Cadastre-se

Buxton Special Reserve IV Der Nord Sekt

Fabiano Pereira
 
3.8 (1)
630   0   1  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Buxton.jpg

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
2.8% ABV
IBU
8
Cor SRM
3,00
Ingredientes
Água, malte de cevada, malte de trigo, leveduras e Lactobacillus.
Ativa
Sazonal
Temperatura
Copo ideal
Back in August 2012 we brewed a little 2.8% Berliner Weisse. Its been sitting patiently over the intervening months as the Lactobacillus we inocluated it with has slowly but steadily worked its sour magic. We plan this beer to be available in the late spring of 2013 - we don’t want to rush it, plus, we think this will be a beautiful beer to drink on a warm early summer evening.

Avaliações dos usuários

1 avaliações

Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10  (1)
Aparência 
 
4/5  (1)
Sabor 
 
15/20  (1)
Sensação 
 
4/5  (1)
Conjunto 
 
8/10  (1)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
(Atualizado: 01 de Fevereiro de 2015)
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Esta Buxton Special Reserve IV Der Nord Sekt é do estilo Sour Ale, sub-estilo Berliner Weisse, este caracterizador de cervejas de trigo que passam por fermentação espontânea (láctica) produzidas no Norte da Alemanha. Estilo raro trata-se de especialidade de Berlim, conhecida desde os anos 1600, e que teria sido chamada de “A Champanhe do Norte” por Napoleão Bonaparte em 1809 (Guerras Napoleônicas). Curiosamente o estilo teria surgido na cidade de Hamburgo. De coloração clara (dourada, amarelo palha etc) e colarinho generoso, mas fugaz, apresenta aroma e sabor dominados por salgado, trigo, frutado cítrico, acidez expressiva (menos que uma lambic) e baixo amargor. O corpo é leve, a carbonatação é elevada e o final é bastante seco, e, aliado ao baixo teor alcoólico, se apresenta extremamente refrescante. Não se presta à guarda e pode ser degustada ao natural ou, para atenuar a acidez, com a adição de xarope de frutas (Himbeersaft) ou de ervas (Waldmeistersaft).

Do alemão, Der Nord Sekt significa Champanhe do Norte e esta série limitada maturou por um ano com Lactobacillus.

É produzida pela Cervejaria Buxton, situada na cidade de homônima que fica dentro do Parque Nacional de Peak Districtc/Derbyshire/Inglaterra. Foi fundada em 2009 por Geoff Quinn e já em 2013 foi classificada como a 53ª melhor cervejaria do mundo pelo Ratebeer. Geoff é alpinista e batizou algumas de suas receitas com o nome de locais que escalou – ‘High Tor’, ‘Jacob’s Ladder’ e ‘Black Rocks’. A cervejaria fabrica lotes limitados de vários estilos, indo de bitter’s britânicas tradicionais, passando por grandes stout’s imperiais até cervejas amargas refrescantes com variedades de lúpulo do mundo todo. O maquinário antigo convive com novas e modernas instalações e a demanda por Buxton tem crescido rapidamente nos últimos anos, o que deve levar em breve à expansão da fábrica. No centro da cidade de Buxton há um Pub da cervejaria, cujas torneias vertem a produção do portfólio bem sortido. Este é o primeiro rótulo que degusto, mas tenho na adega Special Reserve Tsar Bomba III e Special Reserve nº One (parece que elas são ouro líquido!).

Engarrafada em 25/08/2012 – validade não estabelecida. A garrafa é de 330 ml, cor marrom, tampa prateada. O rótulo é simples e traz em letras góticas, nas cores vermelha e preta, o nome da breja; em segundo plano o desenho da Rosa dos Ventos dá o acabamento; por fim há menção ao estilo – ‘Berliner Weisse’, à graduação alcoólica (ABV 2,8%) e se vê o símbolo da cervejaria – a ilustração de uma construção numa colina em Buxton que é chamada localmente ‘Templo de Salomão’.

Vertida na taça o líquido revelou uma coloração amarelo palha, levemente opaco e com mediana translucidez. Não filtrada e não pasteurizada apresentou sedimentos no fundo da garrafa; a espuma de cor branca formou-se de modo abundante, com boa cremosidade e bolhas pequenas; a manutenção foi mediana e as bolhas (perlage) se apresentaram numerosas e pequeninas.

O aroma é elegante e de interessante complexidade, mas não intenso. Pude apreender sensações de acidez lática e algum azedume, bem como notas de frutado cítrico de casca de limão, malte de trigo, leveduras/pão, sutil baunilha e discretos mofo e madeira. O diminuto aroma de lúpulo (IBU 09) restou subjugado pela acidez, mas ostenta o que seria uma sensação herbal. Não percebi aromas animais, tampouco álcool.

No paladar o líquido se apresenta picante e permite perceber acidez láctica que lembra iogurte, frutado de maça e casca de limão, além de malte de trigo, fugaz baunilha, leveduras/pão, mofo e madeira. O amargor de lúpulo é bastante discreto, mas percebe-se um caráter herbal. O final se apresenta seco e picante e o retrogosto traz acidez e leve adstringência. O álcool de ABV 2,8% não foi notado. De caráter efervescente apresentou corpo médio-leve e carbonatação média. A drinkability é excelente, bebe-se fácil e é uma ótima pedida para dias quentes.

O conjunto se mostrou bastante refrescante e a inusitada combinação ácido/cítrico/azedo agradou bastante. Foi o terceiro exemplar do estilo Berliner Weisse que degustei.

Recomendo!

Detalhes

Degustada em
31/Janeiro/2015
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
http://www.saveur-biere.com/
Preço
€ 4,80
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se