Cadastre-se

SteinHaus Doppel Weizen

 
3.1 (1)
112   0   2  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
30012019110624

Informações

Álcool (%)
6.2% ABV
IBU
22
Cor SRM
9,00
Ingredientes
Água; Malte Pilsen orgânico, malte de trigo orgânico, malte CaraGold, malte CaraAroma; Fermento WB-06, de origem bávara, típico das cervejas de trigo; Lúpulos Magnum, Mittelfruh e Cascade
Ativa
Extrato original: 15,20 ° P / 1062 SG
Álcool: 6,2 % ABV
Amargor: 22 IBU
Cor: 18 EBC / 9 SRM
Calorias: 128 kcal / 300 ml
Ingredientes orgânicos: 95 %
Embalagem: garrafa 500 ml

Descrição Sensorial
Cerveja forte clara de trigo.
Doppel Weizen, da língua alemã, significa Duplo Trigo, é uma cerveja robusta, aproveitando todo o potencial de sabor do trigo gaúcho.
Seu aroma lembra banana caramelada, com toques de cravo e especiarias, e também frutas vermelhas. O fermento utilizado confere o teor frutado e complexo da cerveja.
O sabor da cerveja segue o aroma e ainda lembra frutas cristalizadas. A cerveja tem leve amargor, com a lupulagem suficiente para alcançar o equilíbrio, embora o malte seja o destaque desta cerveja. Ainda aparecem notas de chocolate ao leite e geleia de pêssego, com final caramelado.
A cerveja é bastante sedosa e encorpada, e também robusta e refrescante.
A cor mescla tons de laranja e dourado, com espuma branca e farta, de textura fina.
É uma cerveja autoral, inspirada nas cervejas do velho mundo, combinando a criatividade dos cervejeiros com todo o potencial de sabor da produção local e ecológica.

História e Cultura
O trigo está entre as culturas mais antigas da humanidade, junto com a cevada. Embora tenha sido utilizado na produção de cerveja desde a época dos antigos sumérios e egípcios, foi na Alemanha que se desenvolveu a Weizenbier (Cerveja de Trigo), também chamada Weissbier (Cerveja Branca), a partir do século 16. A popularidade da cerveja de trigo caiu muito após a invenção da refrigeração, em 1870, que possibilitou a produção de Lagers, quase desaparecendo no início do século 20, até a década de 1950. Nos anos 1960, o estilo Weizenbier ressurge, especialmente entre os jovens, homens e mulheres. Nesta época, o trigo já era o esteio econômico da produção na Região Sul do Brasil, cultivado no planalto gaúcho desde a metade do século 18. A partir dos anos 1980, a Revolução Cervejeira na América do Norte resgata o estilo novamente, na medida que recria estilos clássicos e alimenta a diversidade cervejeira, movimento que inspirou cervejeiros do mundo todo a resgatar a pluralidade cervejeira, equilibrando a inovação e a tradição, com o melhor uso dos recursos locais, de forma responsável e comprometida com a comunidade e o ambiente.

Serviço
Temperatura ideal: 4 a 7 °C.
Copo: Weizen, alto e largo na parte superior, para receber todo o conteúdo da garrafa, com espaço para espuma.
Harmonizar com: Queijo Minas ou Chevre, saladas leves, sushi ou comida japonesa, torta de limão

Avaliações dos usuários

1 avaliações

Avaliação Geral 
 
3.1
Aroma 
 
7/10  (1)
Aparência 
 
4/5  (1)
Sabor 
 
11/20  (1)
Sensação 
 
3/5  (1)
Conjunto 
 
6/10  (1)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
3.1
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
11/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10
Cerveja de coloração castanho avermelhado, líquido opaco e leve espuma bege.
Aroma bastante agradável, banana, tutti-frutti,chiclete, maçã e fermento!
Sabor segue o aroma, porém com retrogosto amargo álcoolico resinoso, que me desagradou, fora do estilo e do esperado!
Enfim, não me agradou totalmente!

Detalhes

Degustada em
08/Março/2019
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Supermercado SuperKilo, Montes Claros,MG
Preço
25,99
Screenshot_20190308-215454
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se