Arquivos para a Categoria 'Artigos'Page 70 of 102

Pratos & Brejas na revista Metrópole

Comentários
273 visitas
Pratosebrejasmetropole1

Clique para ver a matéria completa em tamanho grande

O Pratos & Brejas – Harmonização com Cerveja, evento promovido pelo BREJAS para harmonizar bons pratos com ótimas cervejas, foi matéria desta semana da revista dominical Metrópole, que é encartada no jornal Correio Popular e é o semanário de maior tiragem e circulação na Região Metropolitana de Campinas.

Os almoços harmonizados acontecem bimestralmente no Bar do Italiano, e são capitaneados pelo jornalista e chef caparevistametropoleManuel Alves Filho e pela nutricionista Fabiana Panobianco, que é a consultora do Guia de Harmonização de Cervejas e Pratos do Dia-a-dia do BREJAS.

Não podemos deixar de parabenizar a revista pela ótima matéria, a qual presta um inestimável serviço à difusão da cultura cervejeira em nossa Região, além de estar alinhada ao que pregamos aqui no BREJAS: O consumo responsável, na prática de estimular as pessoas a beber menos e melhor.

Terceira edição já está a caminho

Dentro dos próximos dias anunciaremos aqui os detalhes da terceira edição do Pratos & Brejas – Harmonização com Cerveja, que já está em seus preparativos finais e trará deliciosas surpresas. Aguarde!

Garotas cariocas, cerveja e sangue-bom!

Comentários
1.658 visitas
Luciane, Tati, Talita, Duda, Flávia e Regina: Charme carioca a serviço das boas brejas.

Luciane, Tati, Talita, Duda, Flávia e Regina: Charme carioca a serviço das boas brejas.

Foi exatamente no dia 19 de setembro de 2008 que a advogada carioca Tatiana Gomes se deu conta que teria de resolver um problemão: Havia tantos rótulos de boas brejas disponíveis e não poderia degustá-los sozinha. Não se deu por vencida, usou a internet e prontamente reuniu mais cinco amigas pra dar conta do serviço com ela. À Tati juntaram-se Regina Carvalho, Eduarda Dardeau (a Duda), Flávia Melo, Luciane Tavares e Talita Figueiredo. Estava formada a FemAle Carioca, confraria que reune apenas mulheres para degustar e aprender sobre cerveja.

E os homens? A cuecada participa, sim, dos encontros, mas como meros coadjuvantes, cozinhando pratos para harmonizar com as brejas a serem degustadas pelas meninas. Sim, senhores, que fique bem entendido: Os homens servem as mulheres!

Continuar lendo ‘Garotas cariocas, cerveja e sangue-bom!’

Carta aberta à Eisenbahn

52 Comentários
1.137 visitas

Manifesto em favor da continuidade do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn

mestrecervejeiroeisenbahnPrezados diretores do Grupo Schincariol e da Cervejaria Sudbrack (Eisenbahn),
 
Em 2007, ainda sob o comando de Juliano Mendes, foi idealizado e lançado o Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, voltado para o cervejeiro caseiro, que premiaria a melhor receita com uma produção de 3.000 litros na fábrica. Logo de início, o certame entusiasmou a crescente comunidade cervejeira nacional, tanto pelo ineditismo, quanto pela possibilidade de destacar-se em nível nacional — além de possibilitar à Eisenbahn fabricar uma cerveja excepcional, de receita exclusiva.
 
Os objetivos foram plenamente alcançados. O homebrewer Leonardo Botto pôde fazer nascer ao mundo sua deliciosa A Dama do Lago. Os consumidores foram pegos de surpresa com uma cerveja altamente diferenciada e inusitada, tanto pela embalagem quanto pelo sabor. A comunidade cervejeira se sentiu mais que orgulhosa por ter o seu trabalho reconhecido. E a Eisenbahn ganhou um produto delicioso.
 
