Cadastre-se

Delirium Tremens

Hot
Daniel C. 02 de Setembro de 2008
 
4.1 (285)
68436   0   48  

Avaliações dos usuários

61 avaliações com 5 estrelas

285 avaliações

 
(61)
 
(214)
 
(9)
 
(1)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10  (285)
Aparência 
 
4/5  (285)
Sabor 
 
17/20  (285)
Sensação 
 
4/5  (285)
Conjunto 
 
8/10  (285)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
61 resultados - mostrando 41 - 45
« 1 ... 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 »
Ordenar
(Atualizado: 21 de Fevereiro de 2012)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Uma cerveja absolutamente única. Coloração âmbar clara. Creme branco, persistente e de baixa carbonatação. Cremoso. O aroma é de um frutado/herbal impressionante, muito, mas muito forte e com personalidade. O paladar tem o álcool presente, mas o que se destaca são as notas florais, que enchem a boca e os sentidos. O amargor é na medida, nem suave ao ponto de ser enjoativo, nem forte demais ao ponto de amargar. Se você aguentar, pode tomar várias e várias dessa maravilha.

Quando começo a degustar cervejas especiais/artesanais, ficamos em busca de nosso paladar, do que gostaremos mais, em virtude da falta de conhecimento. Claro que existem muitas pela frente, mas eu me achei nessa. Primorosa!

Detalhes

Degustada em
21/Fevereiro/2012
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Emporium Beer - Recife
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 16 de Junho de 2013)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Atual ícone da Bélgica, a cervejaria Huyghe foi fundada em 1906 por Leon Huyghe na cidade de Melle, região de Flanders oriental. Contudo, existem evidências de que neste exato local se vem produzindo cerveja desde o longínquo ano de 1654. Mas foi a partir de sua fundação durante o século 20 que a Huyghe passou por grande expansão, modernizando-se ao passo que adquiria outras cervejarias belgas. O seu maior triunfo, no entanto, é a cerveja Delirium Tremens. Lançada em 1992 com o mesmo nome que designa uma síndrome neurocomportamental responsável por gerar confusão mental transitória causada principalmente pelo abuso de álcool (além outras substâncias), é sob a égide de um delirante elefante cor-de-rosa que o rótulo se difundiu mundo afora. O sucesso foi tanto que uma rede de bares denominada "Delirium Cafe" foi criada. Rede esta, aliás, que conta com um bar na cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, a unidade mais representativa da "franquia" é a da cidade de Bruxelas que ficou conhecida por ter a maior carta de cervejas do mundo. São cerca de dois mil rótulos das mais diversas marcas.

Líquido amarelo ouro, translúcido. Espuma branca estilo "creme de barbear" de alta formação e longínqua persistência, deixando marcas ao redor da taça.

Aroma delicioso - frutado e floral - remetendo à pêssego, abacaxi e lavanda - com toques de coentro. Magnífico!

Já no primeiro gole fica mais do que evidente o motivo desta cerveja ser tão badalada. De corpo médio e carbonatação fervilhante, o sabor perfumado traz memórias de lírio, flor de limoeiro e crisântemo. Delicadas notas frutadas e adocicadas logo se misturam a nuances ligeiramente ácidas e salgadas, passando também por pera e lima-da-pérsia. O final é levemente amargo, não muito longo, com notas de coentro e retrogosto condimentado. O álcool, muitíssimo bem inserido, passa praticamente imperceptível, o que demanda cuidado.

Frente tamanho estímulo sensorial os sentidos se perdem em sinestesia. No canto do olho, a impressão fulminante de ter vislumbrado algo que a razão não permite. Talvez um elefante cor-de-rosa, talvez apenas uma alucinação. Perdido em meio a devaneios e fugazes visões, eis que surge uma garrafa perolizada de Delirium Tremens justificando o torpor. Me acalmo e penso que são cervejas raras assim que permitem e justificam, ainda que durante breves períodos, momentos de lúcida insensatez.

Uma das melhores brejas que você encontra fácil por aí. Não deixe de provar.

Detalhes

Degustada em
26/Novembro/2011
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Preço
R$ 29,80
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Cor dourada, só um pouquinho escura, quando caiu no copo teve a maior cara de pilsen de linha. Aroma frutado, lembrando banana. Sabor forte, meio amargo, metálico, muito bom. Espuma densa, bem feita, cremosa e persistente. Embora de alto teor alcoolico, em nenhum momento isso compromete a cerveja. Na verdade o álcool ajuda a compor bem o sabor, dando um toque quase picante, e preserva o retrogosto. Grande cerveja!

Detalhes

Degustada em
01/Setembro/2011
Envasamento
Volume em ml
350 ml
Onde comprou
Empório Soares & Souza (BSB)
Preço
29,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.8
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Não acredito que passei tanto tempo sem experimentar essa maravilha. Já havia ouvido falar, e me arrependo amargamente de não tê-la experimentado antes.

Na taça, um creme persistente e uma cerveja âmbar, luminosa, linda. Aroma frutadíssimo, puxando pro champagne; ao primeiro gole, uma festa na boca com um cítrico evidente, frutas, levemente caramelada e carbonatadíssima.

Uma cerveja única, obrigatória para qualquer apreciador. Espetacular.

Detalhes

Degustada em
01/Setembro/2011
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Lapa Pub
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
O delirium tremens é uma psicose causada pela abstinência ou suspensão do uso de drogas ou medicamentos freqüentemente associada ao alcoolismo mas que também pode se apresentar com o uso prolongado ou abusivo de benzodiazepínicos ou barbitúricos. Isso relacionado ao alto teor alcoólico mostra que o rótulo dessa breja engana, sendo que o mesmo aparenta algo infantil. Bem, vamos a avaliação.

Cerveja de cor doura. Creme com boa formação, branca, denso e de alta duração.

Aroma muito rico e perfumado com notas de coentro, floral, frutado, malte, cítrico e um pouco de álcool tudo muito bem balanceado. No sabor segue notas frutadas, cítricas, amarga, picante e álcool, tudo muito bem inserido. Final seco.

Cerveja simplesmente maravilhosa. Muito bem equilibrada e com uma teor alcoólico que esquenta. Breja bem complexa com aroma e sabor que são inesquecíveis. Essa breja é para nunca mais esquecer.

Detalhes

Degustada em
14/Agosto/2011
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 1 0
61 resultados - mostrando 41 - 45
« 1 ... 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 »

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se