Cadastre-se

Piedi Neri

DOUGLAS MERLO 30 de Janeiro de 2014
 
4.6 (1)
879   0   1  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Piedi Neri

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
7.8% ABV
Ativa
Sazonal
Temperatura
Copo ideal
DESCRIÇÃO
Com “Piedi Neri” se realiza o desejo de ligar uma cerveja ao território italiano; para realizar esse projeto fizemos uma interpretação de uma Russian Imperial Stout com o uso de “riso de venere” (arroz de Vênus) e castanhas novareses (da região da cidade de Novara no Piemonte na Italia). Os perfumes são intensos, torrados e raízes que se casam com as notas quentes dos maltes. O gosto é redondo, com uma passagem do doce ao amargo muito balanceado, alternando-se entre nuances de fruta tostada, café e alcaçuz. O final é “crispy”, seco e surpreendentemente fluido. O retro sabor é longo, intenso, com intrigantes notas de fava de cacau e novamente café e alcaçuz.

DETALHES DO PRODUTO
Espuma: compacta, com bolhas finas e boa persistência
Cor: preto
Graduação alcoólica: 7,8%Vol.
Durabilidade: 14 meses – Barril: 4 meses
INGREDIENTES: água, malte de cevada, aveia, arroz de Vênus, castanhas, lúpulos, levedura.

DETALHES DA DEGUSTAÇÃO
Aroma: torrados e raízes que se casam com as notas quentes dos maltes.
Gosto: O gosto é redondo, com uma passagem do doce ao amargo muito balanceado, alternando-se entre nuances de fruta tostada, café e alcaçuz.

SERVIÇO
Copo: English Pint ou taça de conhaque
Temperatura:12/14°C

HARMONIZAÇÃO
Com ostras ou como uma cerveja de meditação

Avaliações dos usuários

1 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10  (1)
Aparência 
 
5/5  (1)
Sabor 
 
18/20  (1)
Sensação 
 
5/5  (1)
Conjunto 
 
9/10  (1)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Esta Croce di Malto (cruz de malte?) Piedi Neri (pés negros) é do estilo Stout, sub-estilo Russian Imperial Stout, este caracterizador de cervejas de alta fermentação, geralmente com pouco gás e bastante álcool, forte sabor de chocolate, café e maltes torrados, coloração muito escura e grande complexidade tanto no aroma quanto no sabor, com frutado e amargor salientes. A história do estilo remonta ao século XVIII época em que a Corte Imperial da Rússia teria viajado a Londres e, tendo gostado das Stouts locais, encomendou barris daquela cerveja. Entretanto, a longa viagem através do mar Báltico terminava por estragar a cerveja. A solução foi desenvolver uma stout robusta e alcoólica o suficiente para suportar a viagem, preservando a cerveja e impedindo que ela congelasse. Esse tipo de stout foi batizada de Russian Imperial Stout, ou simplesmente Imperial Stout.

É produzida pela Birrificio Croce di Malto, fundada em 2008 e instalada na cidade italiana de Trecate/Novara (distante 44 km de Milão). O portfólio é bem servido e as cervejas não passam por pasteurização, filtração ou adição de aditivos. Este é o primeiro rótulo que degusto e a receita é uma interpretação um tanto exótica do estilo RIS e conta com água, malte de cevada, aveia, arroz preto, castanhas locais, levedura e lúpulo de variedades inglesas (meu palpite é Fuggle).

Lote 828313 - validade 30.09.2014. A garrafa é de 750 ml, cor marrom, tampa dourada e o rótulo é uma obra de arte à parte. Criativo e colorido traz em primeiro plano a figura de um índio faceiro com os pés negros (daí o nome da breja) segurando um copo cheio do delicioso líquido, um cocar e uma flecha. As demais informações são abundantes: - ingredientes, graduação alcoólica (ABV 7,8%), volume (750ml), temperatura de serviço (12 – 14ºC), menção à formação de sedimentos (produto da refermentação na garrafa), impressões sensoriais, coloração, produto não pasteurizado, não filtrado e sem adição de aditivos, selo do prémio de 2 º lugar e menção honrosa no Mondial de La Biere – Canadá 2013 e endereço da cervejaria. Por fim, na lateral do rótulo há esta bela expressão:
- ‘La consigliamo da sola davanti al camino; e... se non hai un camino, esci sul balcone e fumati un sigaro contemplando il creato.'
É algo como uma recomendação para degustar a breja defronte a uma lareira. E se desta não se dispõe, que se vá à varanda e fume um charuto contemplando a criação.

Vertida na taça revelou um líquido de coloração praticamente negra, opaco e não translúcido, com espuma de cor marrom de expressivas formação e consistência, com bolhas médias e de manutenção persistente. Rendas se formaram e ao girar a taça as paredes laterais do vidro ficaram tomadas pelo líquido viscoso mais ou menos como bolinhas de sagu escorrendo - as tais 'lágrimas'. Perlage (bolhas) praticamente imperceptível.

Degustada à temperatura ambiente de uns 13ºC (freio medonho nesses dias em Foz do Iguaçu) devo registrar que o aroma desta cerveja foi evoluindo à medida em que a temperatura aumentava, revelando pouco a pouco uma intensidade e uma complexidade mais acentuadas que aquelas de pronto percebidas, para meu deleite. De perfil maltado e lupulado (IBU 99 !!!) descortinou notas salientes de maltes torrados com percepções de chocolate amargo e café, além de caramelo, melaço , biscoito, traços de nozes, madeira tostada, frutado de ameixas, alcaçuz, lúpulo herbal saliente e álcool mediano.

No paladar o líquido se revela viscoso e cremoso. De caráter bastante complexo e equilibrado referenda as impressões olfativas e ostenta uma entrada adocicada cujos maltes denotam notas de torrefação - café, chocolate amargo e cacau. São igualmente perceptíveis, apesar de sutis, caramelo, biscoito, nozes, madeira e defumado. Há também frutado de ameixas, alcaçuz mais marcante e um considerável amargor de lúpulo herbal que acompanha a degustação, mas sem aspereza, ainda que potencializado pelo amargor inerente à torrefação. Apesar da elevada carga de lúpulos o final se apresenta levemente seco e amargo, mas sem ser agressivo. O retrogosto é longo e intenso, dominado por torrefação (café e cacau) e alcaçuz. O corpo é médio-alto e a carbonatação é média. O álcool de ABV 7,8% vem bem inserido e não chega a aquecer. A palatabilidade (drinkability) é ótima e a alta complexidade convida a novos goles.

Degustação prazerosa, fruto de uma cerveja robusta, equilibrada e altamente complexa. Há algum porém? Não, mas apesar de estar dentro do estilo fiquei salivando/curioso em como seria se contasse com um pouqinho mais de teor alcoólico.

Imperdível!

Detalhes

Degustada em
04/Junho/2014
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Onde comprou
Itália
Preço
€ 10,20
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se