Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

4.3 2
Estados Unidos
Pedro Bianchi
Pedro Bianchi
06 de Janeiro de 2012 1331
Avaliação Geral
 
4.6
Aroma
 
10/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
9/10
Um dos estilos que mais me encanta no mundo cervejeiro, certamente é o Russian Imperial Stout. Um dos condimentos que mais gosto do aroma, é o anis. Uma das melhores Imperial Stouts do mundo, na minha opinião é a da Stone. Imagine então essa Imperial Stout, que é praticamente uma rica sobremesa, com toques de anis, carvalho e os aromas de levedura belga. A promessa era grande, mas acabou não suprindo as expectatívas, e tendendo bastante aos aromas de anis.
Apresentou coloração praticamente negra já mostrando viscosidade no serviço. Seu creme é de coloração bege, com formação razoável, mas boa duração e cremosidade, desenhando rendas nas laterais da taça.
Dominando o olfato, notas de chocolate ao leite (e algo um pouco mais "pegado", que lembra chocolate belga) e anis. Ao fundo os maltes e os esteres provenientes das leveduras, se combinam bem e trazem aromas frutados de ameixa, banana passa, cerejas, além de um fundo amadeirado e que lembra rum. Há um leve torrado que lembra café e um toque leitoso. Os lúpulos tem caráter cítrico, lembrando Contreau.
A riqueza dos maltes que adoro na Russian Imperial Stout regular da Stone estava lá, trazendo muito chocolate, e nesta versão um toque picante e adocicado do anis. Os lúpulos acabam até apresentando-se de maneira delicada, praticamente ofuscados, tanto pela doçura quanto pelo leve amargor dos maltes. As leveduras belgas aumentam ainda mais a complexidade, trazendo uma pegada bem frutada a cerveja, evocando sensações de frutas escuras e uma leve picância. O álcool acabou mostrando-se mais perceptível do que eu lembrava da versão original, perdendo um pouco do equilíbrio. O final mostra um pouco mais da secura do carvalho. Assim como na versão original, traz uma textura bem licorosa e pouca carbonatação. O retrogosto lembra chocolate amargo e novamente, o anis. Acaba perdendo um pouco da drinkabillity justamente por ter o anis com tanto destaque. Mesmo assim, é uma cerveja muito interessante, que ganhou complexidade de aromas, mas acabou perdendo em equilíbrio e drinkabillity.

Detalhes

Degustada em
11/Outubro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .
Cadastre-se