Cadastre-se

Thomas Hardy's Ale

Hot
Mauricio Beltramelli 04 de Novembro de 2008
 
4.4 (44)
16742   0   7  

Avaliações dos usuários

25 avaliações com 4 estrelas

44 avaliações

 
(19)
 
(25)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10  (44)
Aparência 
 
4/5  (44)
Sabor 
 
18/20  (44)
Sensação 
 
4/5  (44)
Conjunto 
 
9/10  (44)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
25 resultados - mostrando 1 - 5
1 2 3 4 5
Ordenar
(Atualizado: 19 de Julho de 2021)
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
A Thomas Hardy's Ale é uma icônica Barleywine produzida originalmente pela (extinta) cervejaria Eldridge Pope em Dorchester, na Inglaterra. Criada em 1968 como tiragem única, a ideia era homenagear o renomado escritor e poeta inglês Thomas Hardy em face do festival que celebrara a memória do quadragésimo aniversário de sua morte. Isso porque em seu livro, "The Trumpet-Major", Hardy se referira de forma elogiosa às cervejas fortes da cidade. A iniciativa foi um sucesso e o rótulo se tornou item de colecionador.

Um segundo lote da T. Hardy's Ale só veio ao mundo em 1974. A partir desta data a produção seguiu quase que anualmente até 1999, sendo então descontinuada. O motivo? Elevado custo para produzi-la. E não demorou muito para que, no ano seguinte, a cervejaria inteira acabasse fechada.

À essa altura, porém, o icônico rótulo era já cultuado por apreciadores de todo o globo. Sua fama de evoluir bem com o tempo fomentava o desejo dos aficionados.

Tendo isso em vista, uma importadora norte-americana decidiu comprar a receita e os direitos de uso da marca. Assim, em 2003, o rótulo ressurgiu no mercado sendo produzido de forma terceirizada pela cervejaria inglesa O'Hanlon's, no condado de Devon. A produção seguiu ali firme até 2008, sendo então encerrada. Pela segunda vez, esta aclamada cerveja havia morrido.

Mas eis que, em 2012, a importadora italiana Interbrau adquiriu a receita e os direitos de uso da marca. Uma nova versão estava por vir. A primeira leva desta "encarnação", no entanto, só chegaria ao público em 2015. Com produção terceirizada, ela foi e tem sido feita pela cervejaria inglesa Meantime, na cidade de Greenwich, com tiragem anual - ao menos em tese - até os dias de hoje.

THOMAS HARDY'S ALE (2007)

Versão feita pela antiga cervejaria O'Hanlon's; número de série Q 53207. No contra-rótulo consta a informação de que, uma vez refermentada na garrafa, a unidade tem potencial de evoluir como um bom vinho por pelo menos 25 anos.

*Apreciada em temperatura ambiente, a 12º C

Líquido de coloração marrom com tons rubi. Servido, não apresenta formação de espuma. Uma camada considerável de levedura e partículas fica depositada no fundo da garrafa.

No nariz, notas de compota de figo, calda de ameixa, tâmaras secas e cereja preta surgem entre nuances de caramelo e melaço. Esperado traço de oxidação permeia o conjunto e traz um quê de vinho Madeira. Uma acidez bem discreta sinaliza ao fundo.

Ao paladar mostra corpo alto, mas não tanto; textura similar a de um vinho do Porto. Qualquer carbonatação que aqui já tenha existido, há tempo, é coisa do passado: cerveja totalmente sem gás.

O sabor vai na linha do aroma, com muita fruta (figo, ameixa, cereja) toques de caramelo, um pouquinho de acidez e um pouquinho de melaço. A sensação é quase agridoce, porem tudo equilibrado. Álcool muito bem inserido. O final é longo e licoroso. Agradável sugestão de vinho fortificado permanece no retrogosto.

Cerveja excepcional a reunir história e sabor: duas coisas que me fascinam no maravilhoso universo cervejeiro!

Detalhes

Degustada em
18/Julho/2021
Envasamento
Volume em ml
250 ml
Onde comprou
Frangó, São Paulo - SP
Thomas Hardy´s Ale (2007)
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Apresentou coloração âmbar turva com espuma bege de fina formação e média persistência. No aroma temos geleia de morango, leve caramelo, figos secos e açúcar mascavo. Na boca as notas permanecem, complementadas por leve tabaco e vinho do Porto. Tem bom corpo, baixa carbonatação e textura oleosa. Ótima receita.
Tomei a versão "Thomas Hardy Ale Vintage 2017"

Detalhes

Envasamento
Onde comprou
Birratrovo - Como (Itália)
20200204_163017
Anotação 2020-02-22 073156
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Antes de começar, vale lembrar que as garrafas são safradas e numeradas uma a uma. É uma cerveja de guarda que deve ser degustada após 25 anos de sua fabricação.
A safra degustada foi a de 2006. Hoje, uma raridade.
Coloração mogno, com pouquíssima formação de creme e quase nenhuma persistência. Aroma fantástico e complexo, com bastante amadeirado, castanhas, ameixa e vinho do porto. Sabor também bem complexo e único, acompanhando o aroma. O álcool (11,7%) aparece mas sem comprometer o conjunto. Corpo bem alto.
Breja de altíssima complexidade e personalidade.

Detalhes

Degustada em
11/Fevereiro/2013
Envasamento
Volume em ml
250 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 19 de Janeiro de 2013)
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Safra 2007 Q52143

Assim como o confrade Henrique Cerqueira garimpei essa joia num posto de gasolina(será que foi no mesmo?). Depois de uma bebedeira no Reduto da Cerveja, passei no posto de gasolina pra comprar uma coca-cola e eis que encontro quatro dessas preciosidades pra vender. Pelo meu estado levemente alterado, comprei TODAS as quatro mesmo sem poder gastar tanto.

Enfim, escolhi o dia do meu aniversário para abrir a primeira das duas que ficaram comigo(outras duas viraram presentes).
Cerveja magnífica. Coloração marrom avermelhada que não formou nenhum creme, somente uma espuma levíssima na borda do liquido que sumiu imediatamente.
Aroma delicioso maltado, caramelado, amadeirado e levemente alcoólico. No sabor que tá o tom é a madeira, além de um sabor levemente vinificado. O álcool aparece dando uma sensação "quente" na boca, mas só. No final, as notas amadeiradas ficam na boca por vários minutos dando uma sensação gostosa e duradoura.

Cerveja ótima e impressionante. Correspondeu às altas expectativas que eu tinha a respeito dela.

Detalhes

Degustada em
18/Janeiro/2013
Envasamento
Volume em ml
250 ml
Onde comprou
Posto de Gasolina
Preço
R$ 35,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 2 0
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Uma cerveja laranja bem escura, com baixíssima carbonatação. O aroma é bem maltado, com notas bem presentes de caramelo também, assim como um leve isovalérico. No sabor, essas fortes presenças se confirmam, em meio a notas salgadas e um potente álcool muito bem inserido e quase imperceptível. Uma cerveja que enche a boca e impressiona! Da safra de 2007. Guardando uma irmã dela para provar com 10 anos de envelhecimento.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
355 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
25 resultados - mostrando 1 - 5
1 2 3 4 5

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se