Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

Estados Unidos Sergio CurtiSergio Curti 20 de Janeiro de 2011 5987
(Atualizado: 30 de Janeiro de 2015)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Esta Lost Abbey Lost and Found é do estilo Belgian Strong Ale, sub-estilo Belgian Dubbel, que tem origem nos Monastérios Belgas e caracteriza cervejas de alta fermentação, em regra claras com nuances avermelhadas e com creme abundante. São equilibradas, mas com ligeira predominância da riqueza maltada, saborosas, complexas e agradavelmente alcoólicas. De perfil frutado e condimentado costumam ostentar, no aroma e no paladar, notas de caramelo e chocolate, cravo e pimenta, ésteres frutados que podem incluir ameixas, uva passas, maça... (cortesia das leveduras belgas) e amargor discreto. O corpo é médio-alto e a carbonatação idem. Grosso modo utilizam na receita algo como 2 vezes a quantidade habitual de malte; com mais "alimento" as leveduras permanecem em ação por mais tempo e o resultado é uma gama maior de aromas, sabores e álcool, conquanto em patamares menores do que numa tripel e numa quadruppel.

É produzida por The Lost Abbey Brewing Company, situada na cidade americana de San Marcos/Califórnia, que ocupa as instalações onde nos primórdios funcionou a Cervejaria Stone. The Lost Abbey foi fundada em 2006 e é de propriedade de Tomme Arthur, Jim Comstock, Vince e Gina Marsaglia (irmãos proprietários da cervejaria Pizza Port). De lá pra cá vem produzindo cervejas declaradamente inspiradas nas tradições monásticas belgas e é considerada uma das 10 melhores cervejarias dos EUA. Seu extenso portfólio conta com duas sérias de cervejas – ‘Lost Abbey’ – de personalidade belga, e ‘Port Brewing’ – estilos mais agressivos. As cervejas-base, que já são excepcionais, ainda passam por estágio em barris de carvalho que anteriormente hospedaram bourbon, aguardente, xerez ou vinho.

Vintage 2012 – validade ???. A cerveja vem numa garrafa de 750ml, cor marrom, rolhada, que ostenta um belíssimo rótulo na cor bordô que emula o interior de um Monastério - belga por certo. Na criativa etiqueta, além da graduação alcoólica (ABV 8,0%), se lê os nomes da cervejaria e do exemplar, a expressão ‘Ale Brewed with Raisins’ e se vislumbra a figura do símbolo da cervejaria (uma bela Cruz Celta), bem como a gravura de um monge circunspecto a escrever num papiro sob a luz duma vela e com uma taça de cerveja ao seu lado.
No contra-rótulo há os seguintes dizeres: - '' A life worth living is full of discovery and we are reminded everywhere there is opportunity. All it takes is desire to seek out and find these things, these moments and everything in between. We brewed Lost and Found Abbey Ale to pay homage to the great monastic breweries of Belgium. Like us, we hope you’ll take the time to discover a beer that breathes aromas of figs, raisins and candied fruits. Please join us by raising your glass as we offer a toast to patience, perseverance, and all the things we have lost along the way and were somehow lucky enough to find once again.”

Vertida na taça revelou um líquido opaco de coloração acastanhada (SRM 14) e algum avermelhado ao ser visto contra a luz. A turbidez é alta, sobretudo se os sedimentos depositados no fundo da garrafa entram em suspensão, eis que não filtrada. A espuma tem matiz bege e se formou de modo destacado, tendo apresentado boas consistência e densidade e manutenção duradoura. Alguns 'belgian lace' foram desenhados pelas laterais da taça e um tampão de creme restou mantido ao longo da degustação. Perlage (bolhas) perceptível.

O aroma se apresentou com ótima complexidade e agradável perfume, com perfil adocicado, frutado e condimentado. Permitiu a percepção de notas maltadas com nuances de torrefação (chocolate), caramelo, baunilha, toffee, tostado e açúcar mascavo, também ésteres frutados de uvas passas, banana e frutas cristalizadas, leveduras, especiarias (cravo) e lúpulos com caráter floral e herbal. O álcool é perceptível, mas suave.

No paladar o líquido apresenta-se aveludado e amplifica as sensações olfativas. De início adocicado permite perceber notas de caramelo, chocolate, tostado e açúcar mascavo, além de ésteres frutados mais intensos que lembram uvas passas (a receita leva purê), fermento, fenólico condimentado (cravo, pimenta?) e amargor herbal e floral (IBU 20). O final se mostra agridoce, seco e levemente picante e o retrogosto é frutado e condimentado. O corpo e a carbonatação são médios. O álcool de ABV 8,0% é perceptível, mas vem bem inserido e harmoniza o conjunto. A drinkability é ótima e bebe-se fácil a cerveja!

Trata-se de um belíssimo exemplar deste clássico estilo belga, proporcionando um conjunto complexo, equilibrado e saboroso. Nem dá pra dizer que foi feita nos EUA, dada a paixão dos americanos pelo lúpulo.

Se encontrar, deguste!

Detalhes

Degustada em
26/Janeiro/2015
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Onde comprou
https://www.saveur-biere.com/
Preço
€ 11,00
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se