Cadastre-se

Falando de cerveja - Brejas

A comunidade do Brejas falando abertamente sobre cerveja

Viagem cervejeira para os EUA 2013

Viagem cervejeira para os EUA 2013

Eu não diria que foi uma viagem cervejeira como minha última  para Denver com direito ao Great American Beer Festival, diria que está mais para uma viagem "Beer Hunter", parcialmente cervejeira.

Comecei a viagem por Chicago e já no primeiro dia fui até a famosa Binny's Downtown que tem 5 lojas na cidade. Essas grandes redes de Liquor Stores tem aquele velho problema de não "break six packs", ou seja, cervejas vendidas nas caixinhas de 6 ou 4 não podem ser compradas por unidade. Então carreguei o carrinho de supermercado com garrafas grandes de 650 e 750 Mls previamente pesquisadas no site deles e escolhidas de acordo com o ranking do Beer Advocate. Foi uma boa estratégia já que tinha muuuuuuitas opções de cervejas e várias eu não conhecia e ficaria perdido. Entre os destaques dessa comprinha estão a Hoppin Frog BORIS  The Crusher (RIS) e a Port Brewing Mongo (DIPA).

No segundo dia fizemos um turismo gastronômico inusitado para conhecer alguns dos melhores cachorros quentes dos E.U.A., no Hot Doug's, que segundo o TripAdvisor ocupa o segundo lugar entre quase 7 mil cadastrados de Chicago para se comer ou beber bem. Após uma hora de fila conseguimos conferir e realmente vale a pena experimentar pois é muito bom mesmo e acompanhado de uma batata frita na gordura de pato fica ainda melhor.

Coincidência ou não uma das melhores novas lojas de cervejas de Chicago e dos E.U.A., a The Beer Temple, fica lá perto e o dono Chris que manja muuuito de cerveja é quem atende os clientes. Ele tem quase duzentos vídeos de degustações no site da loja. Chegando lá conversamos um pouco, comprei umas 10 garrafas sendo a metade por indicação dele, com destaque para Pipeworks Unicorn's Revenge (DIPA) e a Stone /  Farking / Wheaton W00tstout (RIS) e no final entreguei ao Chris de presente duas excelentes representantes das cervejas brasileiras: Bodebrown Perigosa IPA e Bodebrown Wee Heavy. Em breve ele irá fazer um vídeo da degustação dessas duas brejas brazucas... "Viva la Revolución".

 

b2ap3_thumbnail_BeerTemple.jpg

 

Dois dias depois, numa segunda-feira, fui ao Brewpub Goose Island Clybourn pois era o dia do lançamento da cerveja Cthulhu engarrafada, uma Barrel Aged Imperial Stout do Brewpub que é quase uma Bourbon County. Chegando lá no começo da tarde quem disse que tinha mais garrafas de Cthulhu, a garçonete disse que teve fila na porta às 11 horas da manhã e venderam todas rapidinho a 20 dólares cada.

Mas não considero que "perdi viagem" pois almocei bem edegustei 8 samplers de cervejas do brewpub que não são engarrafadas e todas elas são ótimas, com destaque para a Heaven's Gate (IPA) versão Cask (servida não gelada e com a inconfundível textura que o Cask proporciona) e a Vanitas (Imperial Stout) com um toque belga.

 

b2ap3_thumbnail_GooseIsland.jpg

   

Antes de deixar Chicago atendi às mensagens do Chris e dei um pulo novamente na The Beer Temple pois ele queria retribuir os presentes com uma garrafa de Goose Island Bourbon County Stout 2012. E aproveitei para comprar duas garrafas da Pipeworks Citra Ninja que é feita em Chicago mesmo e tinha chegado naquele mesmo dia.

Missão cumprida em Chicago, fui visitar meu irmão que está morando em Greenville na Carolina do Sul. É uma cidade pequena, mas tem tudo que uma grande cidade americana tem, inclusive uma pizzaria com quase 70 tipos de chope e uma pequena loja com mais de 1200 rótulos.

Chegando na casa do meu irmão haviam duas encomendas me esperando, uma compra pela internet de cervejas difíceis de encontrar como um 4-pack de Alchemy Heady Topper (DIPA), uma Firestone Parabola 2012 (BA RIS) e uma Founders KBS 2012 (BA RIS). A outra encomenda era uma troca de cervejas com meu amigo Jonathan George da Califórnia que enviou 6 garrafas grandes com destaque para a Stone RuinTen IPA (DIPA) e a The Bruery Bois (Old Ale).

No dia seguinte era o IPA Day e nada melhor para comemorar que abrir uma das 4 Alchemy Heady Toppers que a duas semanas já estavam na geladeira do meu irmão... Cheers!

Dois dias depois da nossa chegada em Greenville fomos conferir a Barley's Taproom & Pizzeria em uma das principais ruas da cidade. Pedimos massas que todos gostaram e degustei 6 samplers com destaque para New Belgium Lips of Faith Heavenly Feijoa Tripel (Belgian Tripel) e a Stone Sublimely Self-Righteous Ale with Espresso Beans (India Black Ale).

 

b2ap3_thumbnail_GBX.jpg

 

Coincidência ou não a loja Greenville Beer Exchange com mais de 1200 rótulos fica na rua ao lado, atrás da pizzaria de esquina. Chegando lá 2 jovens cervejeiros que atendiam aos clientes perguntaram de onde nós éramos, (pois cara de norte americanos nós não temos mesmo) e após respondermos que éramos do Brasil eles disseram que só tinham uma cerveja brasileira (Palma Louca), e olha que eles tinham muita cerveja importada. Foi então que entreguei a Way Amburana Lager e a Mistura Clássica Beatus Tripel à eles de presente para representar melhor nosso país lá nos E.U.A. e eles gostaram muito (não é todo dia que acontece essas coisas por lá).

 

b2ap3_thumbnail_GBXTroca.jpg

 

Retribuíram os presentes dando 2 copos com o logo da loja e uma garrafa de Saint Arnold Divine Reserve #13 (Quadrupel) que eles estavam "escondendo" na geladeira da loja, pois parece que é uma tiragem limitada de uma cervejaria de Houston, Texas. Comprei também umas 10 garrafas sendo a metade por indicação deles como na Beer Temple, com destaque para a Evil Twin Aún Más A Jesus (RIS) e a Sierra Nevada Hoptimum (DIPA).
Aqui eles vendiam garrafas de "packs" por unidade e comprei todas as cervejas em garrafas pequenas.

O saldo mais que positivo da viagem foi degustar 32 cervejas e trazer 32 garrafas e latas para alimentar várias outras degustações por aqui. Cheers!

Visita à Guinness Storehouse
Charuto de Cerveja Samuel Adams Utopias

Related Posts

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se