Cadastre-se

Landbier Stout

Odimi Toge 06 de Novembro de 2012
 
3.2 (3)
1477   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Landbier Stout

Informações

Álcool (%)
6% ABV
Ingredientes
Água, malte de cevada, lúpulo e levedura. CONTÉM GLÚTEN.
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Cerveja escura, encorpada, espuma espessa e aroma de café com notas de chocolate, obtido dos maltes torrados e tostados. No paladar um amargor característico desses maltes e levemente adocicado pela alta concentração de cevada.

Consumir entre 4ºC e 8ºC

Alta Fermentação

Cerveja de Puro Malte
OG: 1,060
FG: 1,015
ABV: 6,0%

Avaliações dos usuários

3 avaliações

Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
6/10  (3)
Aparência 
 
4/5  (3)
Sabor 
 
13/20  (3)
Sensação 
 
3/5  (3)
Conjunto 
 
6/10  (3)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
5/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10
-Aparência: Espuma média/alta e de média persistência. Líquido preto, opaco.

-Aroma: Malte com notas leves de café e torrado e caramelo adocicado.

-Sabor: Maltado, com café e torrado. Final levemente seco e torrado.

-Na Boca: Corpo médio e média/alta carbonatação.

Detalhes

Degustada em
04/Outubro/2013
Envasamento
Volume em ml
600 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
12/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Preta, espuma bege quase marrom de média altura e pouca duração.

Aroma é de chocolate amargo, muito parecido com licor de chocolate - não daqueles cor de achocolatado mas sim aqueles pretos, de chocolate/cacau mesmo. Predomina o adocicado e o chocolate do começo ao fim. O dulçor não diminui ao longo da degustação, mas também não fica mais enjoativo. Corpo médio pra grande, muito diferente de uma Guinness por exemplo.

Tomei 300ml tranquilo e aceitava numa boa outro copo.
Quando avaliei, estava marcada como uma Dry Stout mas parece muito mais uma Sweet Stout e foi como Sweet que acabei avaliando.

Boa, sem torrefação em exagero, com pegada muito mais de chocolate amargo do que de café. Daria até pra ter um pouco mais de torrado e café pra deixar o dulçor menos destacado.

Detalhes

Degustada em
09/Julho/2013
Envasamento
Volume em ml
600 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 03 de Julho de 2013)
Avaliação Geral 
 
3.0
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
12/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
5/10
*As notas antigas foram transferidas para o texto abaixo e na ficha da cerveja fica o registro da segunda avaliação.

Completamente negra, no copo forma espuma marrom abundante de longa persistência.

Contido, o aroma não se desprende com desenvoltura. Notas suaves de malte torrado e chocolate se misturam à nuances que lembram algo de vinagre balsâmico.

De corpo médio e carbonatação atenuada, ao paladar se mostra menos torrada do que se poderia esperar. Suaves notas de caramelo e chocolate sustentam-se na boa interação entre dulçor e amargor, mas um traço significativamente ácido prejudica a plena sintonia. Esta acidez se estica até o final seco e torrado. Já o retrogosto traz um curioso frutado e leve azedume, engendrando algo próximo de uma sensação vínica.

Em relação a degustação anterior, observa-se que as notas de café praticamente desapareceram, tanto do aroma quanto do sabor. O paladar também parece atenuado. A pegada forte de torrefação foi substituída por traços mais achocolatados e a acidez extrema da última vez deu lugar a algo mais sutil, porém ainda excessivo para o estilo. Em alguns momentos, determinados aspectos fizeram lembrar uma "oud bruin", o que é bem estranho para uma stout. Assim, a cerveja melhorou em alguns aspectos, como na estabilidade da espuma e diminuição da acidez, mas perdeu em outros, com o desaparecimento do café e a torrefação atenuada.

Apesar de ter melhorado, ainda cabem ajustes.


DEGUSTAÇÃO ANTERIOR, feita em 17/11/2012 - Exemplar presenteado pelo proprietário no Ristorante Mantovani em Pres. Prudente.

Líquido completamente negro e opaco. Creme marrom de média formação e duração.

Aroma forte de malte torrado e café, permeado por leves notas que remetem a vinagre balsâmico.

Na boca apresenta corpo médio/baixo e alta carbonatação. Inicialmente chama a atenção a elevada acidez que assola o paladar e provoca salivação já no primeiro gole. O sabor é seco com presença de malte extremamente torrado seguido por toques de café e carvão. O final é longo, ácido, salgado e "urticante". Retrogosto persiste por bom tempo na boca, reverberando notas de café e intensa torrefação.

No geral demostrou certo desiquilíbrio, principalmente no sabor que se revelou excessivamente ácido e prejudicou o conjunto. É possível que a explicação para isso seja um suposto comprometimento do exemplar degustado, sobretudo após eu o ter transportado e armazenado no decorrer de dias quentes e com alta variação de temperatura. De qualquer maneira, hoje ele não agradou e só uma segunda avaliação poderá consolidar ou modificar essas primeiras impressões.

Avaliação Geral 2.5
Aroma 6/10
Aparência 3/5
Sabor 10/20
Sensação 2/5
Conjunto 4/10

Detalhes

Degustada em
03/Julho/2013
Envasamento
Volume em ml
600 ml
Onde comprou
Estande Landibier na Brasil Brau 2013
Preço
presente
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se