Cadastre-se

Nøgne Ø # 100

Jota Fanchin Queiroz
 
4.3 (2)
1565   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Nøgne Ø # 100

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
10% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal

Our 100th batch, brewed for the enjoyment of the brewers, but popular demand forced us to release it commercially. Most enjoyable in a comfortable chair in front of a roaring fire. Recommended serving temperature 16°C/61°F Ingredients: Maris Otter, wheat, and chocolate malt; Columbus, Chinook, and Centennial hops; English ale yeast, and our local Grimstad water. 23,5°P, 80 IBU, 10% ABV

Avaliações dos usuários

2 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10  (2)
Aparência 
 
5/5  (2)
Sabor 
 
18/20  (2)
Sensação 
 
4/5  (2)
Conjunto 
 
8/10  (2)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
(Atualizado: 19 de Março de 2014)
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
A Nøgne Ø #100 é do estilo Strong Ale, sub-estilo English Barleywine (vinho de cevada), este caracterizado por cervejas de alta fermentação, coloração variável, robustas, em regra envelhecidas e que exalam um aroma bastante frutado de frutas secas, um característico caramelado e notas de panificação. O sabor é rico e intenso, com corpo se apresentando denso, carbonatação baixa e teor de álcool que pode chegar a 12% ABV. É um estilo cujos exemplares se prestam à guarda, a exemplo de bons vinhos. As cervejas inglesas no estilo possuem uma base de maltes mais rica, amargor terroso e um perfil mais equilibrado do que as congêneres americanas que destacam bastante o lúpulo cítrico.

Confesso que fico em dúvida se não seria uma American Barleywine, vez que apresenta boa base maltada e lúpulo evidente. Talvez o diferencial que ainda pende para a versão English seja o aroma, mais maltado e menos amargo...

É produzida pela Cervejaria Dinamarquesa Nogne Ø, cujo termo significa "naked island" (ilha nua), uma expressão poética usada por Henrik Ibsen na obra 'Terje Vigen' de 1862 para descrever qualquer uma das inúmeras ilhas estéreis que são visíveis no mar ao largo da costa sul da Noruega. O nome foi escolhido em 2002 por Gunnar Wiig e Kjetil Jikiun, dois cervejeiros caseiros que decidiram fundar uma cervejaria na cidade de Grimstad. A cervejaria destaca em suas receitas a utilização da variedade de cevada Maris Otter para produção de malte e dos lúpulos americanos Cascade, Centennial, Chinook e Columbus. No vasto portfólio merecem destaque a os rótulos Nøgne Ø #500 (IPA), aS linhaS Dark e Red Horizon (RIS), a Sunturnbrew (defumada), a Brown Ale, a God Jul (American Strong Ale) etc.

Validade: 08.06.14. A garrafa é de 500 ml, cor marrom clássico. O rótulo é minimalista na cor branco e estampa em letra garrafal o símbolo da cervejaria 'Ø' e logo abaixo o nome da breja '#100', alusivo à centésima brassagem da cervejaria. Diz-se que também seria uma comemoração pelo segundo jubileu da separação entre Suécia e Noruega ocorrido em 1905. No verso do rótulo encontra-se menção aos ingredientes, temperatura de serviço (10ºC), validade, graduação alcóolica (10%), a assinatura do mestre-cervejeiro Kjetil Jikiun e a numeração do lote (820).

Prémio: Prata no Australian International Awards Cerveja (AIBA) 2010.

Vertida na taça revelou um líquido de coloração marrom escuro, medianamente turvo, espuma marfim de bela formação e consistência, densa, com bolhas grandes e destacada manutenção. Rendas se formaram e ao girar a taça as paredes laterais do vidro ficam tomadas pelo líquido viscoso mais ou menos como bolinhas de sagú escorrendo - as tais 'lágrimas'. Perlage (bolhas) praticamente imperceptível.

O aroma desta cerveja é um deleite só! Aromático e complexo nele pode-se perceber notas de maltes torrados, caramelo, chocolate amargo, toffee, frutas secas (ameixas e uva passa), panificação, álcool bem saliente e lúpulo com notas herbais e cítricas.

No paladar o líquido se apresenta oleoso e reitera a complexidade exposta ao olfato, amplificando-a. De caráter inicialmente adocicado percebe-se na cerveja belas notas de malte torrado, caramelo, café, chocolate amargo, passas, ameixas, açucar mascavo, biscoitos e a seguir uma lupulagem acentuadamente cítrica, herbal e picante. O final se mostra amargo e persistente, creio que potencializado pela combinação dos maltes torrados com as variedades americanas do lúpulo. O retrogosto é agridoce e alcóolico. O álcool de 10,0% ABV é potente e confere um agradável aquecimento na garganta, mas é bem inserido e ajuda a lavar a boca. O corpo é médio e a carbonatação é baixa. A palatabilidade (drinkability) é muito boa e apesar da 'boca cheia' a cerveja foi fácil de beber.

Degustação prazerosa, proporcionada por um conjunto complexo, equilibrado e encorpado.

Recomendo!

Detalhes

Degustada em
28/Dezembro/2013
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Preço
7,60 €
nogneobryggeri.jpg
Nogne.jpg
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 15 de Novembro de 2011)
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Uma barley wine com malte chocolate exótica, agressiva e deliciosa.
A apresentação começa com os rótulos únicos da Nogne, absolutamente clean mas expressivos. Muito bonito.
Vertida apresenta um líquido cor de chocolate, levemente turvo, que forma um creme claro mas não branco de excelente formação, bolhas grandes, média persistência mas que deixa excelentes laços.
O aroma é complexo trazendo e intenso com expressivas notas de chocolate amargo, toffee e uma finalização cítrica, com muito lúpulo. Impressiona.
Na boca dominam inicialmente as sensações adocicadas com toffee, chocolate amargo e maltes tostados. Aos poucos o lúpulo mostra a força dos 80 IBU´s com grapefruit e notas herbáceas compondo um final amargo e potente. No final o álcool se faz presente esquentando a cerveja ao lado de uma picardia que parece vir de uma pimenta. Muito cuidado com a temperatura de degustação, é uma cerveja que cresce vigorosamente na temperatura certa e ao longo da degustação.
Corpo licoroso, carbonatação média/baixa e uma drinkability surpreendente para a potência tanto de ABV, maltes e IBU.
Definitivamente uma cerveja com a cara da Noruega: selvagem, misteriosa e deliciosa!

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se