Adveio então a compra da Cervejaria Sudbrack (Eisenbahn) pelo Grupo Schincariol, e o receio dos entusiastas de cervejas especiais era de que o produto artesanal se “desvirtuasse”, dando lugar a outro menos elaborado, voltado ao “gosto popular”. Esse medo logo se desvaneceu com a constatação da manutenção da excelência dos produtos Eisenbahn. A grande prova disso, a qual serviu para tirar todas as dúvidas dos mais céticos, foi quando anunciado o segundo Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, já sob a batuta dos novos proprietários da cervejaria blumenauense.

Como era de se esperar, a segunda edição do Concurso causou ainda mais furor. Foi evidente perceber o entusiasmo e a garra com a qual se lançaram os cervejeiros caseiros de norte a sul do país, cientes da chance de ouro que se lhes descortinava. Os resultados foram tão ou mais positivos. A Joinville Porter, dos cervejeiros Ivan Steinbach e Diogo Züge, está sendo ansiosamente esperada pelo consumidor, que finalmente entendeu a proposta do Concurso e é sabedor da excelência das cervejas artesanais.

Nesta Carta Aberta, vimos pedir o óbvio: Que vocês não se furtem a lançar o terceiro Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn. E o quarto, e o quinto, e o milésimo!

Calem os céticos! Continuem provando a eles que a Eisenbahn ainda é e sempre será artesanal! Sigam dando o prestígio que sempre deram ao cervejeiro caseiro! Continuem estimulando a cultura cervejeira nacional da forma empreendedora e saudável que sempre estimularam através do Concurso!

Entendam que vocês são peças-chave nesse processo de transformação de uma importante parcela de consumidores. Compreendam que sempre haverá lugar no mercado consumidor tanto para produtos populares quanto para os melhor elaborados, e o número desses últimos vem crescendo a cada dia. Continuem prestigiando-os!

Só assim, ainda mais com o apoio de vocês, continuaremos a fazer crescer no Brasil uma cultura cervejeira saudável, com cultura e responsabilidade. 

Por isso nós, amantes da boa cerveja e interessados que somos na difusão da cultura cervejeira brasileira, pedimos: Que venha o Terceiro Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn!

————AO LEITOR————

É importante que você manifeste, nos comentários, o seu apoio a esta iniciativa. Vamos mostrar a força da comunidade cervejeira!

Lançamento: Eisenbahn Joinville Porter

Comentários
975 visitas
BREJAS com Ivan Steinbach, o vencedor da receita que virou cerveja da Eisenbahn

BREJAS com Ivan Steinbach, o vencedor da receita que virou cerveja da Eisenbahn

Você sabe o que dizer Gräbenwasser?

Ivan Steinbach, da catarinense Joinville, começou a fazer cerveja há apenas dois anos, movido até então pela pura curiosidade da tentativa, junto com seu primo Diogo Züge. Por desconhecimento, a primeira produção foi um fracasso retumbante.

Ao ver um líquido meio estranho fermentando no garrafão de plástico transparente, o pai de Ivan, um alemão empedernido, soltou a pérola: “Isso não é cerveja, é gräbenwasser!!!”. Em alemão, o termo significa, literalmente, água de sarjeta…

Continuar lendo ‘Lançamento: Eisenbahn Joinville Porter’

Guinness 100 Pint Club

Comentários
759 visitas

guinness100pintclub2

O dedão polegar aí de cima pertence ao Sérgio — Serjão para os íntimos, e Cervão para os mais íntimos ainda. Até o presente momento, ele é o chefão absoluto do Guinness 100 Pint Club, instituído no Bar do Italiano para dar notoriedade e premiar com desconto o fiel cliente que consumir mais de uma centena de pints (copos de 500 mililitros) da stout irlandesa, que no bar é servida na pressão.

Serjão diz que está em forma para garantir a liderança por muito tempo. Porém, Luiz Toshio Takahashi, o segundo colocado, não aceita a pecha de vice, e promete virar o jogo. A disputa esquenta a cada dia.

twitter

EM TEMPO: Clique na imagem acima para seguir o Bar do Italiano pelo Twitter. Saiba, em primeira-mão, as novidades do bar. E, toda manhã, sai o cardápio do almoço.

Página 70 de 102« Primeira...102030...6869707172...8090100...Última »

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja