Cadastre-se

Strong Suffolk Vintage Ale

Hot
Mauricio Beltramelli
Updated 11 de Abril de 2020
 
3.8 (115)
19679 0 15

Avaliações dos usuários

3 avaliações com 5 estrelas
115 avaliações
 
3%
 
82%
 
14%
 
1%
 
1%
Avaliação Geral
 
3.8
Aroma
 
7/10(115)
Aparência
 
4/5(115)
Sabor
 
15/20(115)
Sensação
 
4/5(115)
Conjunto
 
7/10(115)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
3 resultados - mostrando 1 - 3
Ordenar
Avaliação Geral
 
4.6
Aroma
 
9/10
Aparência
 
5/5
Sabor
 
18/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
9/10
Essa foi um presente do dia dos namorados, o que já aumenta sua nota. Mas tirando isso é uma cerveja com muita personalidade, com uma apelo visual forte devido a sua coloração castanho-avermelhada e sua espuma marfim bem persistente. Na boca um sabor que eu nunca tinha sentido em outra cerveja, é até dificil fazer comparações. Todo cervejeiro tem que tomar.

Detalhes

Degustada em
30/Setembro/2012
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 12 de Junho de 2013)
Avaliação Geral
 
4.5
Aroma
 
10/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
17/20
Sensação
 
4/5
Conjunto
 
10/10
No século XIX, as cervejarias britânicas mantinham o hábito de maturar ales escuras e fortes em tonéis de carvalho e servi-las em diferentes blends com cervejas escuras frescas. Essa tradição foi lentamente caindo em desuso à medida que as porters e stouts substituíram esses blends, e este rótulo é um dos poucos remanescentes atuais desse "subestilo" dentro das old ales. Para produzir esta extraordinária cerveja, a Greene King produz uma ale de 12% de álcool denominada "5X" e a matura durante dois anos em tonéis de carvalho, para depois blendá-la a uma brown ale suave e fresca. O resultado é matador, aliando a imensa complexidade e sutileza da maturação em madeira com o frescor e a drinkability da ale fresca, atingindo um equilíbrio que consegue reunir o melhor dos dois mundos. A cor é marrom-avermelhada, com reflexos cor de ameixa, transparente, com creme que poderia ser mais persistente. No aroma, a potente 5X entrega um mundo de complexidade, com notas de madeira e resina aromática, mel, aceto balsâmico, baunilha ou nata e um potente aroma de especiarias doces remetendo a anis-estrelado e canela. A ale jovem, por sua vez, traz mel de flor de laranjeira, nozes, maçãs vermelhas, bolo inglês, uvas passas, caramelo e leve apimentado de lúpulo. As sensações se mesclam de forma muito harmônica, criando a impressão geral de um chá inglês com leite e bolo de frutas, muito agradável. O sabor é suave e preserva a drinkability da ale fresca, com um início levemente mais adocicado e frutado conduzindo a um final seco e amargo, com sensação mineral, tipicamente inglês. O corpo é mediano, com textura acetinada e cremosa, mas a sensação parece atenuada devido à baixa carbonatação. Esta cerveja é o testemunho de como a blendagem experiente e bem-feita consegue criar um oceano de complexidade aromática sem perder a delicadeza do paladar e o frescor do sabor, e sem que a madeira atropele as características mais delicadas de um estilo mais suave. Degustação obrigatória!

Detalhes

Degustada em
09/Junho/2013
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Empório Laura Aguiar
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 21 de Novembro de 2008)
Avaliação Geral
 
4.8
Aroma
 
9/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
20/20
Sensação
 
5/5
Conjunto
 
10/10
Uma cerveja impactante, de sabores inigualavelmente intensos. Malte tostado, lúpulo, frutas secas, carvalho, vinho, tudo aparece com muito detaque, sem desequilibrar o conjunto. Final longo amargo e seco, retrogosto maravilhoso de ameixas. A carbonatação baixa evidencia sua alta complexidade. No aroma, um pouco menos vigoroso que o paladar, predominam lúpulo, frutas vermelhas, frutas pretas e carvalho. Sua cor é lindíssima, um vermelho acobreado escuro, límpido e reluzente. A ausência de espuma é uma característica das vintage inglesas, portanto, não dá pra tirar nota. E, convenhamos, tem lá seu charme também.

Estava guardando este exemplar para comemorar minha centésima avaliação no ranking do Brejas, mas não resisti. Aproveito a deixa para sugerir uma nova avalição aos confrades.

Após ter degustado Rocheforts, Westmalles, Chimays, Gouden Carolus e tantas outras, tenho a senação de que esta ainda é a minha nº 1. Uma cerveja sem similar, extraordinária.

Detalhes

Degustada em
20/Novembro/2008
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
nono bier
Preço
19,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
3 resultados - mostrando 1 - 3
Cadastre-se