Arquivos de tag para 'estilos'

Brewers Association divulga atualização de Guia de Estilos de Cerveja

Comentários
1.681 visitas

ba_logo

(Boulder, Colorado, Estados Unidos) – A Brewers Association (BA), entidade que reune os cervejeiros artesanais norte-americanos, divulgou agora há pouco a atualização de seu Guia de Estilos de Cerveja. Atualizado anualmente, o Guia atualizado descreve 140 estilos de cerveja e é atualmente o mais usado em competições cervejeiras de prestígio, incluindo a mais importante delas, a World Beer Cup.

Neste ano a novidade é a inclusão de um novo estilo de cerveja, denominado Indigenous Beer, ou cerveja de origem indígena. As orientações especificam que a cerveja desta nova categoria deve conter pelo menos um ingrediente regional e/ou ser elaborada com técnicas comumente utilizadas pelos fabricantes de cerveja em comunidades indígenas ao redor do mundo. Exemplos de indigenous beer podem incluir “releituras” de estilos regionais atuais ou históricos, como o antigo estilo finlandês Sahti, a Chicha sul-americana (elaborada a partir de milho mastigado), cervejas de sorgo africanas, entre outras. Para as competições, os cervejeiros deverão fornecer, para cada estilo de cerveja inscrito, uma descrição de no máximo 100 palavras, a fim de auxiliar os juízes na sua avaliação.

O Guia de Estilos da BA é o mais antigo e completo do meio cervejeiro, e sua primeira edição data de 1979. As descrições nele contidas fornecem referências para fabricantes de cerveja, organizadores do concurso de cervejas, cervejeiros caseiros e entusiastas. Muito do trabalho inicial foi baseado nas contribuições do grande crítico Michael Jackson. Para 2012, as revisões foram feitas a partir de mais de 100 comentários e sugestões elaboradas por juízes dos grandes concursos cervejeiros, como o Great American Beer Festival e a já citada Worls Beer Cup, assim como outros membros da indústria cervejeira.

O Guia de Estilos da Brewers Association atualizado já está  disponível para download  na seção Publicações do site oficial da entidade.

Fonte: BeerNews.org

Mestre em Estilos de Cerveja e Avaliação

Comentários
664 visitas

3

Foi uma avalanche de informações. Durante dias, o único assunto possível do acordar ao recolher era cerveja.

Conforme anunciei neste post, estive semana passada em Chicago (EUA), aluno que fui do Programa de Mestrado em Estilos de Cerveja e Avaliação do Siebel Institute of Technology, secular instituição de ensino cervejeiro componente da World Brewing Academy. Pude constatar ali, na carne e no crânio, o nível de seriedade que a academia devota na formação de profissionais do nobre líquido.

Fui o único estrangeiro de uma turma de americanos, todos de alguma forma ligados à cerveja. A maioria era de profissionais proprietários ou técnicos de cervejarias artesanais americanas, embora houvesse pelo menos um aluno egresso de uma gigante global do setor. Nos bancos do Siebel, porém, éramos todos estudantes ávidos por compartilhar um pouco da sabedoria e experiência de mestres do calibre de Randy Mosher e Ray Daniels. E não nos decepcionamos.

O estilo Siebel de ensino é implacável. O programa diário é pétreo, e a disciplina é impressionante. Sabíamos de antemão em qual hora do dia seria abordado cada assunto. Por dias a fio, as aulas começavam exatemente às nove da manhã, só terminando ao esconder do sol lá fora, com uma hora de intervalo para almoço no brewpub da Goose Island Brewery logo em frente — sobre o qual falo noutra postagem.

A forma pela qual o programa é transmitido, porém, é um capítulo à parte. Abordávamos cada estilo de cerveja em sua absoluta universalidade. Degustávamos in natura os maltes e lúpulos mais comuns de cada um deles antes mesmo de iniciar o assunto (e fatalmente brincávamos entre nós que o nosso breakfast era malte cervejeiro…). Daí, desfilavam diante de nós os aspectos físico-químicos e técnicos da cerveja (gravidades iniciais e finais, IBU e outros dados), para só então abordarmos as características organolépticas e a história de cada tipo de cerveja. A imensa variedade de rótulos do mundo todo disponíveis no mercado americano fez das degustações dos rótulos mais representativos de cada estilo o jardim das delícias terrenas desse escriba.

