Cadastre-se

Harviestoun Old Engine Oil Engineer's Reserve Blackest Ale

Thiago Ribeiro de Carvalho
Updated 01 de Fevereiro de 2016
 
4.1 (21)
5177 0 3

Avaliações dos usuários

21 avaliações
 
10%
 
86%
 
5%
2 estrelas
 
0%
1 estrela
 
0%
Avaliação Geral
 
4.1
Aroma
 
8/10(21)
Aparência
 
5/5(21)
Sabor
 
16/20(21)
Sensação
 
4/5(21)
Conjunto
 
8/10(21)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
21 resultados - mostrando 16 - 20
1 2 3 4 5
Ordenar
Avaliação Geral
 
4.1
Aroma
 
8/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
15/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
8/10
Preta, densa, espuma barrom, também densa, média altura e longa duração.

O álcool aparece logo no aroma, sem agredir mas mostrando que está lá. Na boca, ele também aparece logo de cara, se misturando com as notas de chocolate e torrefação. Café presente, sem puxar para cinzas. O amargor é médio, provavelmente vindo mais da torrefação que do lúpulo.

Na boca, é suave e cremosa, com um corpo médio que combina muito bem com a breja.
Tem uma pegada intensa, pelo alto teor do álcool e também pelas fortes notas de torrefação.

Uma breja interessante pra quem procura por uma cerveja torrada, encorpada e com pegada forte. Daquelas brejas pra tomar devagarinho.

Detalhes

Degustada em
25/Agosto/2013
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Bar Brejas
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.9
Aroma
 
7/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
16/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
8/10
Temperatura de degustação: Dez graus Celsius.
Cor: Preta opaca, com um pequeno halo avermelhado quando contra a luz.
Creme: Média formação de creme marrom escuro que mantém uma fina camada persistente com marcas na taça.
Aroma: Muito chocolate amargo e em segundo plano café.
Sabor: Acompanha o aroma, com início levemente adocicado e de final longo, de potente amargor e seco, que remete mais ao chocolate amargo. Apresenta corpo viscoso, com o álcool bem inserido.

Detalhes

Degustada em
24/Agosto/2013
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.8
Aroma
 
6/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
15/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
8/10
É um trem de cerveja! (já fiz trocadilhos melhores, eu sei...)

Uma cerveja que até na garrafa se apresenta bem. Dá a impressão que o vidro é mais escuro juntando as cores da marca e da negritude que está dentro dela.

Ao passar para o copo já é possível sentir o aroma incrível dela! Um tanto de torrefação mais notas de café, ainda lá no fundo um tom de madeira.

Ela é muito bonita no copo! Um buraco negro com vidro ao redor e no topo uma espuma densa marrom e persistente, quase como um mousse de chocolate.

Beber ela é incrível também, primeiro percebe-se como ela é leve para depois perceber quão errado você estava. Um líquido comum se torna viscoso aos poucos e o sabor de cacau e malte torrado se transforma no amargor equilibrado que se mantêm até o retrogosto.

Vale experimentar se você conhece e gosta do estilo, ainda mais por ser uma porter levemente diferente.

Detalhes

Degustada em
14/Agosto/2013
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Clubeer
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.6
Aroma
 
7/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
15/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
Belo rótulo!

Líquido negro, sedoso, com espuma bege volumosa, duradoura, e de lindo efeito na taça.

Predominância de notas intensas de chocolate amargo, torrefação e café. Muito, mas muito amarga. Salgada.

Ao meu ver, a dosagem extrema de torrefação retira demais sua drinkability. Confesso que foi difícil terminar a garrafa. Não que ela seja ruim. Pelo contrário. Apenas há excessos que para mim soaram desnecessários. A sua irmã Old Engine Oil (tradicional) se apresenta muito melhor, pois traz, acima de tudo, equilíbrio. Enfim, é a minha humilde opinião.

De qualquer forma, vale experimentá-la, pois trata-se de uma cerveja de incontestável personalidade, não importando se você irá amá-la ou odiá-la.


Detalhes

Degustada em
16/Julho/2013
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 19 de Julho de 2013)
Avaliação Geral
 
4.4
Aroma
 
8/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
9/10
O cerveja Old Engine Oil, que é a base da Blackest Ale, é lendária por sua viscosidade que torna um dos nomes mais legais/ apropriados de cervejas.

Essa Blackest Ale também faz jus ao nome, com uma cor negra intensa. Excelente formação de uma linda espuma bege, com boa persistência. No aroma, madeira, cacau e tabaco. No paladar a viscosidade é levada às últimas consequências, com um corpo extremamente aveludado.

Notas de cacau,chocolate, torrefação, café, com um final seco, porém não invasivo. Os 9% ABV passam imperceptíveis, muito bem inseridos e a cerveja vai embora fácil fácil. Porém o teor alcoólico não passa incólume pelo corpo, e aquece a alma. Drinkability estupenda.

Belíssima cerveja.

Detalhes

Degustada em
19/Julho/2013
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
mamãe bebidas
Preço
18,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
21 resultados - mostrando 16 - 20
1 2 3 4 5
Cadastre-se