Cadastre-se

Deschutes Hop in the Dark

Sergio Curti 11 de Novembro de 2010
 
3.9 (4)
1471   0   1  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Deschutes Hop in the Dark

Informações

Álcool (%)
6.5% ABV
IBU
75
Ativa
Sazonal
Temperatura
Copo ideal
Can an IPA be black? Semantics aside, this noir version adds deep roasted malts to alter the hue and slightly smooth the edges. What emerges is something deeper, less orthodox, and all its own.

“We’ve brewed 22 batches of this beer at both our Bend and Portland pubs, experimenting on our customers as we perfected the recipe,” said Brewmaster Larry Sidor. “This beer has subtle coffee undertones born from a blend of oats with dark, Munich and crystal malts. Classic IPA flavors and aromas are due to courageous additions of Cascade, Citra and Centennial hops.”

Take the plunge – a hop, if you will – into this new Cascadian Dark Ale. Many may never even try to swim for shore.

Avaliações dos usuários

4 avaliações

5 estrelas
 
(1)
4 estrelas
 
(3)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10  (4)
Aparência 
 
4/5  (4)
Sabor 
 
15/20  (4)
Sensação 
 
5/5  (4)
Conjunto 
 
8/10  (4)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Cor preta com uma espuma grande e densa de cor bege escura com duração excelente e deixando bastante traços.
Bom aroma cítrico com notas de toronja, pinho, e maltes chocolate e torrados. Desprendeu facilmente e aguentou bem o tempo, pelo que entendi está próxima da data sugerida de vencimento.
Sabor intenso com notas de pinho, toronja, limão, cinzas, café, caramelos, cacau, resina, lúpulos cítricos e terrosos, bastante frutas escuras e especiarias. Retrogosto bem seco e amargo. Tem notas longas torradas e de seus lúpulos. Dá para senti seus 70 IBUs.
Corpo de médio a robusto com uma leve mas levemente efervescente carbonatação de bolhas diminutas. Álcool de 6,8% abv está ausente.
É uma cerveja incrível, saborosa e balanceando seus sabores intensos de maneira uniforme e elegante. E interessante como ela envelheceu bem, ganhou pontos extras por isso. Recomendável.
Ap.4,25 Ar.4,25 Sab.4,5 Sens.4,5 Cj.4,5

Detalhes

Degustada em
06/Setembro/2014
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Onde comprou
Spec's em Houston
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Degustada a 9,8 graus de temperatura. "Best after" 24/07/2010.
Essa IPA escura americana foi a primeira que degustei com esse diferencial.
Sua cor é negra opaca e seu creme bege tem média formação e duração.
Seu aroma apresenta malte torrado e lúpulo herbáceo/cítrico, ambos suaves.
Seu sabor acompanha o aroma mas de forma mais intensa, gerando um
amargor mediano e constante, com notas torradas predominantes mais no final
e retrogosto. Corpo leve e álcool bem inserido. Eu esperava mais, mas gostei
do diferencial escura e do conjunto equilibrado. Recomendo!

Destaque: Degustada nas ilustres presenças dos confrades Sangion e Marcussi.

Detalhes

Degustada em
10/Novembro/2010
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
7/10
Aroma bem discreto, traz tostado e um pouco de cafe de forma leve. O lúpulo também aparece, novamente de forma leve e diria que bem menos presente que o malte. Decepcionou um pouco.

O sabor já mostra o porque da cor preta, quase totalmente opaca: muita presenca de malte torrado. Lembra até um pouco as porters no sabor do malte torrado. A espuma foi farta, marrom, de boa duração.

O lúpulo é o destaque, de característica cítrica e que é bem percebido no inicio do gole. O malte torrado sempre aparece principalmente no final e no retrogosto, momento no qual o lúpulo desaparece um pouco.

Corpo eh leve, seco, com media carbonatacao.
Uma boa cerveja, mas pela fama que tinha, acabou decepcionando um pouco. De qualquer forma, continua sendo uma cerveja recomendada, gostosa de beber e bem balanceada.

Detalhes

Degustada em
10/Novembro/2010
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Onde comprou
Palo Alto - EUA
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
De olhos fechados, juro, eu diria que é uma IPA até instantes após engolir. Esta foi minha primeira experiência com uma black IPA, uma inovador e instigante estilo norte-americano que combina o frescor de lúpulo de uma IPA com um discreto toque de maltes torrados, criando um agradável e surpreendente contraste de sensações. No copo, sem sentir o aroma, parece mesmo uma porter bem robusta ou mesmo uma stout: preta, com bordas amarronzadas e um creme marrom de bom desempenho. Vc até já imagina a sensualidade dos aromas torrados de café e chocolate, mas, quando aproxima o nariz, surpresa!, o que sopra uma brisa fresca de lúpulo, com aromas intensos de capim-cidreira complementados por toques bem sutis de flor de laranjeira e de pimenta. Passada a primeira e desnorteante impressão, você começa a se dar conta de que há, ao fundo, um aroma torrado sutil que vai insinuando notas discretas de café com uma nuance caramelada, complementando bem o frescor do lúpulo. Assim que ela é posta na boca, confirma o frescor dominante do lúpulo, assim que você engole, porém, o malte torrado ganha a dianteira e revela mais uma vez o café suave e um sabor mais presente de torrado lembrando madeira queimada, quase como num stout, mas com o frescor herbal do capim-cidreira ainda a complementar a torrefação. Surpreendente. Amargor e doçura mostram com equilíbrio, pendendo levemente para o primeiro, com uma evolução consistente, que começa amarga, abre depois uma doçura maltada na finalização e conduz novamente a um final torrado e amargo para fechar o gole. O corpo é leve, seco, com textura algo aguada e refrescante que realmente lembra muito mais uma IPA do que uma cerveja mais maltada. Uma espécie de híbrido entre uma IPA e uma robust porter mais lupulada e seca, algo como a "alma" fresca de uma IPA sob a pele escura e sensual de uma porter. Estranho? Mas assim é este estilo que já na denominação é uma contraditória "black pale" ale. No fim das contas, ela pende mais para uma IPA, com franco protagonismo dos lúpulos e a torrefação do malte funcionando mais como um elemento de "surpresa" que mantém o interesse e que apenas fornece um contraste interessante ao frescor herbal do lúpulo. Ela não possui características muito pronunciadas (nem tão aromática e fresca quanto as melhores IPAs, nem tão saborosa quanto uma porter), mas tudo se complementa bem. Um estilo interessante, que vale a degustação.

Detalhes

Degustada em
10/Novembro/2010
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se