Cadastre-se

Tripel Montfort Wood Aged Series Merlot (2014)

Gbrl Qrz 15 de Junho de 2015
 
4.3 (7)
2333   0   4  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Tripel Montfort Wood Aged Series Merlot (2014)

Informações

Álcool (%)
10% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal
A Tripel Monfort Wood Aged 2014, adormeceu em barricas de carvalho americano, anteriormente utilizadas na maturação de vinhos tipo merlot na serra Gaúcha. O Processo de envelhecimento da cerveja no barril leva 12 meses até chegar a sua formulação atual. Sua receita ganha ingredientes leves, como a casca de laranja, que promove refrescância, baixo amargor e um frutado evidente, proveniente dos subprodutos da fermentação, um tapa com luva de pelíca in "your face".

Avaliações dos usuários

7 avaliações

 
(4)
 
(3)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10  (7)
Aparência 
 
5/5  (7)
Sabor 
 
16/20  (7)
Sensação 
 
4/5  (7)
Conjunto 
 
9/10  (7)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
4.8
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
10/10
Excelente cerveja!
Belíssima aparência, forma uma espuma entre média e grande, um tanto cremosa, poucas bolhas, branca e um tanto duradoura, deixa uma boa renda no copo e boas lágrimas de álcool ao girar o copo. Levemente nublada e borbulhante. Coloração entre laranja clara e dourada.
Aroma delicioso, rico e complexo, malte leve, leve cereais, biscoito e traços de caramelo. Lúpulo leve, um tanto ervas. Álcool médio. Ainda ares de frutas cristalizadas, um tanto temperos, meio pimenta, leve damasco, laranja, madeira, vinho, traços de limão, baunilha e uva passa.
Sabor espetacular, rico, complexo, intenso, longa duração, doçura inicial meio leve, amargor moderado, meio álcool, reflete e realça bem as notas do aroma iniciando com as condimentadas e alcoólicas, seguidas pelas frutadas e de leve madeira e terminando por belas notas maltadas de biscoito e grãos.
Corpo médio, textura um tanto cremosa, carbonatação entre borbulhante e vívida, final duradouro, levemente picante, levemente amargo e seco.

Destaque para a riqueza de notas no sabor e o belíssimo conjunto da obra.
Cheers!

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
Site da Cervejaria Bodebrown
Preço
R$ 27,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 04 de Setembro de 2016)
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Consolidada como um dos mais aclamados nomes da atual cena artesanal nacional cervejeira, a "Cervejaria Escola Bodebrown" surgiu em 2009 na capital do Paraná, Curitiba. Fruto dos esforços da paranaense Andrea Cordeiro Pinto e do pernambucano Samuel Crhistophe Cavalcanti Cabral, a cempresa tem como símbolo o bode - animal que tradicionalmente habita o sertão nordestino.

Sucesso de críticas tanto por parte de amadores quanto de especialistas, o reconhecimento por sua qualidade e ousadia é unânime. Tal reconhecimento tem inclusive vindo em forma de prêmios conquistados em concursos nacionais e estrangeiros.

Sempre ativa, a empresa não só fabrica, mas também ministra cursos sobre produção cervejeira, harmonização, 'homebrewing', além de comandar eventos culturais/gastronômicos como o "Beer Ranch" e "Beer Train".

WOOD AGED SERIES

Surgida em 2014, a linha propõe envelhecer rótulos já comercializados pela casa em barris de madeira que foram utilizados anteriormente na produção de bebidas como destilados e vinhos. As tiragens são limitadas e esgotam em pouco tempo.

TRIPEL MONTFORT WOOD AGED MERLOT

Terceiro lançamento da série "Wood Aged", trata-se da "Tripel Monfort" ('Belgian Tripel' da linha regular com adição pimenta rosa e grãos do paraíso) envelhecida por doze meses em barris de carvalho americano previamente utilizados por vinho Merlot da Serra Gaúcha. No total, foram disponibilizadas cerca de 2250 garrafas - todas numeradas. A cervejaria recomenda a guarda para que se acompanhe a evolução do produto no decorrer dos anos.

*Unidade número 0761, com um ano e meio de guarda.

De coloração amarela e turbidez mediana, forma vasta camada de espuma branca e porosa a deixar marcas na taça.

No nariz, chama primeiro a atenção a presença de elementos 'funky' remetendo a couro cru e cobertor de cavalo. A ação de leveduras do gênero 'Brettanomyces', que costumam habitar a madeira, explica o fenômeno. Ecos de vinho tinto, pera, leve abacaxi e maçã surgem adjacentes. Maravilhoso!

Ao paladar mostra corpo médio-alto, com doçura distinta e carbonatação elevada. Nuances de pera, maçã e abacaxi azedo despontam acopladas a sugestões vívidas de sidra e vinho. Toques de couro, cravo e acidez pertinente vêm cortando por baixo - rastro indelével de pura "selvageria" cometida por fungos e bactérias láticas. Sensação alcoólica reconfortante, em apoio conjunto. O final segue agridoce, longo e condimentado. Suave presença de taninos arremata o retrogosto.

A mais elegante e equilibrada cerveja da linha "Wood Aged" até aqui. Simplesmente primorosa.

