Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

4.1 6
Estados Unidos
Sergio Curti
Sergio Curti
05 de Outubro de 2010 2096
Avaliação Geral
 
3.9
Aroma
 
8/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
15/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
8/10
Com certeza essa breja vai dar muito o que falar.
De característica ímpar, eu dificilmente diria que é uma cerveja se não soubesse.

Traz referências muito fortes de outras bebidas alcoólicas, como whisky, brandy, Vinho do Porto e Xerez. Há quem goste mais destas experiências extremas de um lado, e de outro há aqueles que são mais puristas. Eu diria que fico no meio, já que gosto das diferentes experiências com a cerveja, mas desde que ela continue sendo vista como tal, o que acredito que ficou um pouco fora neste caso.

Mas vamos à cerveja:

Lançada ao copo, mostrou uma coloração preta não translucida de quase zero espuma.

O álcool é muito bem inserido não chega nem a parecer, nem em aroma, nem em sabor. Sente-se obviamente, na sensação de boca, mas até que gostei. Ponto pra breja! O lúpulo aparece de forma mentolada no aroma e ainda mais presente no sabor. Interessante, pois não é tão comum em cerveja. Novamente, ponto pra breja.

No mais, aromas e sabores complexos, amadeirados, licorosos, destilados, que já citei anteriormente. Aqui, acho que a breja acaba ficando um tanto quanto perdida, com muitas referências que a tiram do caminho de cerveja.

Retrogosto super intenso, da pra ficar lembrando da breja por vários minutos depois do gole. Digamos que é daquelas cervejas que se bebe com pouca frequência, em momentos bem específicos.

Conclusão: breja difícil de ser interpretada. Recomendo que faça sua degustação e compartilhe suas impressões com a gente.

Detalhes

Degustada em
29/Setembro/2010
Envasamento
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .
Cadastre-se