de Janeiro de 2009 3739
(Atualizado: 02 de Novembro de 2015)
Avaliação Geral
 
3.1
Aroma
 
7/10
Aparência
 
3/5
Sabor
 
12/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
A Éphémère é uma série de Fruit Beer/White Ale elaboradas com diferentes frutas pela cervejaria canadense Unibroue, do Quebec. Esta é a versão Éphémère Apple, na qual foram utilizadas maçãs verdes (variedade Granny Smith). Quase uma Witbier com adição de maçãs, já que também se utiliza coentro e curaçao.

Cerveja de belo e simplório visual. Sua coloração é dourada, escura, quase âmbar. Leve turbidez, com muitos veios de efervescência e sem sedimentos. Formou uma camada média de creme claro, flat, com minúsculas bolhas e curtíssima duração sobre o líquido, muito fugaz, rapidamente se dissipando. Sem head, sem lacing.

Logo ao se abrir a garrafa, as notas de maçã são extremamente abundantes e tomam conta do ambiente. Notas secundárias de uvas, peras, laranjas e tutti-frutti. Muitos fenóis condimentados: noz moscada, cravo, canela. Base maltada com sensível caramelado. Algo de pão, biscoito, bolo e frutas cristalizadas. A bem da verdade, maçã domina o buquê e relega todas as demais sensações a segundo plano. Todas. Lembra cidra. Sem off-flavors. Leve fermento.

Na boca, o perfil de maçã verde se mantém muito acentuado, com muito sabor da poupa/suco da fruta. Leve malte, cereal e panificação formam uma base pouquíssimo robusta e insuficiente para dar corpo. Lúpulo inexistente. Retrogosto fraco, pouco duradouro, adstringente, amarrando um pouco a boca, remetendo teimosamente a maçã, outros frutados e pão branco. Cerveja de corpo leve, mais aguada e menos sedosa do que o esperado. Carbonatação média/baixa, com mínima crocância e também mais flat do que o previsto. Álcool absolutamente discreto. Drinkability boa. Fácil de beber. Mas peca pela falta de um caráter menos focado em maçã; falta equilíbrio e harmonia, falta mais cara de cerveja.

Interessante Fruit Beer baseada em maçãs verdes, mas o excesso da fruta não agradou muito meu paladar. Mas o grande problema de fato é a falta de melhor textura, retrogosto e carbonatação. Perdeu muitos pontos, importantes e cruciais em características primordiais. Tentarei degustar novamente, mas sem grandes expectativas. Certamente há rótulos melhores no portfólio da Unibroue, que deixa ainda muitas saudades no Brasil depois que deixou de ter suas garrafas exportadas regularmente para cá.

Detalhes

Degustada em
02/Novembro/2015
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .
Cadastre-se