Há muito mais a contar sobre o curso de Mestre em Estilos de Cerveja e Avaliações que cumpri em Chicago, e o farei daqui por diante, sempre que tiver oportunidade. Contudo, o mais importante é a imensa carga de conhecimento que adquiri sobre cerveja, a confirmar sua nobreza e história. Muito mais valoroso que o diploma que ganhei está esse conhecimento, que usarei a favor da divulgação da boa cultura cervejeira. Mais do que nunca cresce em mim a consciência da necessidade de difusão da noção de respeito à cerveja como bebida universal e histórica, do estímulo ao consumo responsável e, sobretudo, de combate à sistemática e perniciosa marginalização da bebida que se enraizou durante décadas neste país. Há muito trabalho a realizar!

Meu muito obrigado a todos os que torceram por mim, seja me enviando e-mails e mensagens de estimulo, me telefonando, vindo falar comigo no Bar Brejas ou mesmo pensando positivamente, em silêncio. Convido-os todos a arregaçar as mangas e juntar-se a mim nesse beer-evangelismo diário!

A seguir, algumas imagens que fiz durante as aulas:

Continuar lendo ‘Mestre em Estilos de Cerveja e Avaliação’

Harmonização por estilo de cerveja

Comentários
357 visitas

Há alguns dias colocamos no ar uma nova maneira de consultar o nosso já conhecido Guia de Hamornizações com Cervejas. Somando-se a consulta por preparações, agora os visitantes do BREJAS poderão consultar nossas recomendações de harmonização também por estilo de cerveja.

Ficha de informações de cada cerveja, agora com um link para as sugestões de harmonização.

Ficha de informações de cada cerveja, agora com um link para as sugestões de harmonização.

Esta nova forma de organizar a busca vem facilitar a vida de quem já tem a cerveja em mãos e quer saber quais são os pratos que deve usar para fazer uma boa harmonização.

Com esta novidade no ar, foi possível atender a outra solicitação que costumávamos receber e que também sentiamos falta: um link na página de cada cerveja que leva direto aos pratos sugeridos para aquele estilo. Prático né?

Vocês irão notar que alguns dos estilos de cerveja ainda não possuem sugestões de harmonização. Mas fiquem tranquilos, já estamos correndo para completá-los e termos todos os estilos cobertos pelo nosso guia.

Ah, e no embalo das mudanças, ainda demos um tapa no visual dos demais links externos que existem na ficha das cervejas, incluindo botões que facilitam a identificação e um icone de acesso aos tipos de copos.

Esperamos que gostem!

Guia de Estilos de Cervejas

Comentários
349 visitas

bjcp.jpg

Vários dos nossos leitores freqüentemente nos questionam a respeito da classificação dos estilos de cerveja que degustamos e avaliamos. Não raro ouvimos a pergunta: “Como vocês sabem que essa cerveja é uma Ale?”. As dúvidas, na maioria das vezes, são pertinentes, uma vez que nem todos os rótulos disponibilizam o tipo de cerveja que se está apreciando.

BREJAS disponibiliza um guia resumido dos tipos de cervejas (veja AQUI), mas a diversidade cervejeira no mercado é enorme, e a cada dia os mestres cervejeiros elaboram novos estilos. Para a alegria dos apreciadores, a variedade de cervejas no mercado é uma constante, o que faz com que o nosso “trabalho” jamais se conclua. Ainda bem…

Fundado em 1985, o Beer Judge Certification Program administra exames que certificam juízes avaliadores de cervejas. Hoje, há 2.500 juízes profissionais certificados pelo BJCP, os quais já avaliaram mais de 400 mil brejas no mundo todo em competições de cervejas ou mesmo nas fábricas. Mordamo-nos de inveja!

O Guia de Estilos de Cervejas do BJCP (veja AQUI, em inglês) é o mais completo do mundo, servindo inclusive de referência para os homebrewers nacionais. Organizado por estilos de cervejas, descreve detalhadamente o que podemos encontrar em cada uma delas a respeito do aroma, aparência, sabor, paladar, ingredientes e várias outras informaçõers pra lá de interessantes.

Descobre-se, por exemplo — e para surpresa de muita gente — que as cervejas “de massa” nacionais (Brahma, Antarctica, etc.), de fato, não se enquadram tecnicamente na categoria das “Pilsen”, e sim nas Standard American Lagers.

Vivendo, degustando e aprendendo…

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja