Cadastre-se

Baladin NazionAle

Pedro Bianchi
Updated 05 de Julho de 2017
 
3.7 (13)
5389 0 3

Avaliações dos usuários

4 avaliações com 3 estrelas
13 avaliações
 
8%
 
62%
 
31%
2 estrelas
 
0%
1 estrela
 
0%
Avaliação Geral
 
3.7
Aroma
 
8/10(13)
Aparência
 
4/5(13)
Sabor
 
14/20(13)
Sensação
 
4/5(13)
Conjunto
 
7/10(13)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
4 resultados - mostrando 1 - 4
Ordenar
(Atualizado: 10 de Outubro de 2015)
Avaliação Geral
 
3.4
Aroma
 
7/10
Aparência
 
3/5
Sabor
 
14/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
7/10
Líquido âmbar turvo e espuma branca.

Predominam notas florais, de laranja e de aveia, numa ótima combinação.

Corpo leve. Me pareceu uma Saison.

Detalhes

Degustada em
01/Agosto/2015
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.2
Aroma
 
6/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
12/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
7/10
A avaliação abaixo, de Regis Lourenço, expõe quase toda minha opinião quanto à cerveja, mas achei também as notas extremamente suaves, e esperava uma drinkability melhor.

Detalhes

Degustada em
30/Novembro/2014
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Mello Pizzaria
Preço
16,73
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.3
Aroma
 
6/10
Aparência
 
3/5
Sabor
 
13/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
7/10
Gostei da apresentação da garrafa, tipo champanhe, bem cuidada. Cor amarela-palha. Espuma alta, com boa formação e média duração. No aroma herbal, notas frutadas e casca de limão. O conjunto é levemente maltado, herbal, cítrico. Final seco e amargo. Boa drinkability. Uma cerveja diferente.

Detalhes

Degustada em
15/Outubro/2014
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
CSC
Nazion Ale
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.4
Aroma
 
7/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
14/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
Novidade da maior microcervejaria italiana, a Nazionale é intitulada pelos próprios como a primeira cerveja 100% italiana. Uma Blond Ale com o DNA da cervejaria, que traz aquela pegada adocicada e frutadas dos esteres advindos das leveduras.
Tem uma coloração dourada, completamente límpida, uma creme extremamente branco, volumoso e de ótima persistência.
As leveduras fazem a festa com os aromas frutados de pêssego, abacaxi, laranja, tutti fruti e banana. Há ainda um condimentado fenólico de cravo e um terroso dos lúpulos. Em segundo plano a doçura do malte, que as vezes se confunde com o frutado, remete a aveia,
Os maltes aparecem com mais potência na boca, trazendo uma boa base para o frutado que vem a seguir, infestando o paladar com a doçura. Uma leve picância aparece, e é ressaltada pelo álcool, que acaba mostrando-se evidente demais, pela pouca graduação que possui. Possui ainda um corpo leve, textura macia e média carbonatação.
Como a maioria das Baladin, peca um pouco pela doçura frutada abundante, mas nem por isso é uma cerveja ruim. A textura macia me sugeriu algum outro cereal para dar cremosidade (provavelmente trigo), o que para mim foi o ponto alto da cerveja.

Detalhes

Degustada em
23/Setembro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
4 resultados - mostrando 1 - 4
Cadastre-se