Cadastre-se

Moor Old Freddy Walker

Francisco Lima 22 de Março de 2014
 
4.4 (2)
1259   0   1  

Avaliações dos usuários

2 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
8/10  (2)
Aparência 
 
5/5  (2)
Sabor 
 
17/20  (2)
Sensação 
 
5/5  (2)
Conjunto 
 
9/10  (2)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
2 resultados - mostrando 1 - 2
Ordenar
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
A Moor Old Freddy Walker é do estilo Strong Ale, sub-estilo Old Ale, este caracterizado por cervejas inglesas de alta fermentação que passam por um processo de envelhecimento em barricas de madeira, via de regra, após a primeira fermentação. De coloração geralmente mais escura ostentam aroma maltoso e frutado de frutas secas, bem como sugestões de caramelo, toffee, melaço e nozes. No paladar, igualmente maltoso, se mostram encorpadas e complexas, com teor alcoólico expressivo; o corpo é médio/alto, a carbonatação é média/baixa e as percepções do lúpulo costumam restar minoradas pelo envelhecimento.

É produzida pela Moor Beer Company, surgida em 1996 numa antiga fazenda de gado leiteiro nos arredores da cidade de Somerset/Inglaterra e encerrada em 2005. Em 2007 foi adquirida pelos americanos Justin e Maryann Hawke que tentam fundir o clássico estilo inglês com a pegada dos lúpulos americanos. Trata-se de uma cervejaria que vem se destacando no Reino Unido e ganhando espaço com o apelo de produtos artesanais. O portfólio é vasto e este é o segundo rótulo que degusto (antes, JJJ IPA), mas tenho na adega a Moor Fusion 2013 (é a Freddy Walker envelhecida em barris de cider brandy - destilado de maçã produzido localmente).

Vintage 2013 - validade 30/09/2014. A garrafa é de 660 ml, cor marrom, tampa prateada, e o rótulo se apresenta numa espécie de flâmula nas cores vinho e branco e traz em letras grandes o nome da cervejaria, o do rótulo e o do estilo. Há ainda menção à graduação alcoólica (ABV 7,4%), ingredientes, e a expressão: - 'This rich, dark, full-bodied old ale is like liquid Christmas pudding, sure to bring you festive joy. One for the connoisseur!’ No contra-rótulo vislumbra-se ainda o descritivo sensorial com as impressões visuais, olfativas e gustativas; barras indicativas de amargor e adocicado; menção ao engarrafamento com leveduras vivas; recomendação de derramar delicadamente, de servir por volta dos 15 ºC e de acondicionar na vertical e em lugares escuros. No web site da cervejaria há inúmero prêmios internacionais entre 2004 e 2014 para a Old Freddy Walker.

Vertida na taça revelou um líquido opaco de coloração negra com espuma de matiz marrom que se formou de maneira destacada e ostentou boa cremosidade, bolhas médias e persistência duradoura. Ao girar a taça o líquido transparece certa viscosidade, ‘lágrimas’ e algumas rendas. Por fim, um anel de creme se manteve sobre a lâmina ao longo da degustação e a perlage (bolhas) não foi percebida. Ah, o visual lembrou a belíssima apresentação da Guinness.

O aroma desta cerveja se mostrou bastante intenso e aromático, sendo perceptíveis notas maltadas de caramelo e torrefação (café e chocolate amargo), além de fermento, algum defumado, madeira e frutado de frutas secas. O lúpulo é de perfil cítrico (laranja) e picante, apesar da variedade utilizada (Bramling Cross) ser de variedade inglesa. O álcool é sentido e traz notas vínicas de vinho do porto.

No paladar o líquido se mostra licoroso e a percepção inicial é de um dulçor mais saliente, sendo referendadas as impressões olfativas com notas maltadas que lembram caramelo e torrefação com nuances de chocolate amargo e café, além de melaço, fermento, tostado e amargor de perfil cítrico e picante. O final se mostra seco e amadeirado e o retrogosto é agridoce e torrado. A carbonatação é média-baixa e o corpo é médio-alto. O álcool de ABV 7,4% é mediano e lembra vinho do porto. A palatabilidade (drinkability) pede parcimônia na degustação, mas ainda assim é ótima!

Esta é, salvo equívoco, a terceira Old Ale que degusto. Conjunto robusto de sabor pronunciado, boa complexidade e perfil maltoso com uma pegada lupulada, ambos em sintonia com o álcool.

Excelente!

Detalhes

Degustada em
02/Outubro/2014
Envasamento
Volume em ml
660 ml
Onde comprou
http://www.saveur-biere.com
Preço
€ 9,60
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10
Da mais profunda cor preta com uma espuma imensa e densa de ótima duração e deixando traços fortes.
Aroma de maltes torrados e defumados com notas de café, talvez um pouco de bacon, chocolate belga, condimentos, vinho tinto e frutas escuras.
Sabor cheio de caráter com notas de lúpulos terrosos, levedura picante, pó de cacau, algo de citrus e vinoso, uva passa, groselha, cola e um toque de café e alcaçuz. Retrogosto bem seco com uma amargor prolongado com notas torradas e defumadas.
Corpo robusto com boa carbonatação. Álcool de 7,4% abv está bem escondido.
Uma Old Ale excelente, embora pareceu-me bem moderna. Creio que classificá-la como uma American Porter não estaria errado. Embora seja uma cerveja de caráter forte, boa complexidade e cheia de sabores, encontrei-a com grande “drinkability” e prazerosa até a última gota. Recomendável.
Ap.4,5 Ar.4,25 Sab.4,25 Sens.4,25 Cj.4,25

Detalhes

Degustada em
22/Março/2014
Envasamento
Onde comprou
Tucher em Londres
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
2 resultados - mostrando 1 - 2

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se