Cadastre-se

Antoniusbier Mantiqueira Ale

Thiago CS 25 de Outubro de 2011
 
2.5 (3)
3318   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Antoniusbier Mantiqueira Ale

Informações

Estilo
Álcool (%)
4.7% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal

Cerveja artesanal produzida na estância climática de Santo Antonio do Pinhal, próximo a Campos do Jordão, pelo alemão Uwe Ludke.

Avaliações dos usuários

3 avaliações

Avaliação Geral 
 
2.5
Aroma 
 
5/10  (3)
Aparência 
 
3/5  (3)
Sabor 
 
10/20  (3)
Sensação 
 
3/5  (3)
Conjunto 
 
4/10  (3)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
1.6
Aroma 
 
5/10
Aparência 
 
2/5
Sabor 
 
5/20
Sensação 
 
2/5
Conjunto 
 
2/10
Coloração amarela turva, com sedimentos.
Espuma branca, fina e efêmera.
Aroma de biscoito, mel, própolis e um citrico remetendo a maracujá.
Sabor inicialmente doce de caramelo e mel, que se sustenta, com sutil amargor dos lúpulos e um final ácido que permanece levemente no retrogosto.
Carbonatação muito baixa.
Um pouco passado e desequilibrado, só o aroma salvou.

Detalhes

Degustada em
04/Junho/2014
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Mala Amiga (Ricardo)
Preço
Mala Amiga (Ricardo)
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
2.3
Aroma 
 
5/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
9/20
Sensação 
 
2/5
Conjunto 
 
4/10
COR: amarelo palha, inicialmente límpida, depois turva.
ESPUMA: alva, alta formação inicial (causou “gushing” no gargalo após aberta), boa sustentação, fofa, sujeira nas paredes do copo.
AROMA: mel, especiarias, fermento, ácido.
PALADAR: mel, azedo, salgado, fermento, alta carbonatação.

Desconhecia essa caseira de Sto. Antonio do Pinhal/SP, até vê-la sendo vendida pela internet, e até o momento da degustação ainda não tinha achado nenhuma avaliação sobre ela. A tampa estava tão dura, presa, que já aguardava uma excessiva carbonatação. Mas não esperava tanta. Tão logo aberta, gás liberado, inevitavelmente ocorreu perda abrupta do líquido. Nem as mãos mais rápidas do oeste conseguiriam derramá-la num piscar de olhos ao copo, nem o experiente peão de rodeios conseguiria domar essa arisca espuma. Até era bonita no copo, lembrava em partes a Duvel, alva e fofa, deixando partes no copo, como um chantily, porém sem essa cremosidade. O fermento, também como na Dunkel, sobrepujava tudo, exagerado, muito excessivo. Aroma de mel e especiarias. No sabor era bem azedinha, de trincar a boca, carbonatação altíssima, toques salgados e azedos. Esse azedo, salgado, ácido, se fossem breves, mas não, em demasia estragaram a degustação. Faltou muito equilíbrio a ela, que a Dunkel, embora também tivesse imperfeições, essas eram mais dosadas.

Detalhes

Degustada em
02/Outubro/2011
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Empório Fribourg
Preço
7,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
No copo verteu um líquido amarelo-palha turvo com um creme de boa formação e persistência.
No olfato, trouxe notas de levedura, banana e especiarias, seguidas de aromas herbais e picantes.
No paladar, apresentou sabores cítricos, frutados, com uma boa dose de cravo e damasco.
É uma cerveja seca, adocicada e condimentada.
Seu fim é amargo e condimentado.
Possui um corpo suave e sua carbonatação é alta e crocante.
Enfim, uma Blond Ale pouco convencional, mais lupulada e seca que suas irmãs belgas.

Detalhes

Degustada em
26/Outubro/2011
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se