LoverBeer Madamin

Pedro Bianchi
Updated 10 de Junho de 2013
 
3.5 (1)
1301 0 1
LoverBeer Madamin

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
Percentual de alcool da cerveja no padrao ABV. Use apenas numeros com as casas decimais e para separar os decimais, use o ponto e nao a virgula
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Oak amber ale. Fermented and maturated only in oak vats. The name "Madamin" is a piedmontese word meaning "young lady". Available in 375 ml or 750 ml bottles. --- Oak Amber Ale. Prodotto ad Alta Fermentazione. Birra dal colore ambrato e dal sapore vinoso, fermentata e maturata esclusivamente in tini di rovere. Prodotta seguendo una ricetta di ispirazione belga. L’acidità appena pronunciata e l’amaro molto contenuto, rendono questa birra versatile negli abbinamenti e adatta ai piatti tipici della cucina mediterranea. alc. 5,7%

Avaliações dos usuários

1 review
Avaliação Geral
 
3.5
Aroma
 
7/10(1)
Aparência
 
4/5(1)
Sabor
 
14/20(1)
Sensação
 
3/5(1)
Conjunto
 
7/10(1)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral
 
3.5
Aroma
 
7/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
14/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
7/10
A LoverBeer é uma cervejaria italiana especialista em fermentação espontânea. Tive a chance de provar uma de suas cervejas na pressão e achei que ficou muito de Sour Ales belgas. A Madamin, apresentou alguns aromas semelhantes, com um perfil um pouco mais rústico terroso e apimentado e muito pouco dos maltes que são encontrados em Red Ale de Flandres.
Na taça, tinha coloração cobre, com reflexos avermelhados e altíssima turbidez. Seu creme se formou com facilidade, mostrando cor bege e uma duração curta.
Os aromas mostraram a longa maturação no barril, trazendo um perfil terroso, amadeirado, além de me lembrar lugares úmidos e fechados.. Ao fundo, ainda aromas ácidos de limão e damasco, além de notas condimentadas de coentro, endro e cebolinha. Ao fundo, um sutil maltado de mel.
Na boca também não tem muita doçura, deixando com que a acidez deite e role, unidos aos tons salgados e amargos das ervas. Tem corpo médio e uma carbonatação alta, além de um final herbal e terroso.
Não foi das que mais me agradou. Creio que com uma base de maltes um pouco mais intensa, quebraria este perfil mais rústico, que se torna enjoativo. Há algo muito comum entre as duas da cervejaria que provei, provavelmente aromas advindos dos microorganismos locais.

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0