Cadastre-se

Anosteké

Bernardo Luz 29 de Novembro de 2012
 
3.7 (17)
2728   0   1  

Avaliações dos usuários

13 avaliações com 4 estrelas

17 avaliações

5 estrelas
 
(0)
 
(13)
 
(4)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10  (17)
Aparência 
 
4/5  (17)
Sabor 
 
15/20  (17)
Sensação 
 
4/5  (17)
Conjunto 
 
7/10  (17)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
13 resultados - mostrando 11 - 13
1 2 3
Ordenar
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Amarela bem clara, translúcida, com partículas suspensas e espuma branca fofa que gruda na parede do copo.
Tem aroma adocicado como blonde ales, com toques florais e de fermento.
Perfil de sabor marcante, tanto no sabor do malte com toques florais, seguidos de amargor acentuado, com fim frutado aberto. Diferente, mas um pouco enjoativa.
O corpo é médio, a textura fofa e o álcool palpável.
É interessante ver uma IPA baseada em uma blonde, formando uma cerveja única. No entanto, o doce e o álcool ficaram desbalanceados, comprometendo a drinkability.

Detalhes

Degustada em
17/Dezembro/2012
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
HaveANiceBeer
Preço
17
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Muita espuma mas cvja muito gostosa e refrescante. Lembra algo citrico e bem gelada em maiores qtdades deve ser ideal

Detalhes

Degustada em
14/Dezembro/2012
Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
have a nice beer
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 14 de Dezembro de 2012)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Me agrada muito essa combinação entre a potência das IPA e a força dos ésteres das leveduras belgas. Uma combinação divina que para mim tem como paradigma a Raging Bitch da Flying Dog.
Essa Anosteke é uma boa cerveja com um perfil mais belga e com os lúpulos excessivamente comportados para o meu paladar.
A garrafinha belga típica é sempre uma vantagem, quantidade perfeita para degustar.
Vertida apresentou um líquido dourado claro translúcido. O que mais impressiona é o creme. Explode da garrafinha parecendo até alguma falha na conservação pois é excessivo. Difícil de servir. Mas aos poucos se acomoda formando uma coroa branca e fofa sobre o líquido.
No aroma quem mais se destaca é a levedura com boas sensações frutadas. O lúpulo floral é discreto mas está presente assim como alguma especiaria vinda dos fenóis.
No sabor uma entrada de malte doce, com ésteres frutados da levedura (banana, pessego) e um final suavemente amargo com lúpulo florais. O álcool faz-se presente mas sem incomodar, muito bem inserido. O aftertaste traz novamente sensações frutadas e alguns fenóis.
O corpo é médio assim e a carbonatação alta. Apesar de ser uma cerveja com uma base bem forte de levedura belga e algo de álcool tem uma boa drinkability.

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 1 0
13 resultados - mostrando 11 - 13
1 2 3

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se