Cadastre-se

Stone Imperial Russian Stout

Sergio Curti 13 de Agosto de 2010
 
4.5 (12)
9376   0   5  

Avaliações dos usuários

6 avaliações com 5 estrelas

12 avaliações

 
(6)
 
(6)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10  (12)
Aparência 
 
5/5  (12)
Sabor 
 
18/20  (12)
Sensação 
 
5/5  (12)
Conjunto 
 
9/10  (12)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
6 resultados - mostrando 1 - 5
1 2
Ordenar
Avaliação Geral 
 
4.7
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
20/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10

Detalhes

Degustada em
04/Fevereiro/2017
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Onde comprou
Vamo Toma Uma - Beer Experience
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 04 de Outubro de 2017)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Degustada na pressão na versão tradicional e na versão envelhecida. A nota é da versão tradicional.
Realmente, fora de série. Complexa, mostra chocolate amargo, café, torra, caramelado. Porrada. Das melhores RIS.

Detalhes

Degustada em
18/Outubro/2016
Envasamento
Onde comprou
Stone Brewing Co - Escondido CA
image.jpeg
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10
Bela RIS, pois se destaca em todos os quesitos: aspectos visuais, olfato e, principalmente, na boca.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
650 ml
Onde comprou
Mondial de la Bière 2014
Preço
60 reais
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 10 de Outubro de 2013)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
19/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
A Stone IRS é do estilo Stout, sub-estilo Russian Imperial Stout, este caracterizador de cervejas de alta fermentação, geralmente com pouco gás e bastante álcool, forte sabor de chocolate, café e maltes torrados, coloração muito escura e grande complexidade tanto no aroma quanto no sabor, com frutado e amargor salientes. A história do estilo remonta ao século XVIII época em que a Corte Imperial da Rússia teria viajado a Londres e, tendo gostado das Stouts locais, encomendou barris daquela cerveja. Entretanto, a longa viagem através do mar Báltico terminava por estragar a cerveja. A solução foi desenvolver uma stout robusta e alcoólica o suficiente para suportar a viagem, preservando a cerveja e impedindo que ela congelasse. Esse tipo de stout foi batizada de Russian Imperial Stout, ou simplesmente Imperial Stout.

É produzida pela cervejaria Stone, sediada na Califórnia/EUA e fundada em 2006 e que se destaca nos Estados Unidos e em diversos países. No portfólio a gama de rótulos é enorme, mas destaco a Ruination IPA, a Arrogant Bastard Ale, as Vertical Epic, a Old Guardian, a IPA, a Smoked Porter etc.

Vintage 2008 - validade ?????. A garrafa é de 650 ml, cor marrom, rótulo gravado na garrafa com a famosa gárgula símbolo da cervejaria usando um chapéu de inverno do Exército Vermelho. No contra-rótulo há diversas informações interessantes como o motivo da gárgula, o perfil da cerveja, a filosofia da cervejaria e o histórico do estilo.

Vertida na taça revelou um líquido de coloração enegrecida, não translúcido, espuma marrom de bela formação e consistência, um tanto densa e volumosa, permeada por bolhas grandes e de manutenção mediana. Ao girá-la na taça as paredes laterais do vidro ficam tomadas pelo líquido viscoso mais ou menos como bolinhas de sagú, ou lágrimas, escorrendo. Maravilha! Perlage (bolhas) praticamente imperceptível.

O aroma desta cerveja é realmente digno de elogios e reverência! Intenso, rico e complexo permite a descoberta de notas de maltes torrados, alcaçuz, chocolate amargo, café, caramelo, fermento, madeira, fumo, frutas escuras, álcool e lúpulo herbal discreto. Preferi não por na geladeira e bebi à temperatura ambiente (+/- 15º C).

No paladar o líquido amplifica as sensações olfativas. De uma riqueza deliciosa e uma complexidade pouco crível defrontei-me com uma textura praticamente oleosa e um tanto espessa, podendo perceber um adocicado inicial, notas bem presentes de malte torrado, chocolate amargo, baunilha, madeira, fumo, turfa/terra, frutas escuras em segundo plano (bem suaves, talvez pelos cinco anos de guarda) e sutil lúpulo. O amargor deve-se mais aos maltes torrados do que propriamente aos lúpulos, mas sem agressividade. O final se mostra seco e torrado e o retrogosto é longo e alcóolico. A carbonatação é baixa e o corpo é médio-alto e apesar disso dá pra degustar fácil uma garrafa grande. O álcool de 10,8% ABV é muito bem inserido e dá um agradável calor na garganta, mas não consegue roubar a cena ante tanta complexidade. Enfim, está em harmonia com o belo e prazeroso conjunto. A drinkability é excepcional!

Tenho um exemplar 2011 para tempos vindouros.

Imperdível!

Detalhes

Degustada em
10/Outubro/2013
Envasamento
Volume em ml
650 ml
Onde comprou
EUA
Preço
U$ 6,50
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.8
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10
Minhas expectativas em relação a Stone Brewing, uma das cervejarias que mais cresceu nos Estados Unidos nos últimos anos, foram superadas. Meu primeiro contato físico com a americana foi pela sua Russian Imperial Stout, que possui um perfil exatamente como gosto: extremamente maltada, licorosa, sem que os maltes torrados tragam um amargor poluído.
Quando servida, já é possível perceber seu caráter viscoso e coloração marrom escuro, com translucidez nula. Seu creme é bege, se forma timidamente e o pouco que forma não dura por muito tempo.
Os maltes conseguem unir-se trazendo muita potência e ao mesmo tempo delicadeza, trazendo aromas doces de chocolate ao leite e robustos de chocolate amargo. Ainda trazem notas de café e pão preto, a frente de um sutil toque de mel. O lúpulo mostra-se de caráter herbal, e os esteres frutados vão aparecendo com a elevação da temperatura, trazendo algo de ameixas e cerejas. A complexidade não para por aí e acaba trazendo ainda mais dos maltes torrados, que chegam a remeter a cinzas, aromas de anis e até um pouco de molho de tomate.
A parte mais prazerosa de todas, é quando o líquido chega de fato a boca, trazendo uma sensação deliciosamente aveludada dos maltes, assemelhando-se muito a um licor, graças ao potente caráter adocicado, vindo do açúcar residual. Os mesmos maltes ainda trazem um amargor para contrabalancear a própria doçura, de caráter marcante, mas extremamente bem inserido. Nada de extremismos. A pouca carbonatação ainda ressalta o caráter licoroso e me agrada ainda mais. O final acaba unindo uma abertura levemente frutada e por fim uma pegada de maltes torrado que perdura por um bom tempo na boca.
Uma das melhores Imperial Stout que já tomei na vida, se não a melhor de todas. Possui todas as características do estilo que me agradam em equilíbrio extremo. Parabéns a Stone que me fez ficar completamente viciado pelos produtos da cervejaria graças a esta potente morena.

Detalhes

Degustada em
05/Outubro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
6 resultados - mostrando 1 - 5
1 2

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se