Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

Holanda Pedro BianchiPedro Bianchi 13 de Dezembro de 2011 2190
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10
De inspiração belga, e saindo um pouco das mais famosas cervejas da De Molen, que tendem a seguir um pouco mais o lado americano, a Heen & Weer aposta na combinação dos esteres frutados e da lupulagem fina e delicada, mas fundamental para a caracterização do aroma.
Apresenta-se com coloração alaranjada e um pouco de turbidez. A coloração do creme é de marfim, veio em bom volume na minha taça e mostrou duração mediana.
O aroma é indiscutivelmente puxado para tons frutados, remetendo a abacaxi em calda, pêssego, tangerina, maçã e banana. Praticamente uma salada de futas. A doçura das frutas ainda é ressaltada pelos maltes, que trazem aromas de mel, mas são contrabalanceados por notas condimentadas de cravo.
A sensação aveludada dos maltes, se encaixa perfeitamente na boca, junto aos aromas frutados das leveduras belgas. A lupulagem, apesar de bem delicada e elegante, se faz evidente, trazendo um sutil amargor para equilibrar o conjunto, e lembrando flores, como camomila. O álcool também se faz presente, de maneira até um pouco agressiva, ao meu ver. Como pede o estilo, tem carbonatação frisante e ainda corpo de médio a alto.
Assim como todas as De Molen, surpreende pelo alto padrão de qualidade, mesmo dando um escorregão ou outro em alguns aspectos, neste caso, o álcool. O triunfo na minha opinião, é a boa união dos esteres frutados, da doçura dos maltes e aromas cítricos e florais dos lúpulos, que casaram perfeitamente.

Detalhes

Degustada em
03/Outubro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 0 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se