Cadastre-se

Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

Criado por Eduardo Guimarães Insta @cervascomedu no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

7 anos 1 mês atrás #54256

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Respondido por fernando pereira frassetto no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

Não posso falar com certeza absoluta, mas não vejo como um grande produtor nacional, ou até mesmo menores, não utilizem cereais geneticamente modificados. Eles estão espalhados pelo mundo inteiro, e são utilizados em massa na agricultura nacional.
7 anos 1 mês atrás #54280

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Respondido por Paul K no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

E eu não vejo qual o problema disso.
7 anos 1 mês atrás #54286

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Respondido por Claudinei   no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

Grande parte do milho e soja produzidos hoje no Brasil são transgênicos. Basta ver nas embalagens de diversos produtos derivados desses alimentos o T . Não manjo muito de legislação, mas parece que é um símbolo obrigatório. No caso de cervejas que usam milho transgênico (seja o cereal propriamente dito ou um derivado do mesmo, como o xarope de alta maltose), creio que o tal símbolo deveria constar nos rótulos e latas. Mas não duvido que um monstro de grande poder econômico como a dona AB-Inbev exerça um forte lobby em nosso meio político para se abster de tal obrigatoriedade... :dry:

Como sou um cara de perfil mais conservador, esses transgênicos, sempre que possível, procuro evitar...
 
7 anos 1 mês atrás #54287

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Respondido por Odimi Toge no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

O maior problema dos transgênicos, na minha opinião, é a patente da natureza. A isso some-se alguns casos em que o componente transgênico acaba contaminando sementes não transgenicas causando mutações que prejudicam sua fertilidade. Como essa contaminação é dificil de evitar, muitos agricultores que escolhem usar sementes não-transgenicas veem sua plantação minguar. Em outros casos, agricultores que nao queriam usar sementes trangenicas perdem sua opção de escolha no momento que as sementes patenteadas seja sua unica opção para continuar produzindo, fazendo com que tenham de pagar para a empresa que criou a patente.

Já quanto à saúde de de quem consome parece nao haver resultados conclusivos a respeito de podem fazer mal ou não.

Um pouco sobre isso é falado em documentarios que podem ser assistidos no youtube, como "O mundo segundo a Monsanto" e " The Future of Food".
Os seguintes usuário(s) disseram Obrigado: Claudinei  
7 anos 1 mês atrás #54289

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Respondido por MAURICIO ALENCAR no tópico Breja com milho transgênico? Reportagem e campanha

fernando pereira frassetto escreveu: Não posso falar com certeza absoluta, mas não vejo como um grande produtor nacional, ou até mesmo menores, não utilizem cereais geneticamente modificados. Eles estão espalhados pelo mundo inteiro, e são utilizados em massa na agricultura nacional.


Concordo com o Fernando...é praticamente um "caminho sem volta"...espalhados pelo mundo todo e cada vez mais aprimorados...lógico que sempre existirá o orgânico (inalterado), mas os transgênicos tem uma looonga vida pela frente....

Esse assunto até foi discutido de certa forma em outro tópico aqui com mais problemas relacionados a fabricação de cervejas...até coloquei uma reportagem sobre leveduras sintéticas...

www.bebendobem.com.br/2014/04/cientistas...etamente-sinteticas/

Nossa geração e as próximas irão presenciar esses assuntos cada vez mais....
Last edit: 7 anos 1 mês atrás by MAURICIO ALENCAR.
7 anos 1 mês atrás #54297

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Powered by Fórum Kunena

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se