Cadastre-se

Extraomnes Tripel

Pedro Bianchi 27 de Outubro de 2011
 
4.0 (3)
1133   0   2  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Extraomnes Tripel

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
8.6% ABV
Ativa
Temperatura

Licet insanire. L’ingannevole apparenza. Brillante, leggermente dorata con una schiuma candida e pannosa. Olfatto floreale e piccante, ostenta fino all’ultimo sorso le sue innocenti origini di “pane liquido”, nato tra le mura di un monastero. Solo alla fine mostra la sua vera natura, con un caldo finale pepato ed etilico. Dorato carico luminoso con aderente schiuma di un leggero crema. I profumi sono maltati e di un fruttato che può ricordare una percoca in sciroppo, equilibrato da un etilico piccante e pungente. Il calore gustativo è evidente ma è ben bilanciato da una decisa secchezza che lascia la bocca pulita e pronta per un altro sorso. Carni grasse e succulente o formaggi strutturati e stagionati sono il terreno ideale di abbinamento. Entusiasma con il quinto quarto.

Avaliações dos usuários

3 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10  (3)
Aparência 
 
4/5  (3)
Sabor 
 
16/20  (3)
Sensação 
 
4/5  (3)
Conjunto 
 
8/10  (3)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Apresentou coloração dourada nebulosa com espuma branca de ótima formação e persistência. No aroma temos lichia, abacaxi em calda e frutas cristalizadas. O sabor segue o aroma, complementado por notas herbais, leve limão, suave picância e nuances de Cointreau.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Open Baladin - Roma
Preço
uns 6 euros
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
19/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Uma cor dourada luminosa com uma leve espuma cremosa. Um perfume maltado e frutado, um equilibrado etilico picante. Calor no paladar, mas balanciado com um seco que te prepara a boca pra mais um gole! Uma perfeita combinação com carne gordurosa e suculenta ou queijos temperados!

Detalhes

Degustada em
10/Dezembro/2011
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Italia
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 1 0
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Tripel agradável de uma cervejaria do norte da Itália, que para mim era desconhecida até então. Trata-se de uma reprodução nacional do estilo, de caráter frutado e com especiarias em segundo plano.
Na tacinha já mostrou-se fiel ao estilo, com uma coloração dourado claro de pouca translucidez. O volumoso creme branco demora para cair e ainda mostra uma consistência muito cremosa.
Como já dito, quem domina o aroma, são os esteres frutados, que remetem a pêssego, damasco, tutti fruti e banana. Há sim um fundo condimentado e picante que sugere adição de semente de coentro. O malte também está presente como plano de fundo, sugerindo pão branco e mel.
Peca um pouco pela doçura maltada e frutada na boca, pedindo um pouco de aromas fenólicos para equilibrar. O condimentado/picante de coentro está lá novamente, mas muito discreto perto da doçura. A carbonatação também me pareceu um pouco baixa para o estilo.
Apesar de ser muito fácil de beber, a doçura marcante me incomodou um pouco, já que prefiro as Tripel mais condimentadas e fenólicas. Graças a essa doçura marcante, acreditaria estar de frente a uma Baladin, que provavelmente deve possuir uma variedade de fermento com características semelhantes.

Detalhes

Degustada em
23/Outubro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se