Detalhes

Degustada em
03/Setembro/2016
Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
SIte oficial Bodebrown
Preço
R$ 34,04 incluindo o frete
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 28 de Outubro de 2015)
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
O terceiro experimento da linha Wood-Aged da Bodebrown é uma versão de sua Tripel Montfort que maturou durante 12 meses em barris de carvalho anteriormente usados para maturação de vinhos Merlot da Serra Gaúcha. A madeira contribuiu com bactérias e leveduras selvagens que conferiram à tripel da cervejaria mais acidez e leveza, acentuando o frescor das frutas e dos ésteres. O resultado é elegante e vibrante, sem o peso da doçura da Tripel Montfort e sem uma presença excessiva da madeira. Há pouco dos sabores característicos da uva Merlot (ameixas passas, achocolatado), sendo que o barril contribui mais com traços selvagens perceptíveis, sobretudo os toques láticos, sendo que há também suaves sugestões de Brettanomyces que provavelmente deverão se acentuar com o tempo. Na taça, verte um líquido dourado radioso, com leve turbidez e creme nanabesco. No nariz, o frescor frutado assoma os sentidos: avalanche de frutas amarelas (pêssegos maduros, damascos secos, compota de abacaxi), maçãs vermelhas, nuances cítricas e frescas lembrando uvas verdes, raspas de limão e cascas de laranja. Há um floral "belga" acentuado e ainda se sentem as especiarias da receita, em especial sementes de coentro. O barril lhe conferiu um toque lático definido no nariz, ao lado de terroso, mofo, baunilha suave e um toque caprílico. O malte ainda se apresenta (sobretudo na boca) com um peso impressionante para uma cerveja com 1 ano de maturação, mostrando notas vigorosas de pão doce acentuadas pela baunilha. Há um toque incômodo de acetona, provavelmente devido à profusão de ésteres. Na boca é extremamente bem resolvida: uma entrada bem ácida e apetitosa conduz a um final com amargor levemente perceptível e um retrogosto em que a doçura predomina longa e deliciosamente. Ela está bem mais seca e menos doce do que a Tripel Montfort regular, o que ajuda muita a drinkability. O corpo é mediano, com carbonatação vívida e textura aveludada, sendo possível sentir os taninos da madeira sem excessos. Excelente conjunto, cerveja elegante e sutil, num delicioso ponto intermediário entre as ales belgas de abadia e as sours mais intensas. Quais são as perspectivas de envelhecimento da cerveja? Eu imagino que ela vá secar e ficar um pouco mais sour, talvez com traços de Brettanomyces mais claros, numa janela de 1-3 anos. Mas não sei se tem estrutura para muito mais que isso. Aguardo para ver!

Detalhes

Degustada em
27/Junho/2015
Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
bodebrown.com.br
Preço
R$ 83,70 (kit com 3 garrafas)
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 4 0
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Coloração dourada brilhante.

Espuma branca alva e perene de altíssima formação, permanecendo totalmente no copo ate o último gole, e marcando as laterais da taça

Aroma explosivo de casca de laranja e tangerina, com notas fortemente condimentadas e herbais.

Sabor extremamente complexo de um cítrico e condimentado que dominam a breja. Notas de uvas verdes se fazem presente.
Seus 10% de álcool passam desapercebido no inicio, mas quando acaba o último gole percebe que sua visão esta um tanto turva. Fora tudo isso algo selvagem de fermento se faz presente, bem sutil, mas está lá, isto não me agradou tanto.

Textura aveludada

Carbonatação media e extremamente encorpada.

Uma versão excelente de tripel, seus 300ml duram bem porque é muito forte. Gostei, mas acho que envelhecerá melhor.

Detalhes

Degustada em
09/Julho/2015
Envasamento
Volume em ml
300 ml
Onde comprou
Bodebrown.com.br
Preço
R$84 + frete (pack c/3)
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10
A melhor da série de envelhecidas em barril da Bode. Digo mais, a melhor cerveja já produzida no Brasil. Uma deliciosa combinação de notas sour, merlot, baunilha e notas frutadas. Eu esperava bem mais adocicada, não é. Eu esperava bem mais alcoólica, não é. Uma cerveja de nível internacional que só tende a crescer. Aos privilegiados que a compraram (kit com 3) devem esperar ainda mais nas próximas degustações. Já ansioso por 2020 e 2025!
Na taça apresentou um líquido dourado intenso, nebuloso e com um creme branco de grande volume, denso e persistente.
Aroma intenso com notas sour e muito merlot. Aos poucos baunilha, frutas amarelas e notas cítricas. Complexo, persistente e extremamente agradável.
No sabor uma leve entrada adocicada com malte e algo como geléia de frutas amarelas. Rapidamente o Merlot domina com notas vinificadas, um quê de uva verde e sentidas notas sour. Uma leve acidez conduz a um final suavemente amargo, levemente azedo e picante. Extraordinário equilíbrio. Aftertaste profundo e persistente com merlot, leve azedo remetendo a macerado de uvas verde e uma boa dose de baunilha. Corpo sedoso, carbonatação surpreendente para uma barrel aged e mais surpreendente drinkability.
A Bodebrown se superou. Para mim a melhor do Brasil.
Ps: ouvi dizer que algumas o sour ficou bem menos evidente ou nem apareceu. Sorte a minha que fui um dos privilegiados então.

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se