Arquivos para a Categoria 'Viagem e Cerveja'

Delirium Café Lisboa: Dono é empresário brasileiro

Comentários
2.976 visitas

IMG_6758

Na semana passada estive na capital portuguesa, onde pude conhecer em primeira mão o novíssimo bar da franquia belga Delirium Café. Seu proprietário é o empresário brasileiro Neko Pedrosa, que já mora há muitos anos na Europa e já teve uma cervejaria multitap na cidade italiana de Bergamo.

O ambiente, instalado na Calçada Nova de São Francisco (muito perto da entrada dos Armazéns do Chiado), está programado para abrir suas portas em “soft opening” na próxima quinta-feira, 26 de janeiro. Veja as fotos:

Banho de cerveja na República Tcheca

Comentários
2.049 visitas

Mês passado, em viagem à Europa, resolvi viver uma experiência inusitada: banhar-me em um spa de cerveja. O que pode causar estranhamento por aqui, na República Tcheca é uma prática relativamente comum, e está disponível em inúmeros hotéis e cervejarias do país, ao alcance de uma rápida pesquisa na internet.

Minha escolhida foi a Pivovar Purkmistr, cervejaria localizada na cidade de Plze? (ou Pilsen), não muito longe da mítica Pilsner Urquell, da qual já falei em outro post. Anexo à cervejaria está o hotel onde funciona o Beer Spa, que disponibiliza o banho etílico e também outros procedimentos como saunas, massagens e tratamentos estéticos. Não é necessário hospedar-se no hotel para aproveitar o spa, e o banho para duas pessoas em banheira dupla saiu pela bagatela de 1.360 coroas tchecas, o que dá algo em torno de 160 reais brasileiros.

Se gostei? Além de se tratar de uma experiência única, digna de contar aos netos, digo que o banho cervejeiro é delicioso!

BanhoCerveja

Andechs: Cerveja na Montanha Sagrada

Comentários
1.877 visitas

Andechs1

Tradição beneditina de acolher peregrinos com cerveja resiste ao tempo na Alemanha

Uma idílica colina fincada nas margens do lago Ammersee, no cenário deslumbrante da Baviera, região sul da Alemanha, de cara para as neves eternas dos Alpes. Ali se chega de carro e sobe-se a pé o promontório cercado de construções medievais. De um discreto portão aberto encravado nas alvas paredes partem vozes animadas, música e um alegre alarido de pratos e talheres. Do lado de dentro, grandes mesas e bancos de madeira acomodam centenas de pessoas de várias idades, praticamente todas brindando ao ritmo da canção com reluzentes ma?krug — canecos de vidro de 1 litro — contendo cervejas de espumas fartas. Nos pratos, suculentos joelhos de porco com sauerkraut.

Andechs2

Foi em 1455 que o duque Albert III criou o mosteiro beneditino na pequena vila de Andechs. O local escolhido foi a antiga colina chamada então de Heiligen Berg, ou “Montanha Sagrada”. Uma regra proclamada pelo próprio São Bento decreta que quaisquer hóspedes devem ser recebidos como se fossem o próprio Cristo. Os beneditinos de Andechs respeitam a diretriz como se espera na Baviera. Desde o século 15, quando a abadia barroca do alto da Montanha Sagrada foi erigida, os religiosos recebem todos os peregrinos com boa comida e boa cerveja.

Visitar a Montanha Sagrada de Andechs é uma experiência inesquecível. Toda a história do lugar e desta visita será contada por mim na primeira edição da revista Last Call for Beer, em janeiro. Não perca!

Enquanto a revista não chega, curta algumas das imagens que fiz no local:

Continuar lendo ‘Andechs: Cerveja na Montanha Sagrada’



Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]