Cadastre-se

Maltus Faber Extra Brune Barricata

Pedro Bianchi 27 de Outubro de 2011
 
4.2 (2)
1504   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Maltus Faber Extra Brune Barricata

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
10% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal

Extra Brune Barricata is a special version of Extra Brune that has been aged for at least six months in a wood barrel, previously used for aging Brunello di Montalcino red wine. The smooth and enjoyable character of the "normal" Extra Brune is ideally complemented by the wood and a touch of vinous tartness.

Avaliações dos usuários

2 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
9/10  (2)
Aparência 
 
5/5  (2)
Sabor 
 
17/20  (2)
Sensação 
 
4/5  (2)
Conjunto 
 
9/10  (2)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10
Apresentou coloração castanho escuro com espuma bege de fina formação e pouca persistência. No aroma temos cerejas, figos secos e ameixa em calda. Na boca as notas permanecem, complementadas por vinho Madeira e baunilha. Tem corpo médio para alto , carbonatação amena e textura aveludada.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Eataly - Genova
20200129_214623
20200125_211722
Denunciar esta avaliação Comentários (1) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Uma das melhores criações cervejeiras da Itália que tive a chance de provar. A Maltus Faber é uma cervejaria com apenas 6 anos de vida, que tem sede na cidade de Genova e já conquistou alguns prêmios, dois deles com a sua Extra Brune, uma Dark Strong Ale licorosa e potente. Há ainda uma edição especial com base nesta mesma cerveja, porém maturada por pelo menos 6 meses em barris de madeira, anteriormente usados para fabricação de vinho tinto, o que acaba trazendo aromas vinificados e selvagens a cerveja. Tive a chance de provar uma Vintage 2009, ou seja, já com 2 anos de guarda.
Apresentou uma coloração marrom escura, levemente avermelhada, com pouquíssima translucidez. Acima do líquido, um creme bege, volumoso, cremoso, mas que não tem uma persistência das mais altas, o que é justificável pelo alto teor alcoólico.
O delicioso perfume remete a leveduras selvagens numa boa combinação entre sal de frutas, couro e os toques frutados de ameixas, framboesa e uva roxa, bem doce. Aromas mais ácidos também estão presentes, lembrando vinho tinto e até vinagre de maçã, mas são quebrados pela doçura maltada de caramelo e chocolate. Obviamente, é possível notar os aromas amadeirados, que vão se tornando mais evidentes com o aumento de temperatura.
O paladar é muito bem definido, com os maltes amaciando a boca com tons adocicados, preparando para uma marcante acidez que lembra as Lambic. O final acaba mostrando um pouco dos maltes torrados e uma leve sensação picante dos lúpulos e do álcool, deixando um retrogosto que lembra um vinho fortificado.
A combinação entre a cerveja licorosa e a maturação longa nos barris de vinho, funcionou perfeitamente. Um verdadeiro banquete para quem, como eu, gosta de Sour Ales potentes e marcantes.

Detalhes

Degustada em
24/Setembro/2011
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se