Cadastre-se

Detalhe da Avaliação

Inglaterra Mauricio BeltramelliMauricio Beltramelli 04 de Novembro de 2008 15086
Avaliação Geral 
 
4.9
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
10/10
Escolhida para bebemorar o aniversário de minha namorada (e, por uma feliz coincidência, também o centésimo rótulo da minha coleção!), essa extraordinária barley wine não poderia ter se revelado uma escolha melhor. Fantástica, extremamente complexa e envolvente. Como descrever em palavras as sensações ímpares que ela provoca? Tarefa digna, de fato, de um poeta, como o próprio que deu nome à cerveja.

A aparência já dá a entender que se trata de uma cerveja única, de perfil muito particular. O líquido alaranjado-amarronzado é opaco, tem textura licorosa e revela camadas de partículas em suspensão por todo o líquido. Praticamente não faz espuma, deixando apenas uma fina névoa bege sobre o líquido. É no aroma que ela não deixa espaço para dúvidas a respeito de sua potência: uma explosão de notas olfativas sofisticadas em poderoso concerto. Há um frutado com figos ramy dominantes, ameixas passas e sugestão tênue de cerejas marrasquino. Há um forte amadeirado, e o lúpulo ainda contribui com outras notas marcantes, como azeitonas e resina. Evidencia-se ainda no aroma um caráter licoroso, com notas de creme irlandês, vinho do porto e álcool. As notas maltadas trazem caramelo evidente e sugestão de chocolate. Contudo, o mais impressionante é um condimentado marcante envolvendo todo o conjunto, não fenólico (como estamos acostumados), mas salgado, remetendo a molho inglês. Me passou, muito vívida, a sensação de estar cheirando uma caixa de madeira recém-aberta com figos ramy e serragem de madeira, acompanhada de molho inglês ou Bloody Mary. Impressionante. O sabor não deixou por menos, repetindo as notas do bouquet e ainda trazendo mais presente a boa combinação de maltes, com notas de caramelo, nozes, sugestão de chocolate e, ao final, leve café, tudo evidenciando uma equilibrada torrefação. Como a Thomas Hardy simplesmente não se cansou de me surpreender, o paladar ainda apresentou um curioso equilíbrio entre doce, salgado e amargo, trazendo ainda um leve azedo adstringente. A sensação é de que a forte doçura do conjunto é quebrada nem tanto apenas pelo amargor, mas também pelo salgado, tudo seguido de uma adstringência que dá a sensação de limpar o paladar e te preparar para as surpresas do próxima gole. Talvez até por conta desse caráter adstringente e limpo, o retrogosto tenha duração relativamente curta para a ampla paleta de sabores oferecidos por esta cerveja (o que talvez seja sua única característica que eu tomei como um defeito), trazendo notas amadeiradas, de nozes e evidenciando a torrefação do café. A carbonatação é baixa, tornando o líquido mais macio ao paladar, e a textura é licorosa, encorpada e aveludada.

No conjunto, degustar a Thomas Hardy's Ale foi uma experiência extraordinária; atendeu plenamente às altas expectativas que eu nutria. Tenho a impressão de que esta cerveja superou todas as que a precederam e, com isso, entrou com honra e louvor para o topo da minha lista pessoal, igualando ou mesmo superando as demais favoritas. Não posso esperar para adquirir mais duas garrafas e deixar empoeirando para comemorar uma ocasião vindoura daqui a alguns anos.

Detalhes

Degustada em
22/Fevereiro/2009
Envasamento
Volume em ml
250 ml
Onde comprou
Melograno
Preço
R$ 28,00
Denunciar esta avaliação Considera esta avaliação útil? 1 0

Comentários

Para escrever uma avaliação registre-se ou faça seu .

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se