Cadastre-se

Toccalmatto Noel du Sanglier

Fabiano Pereira 19 de Maio de 2014
 
4.2 (1)
647   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Noel20092.jpg

Informações

Álcool (%)
9% ABV
IBU
30
Cor SRM
12,00
Ingredientes
Água, malte de cevada, açúcar, flocos de trigo, lúpulo, leveduras da Rochefort, casca de laranja amarga e limão da calábria.
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Noel du Sanglier è la birra Natalizia di Toccalmatto. In sè racchiude tutto quello che ci si aspetta da una birra di Natale e anche il carattere del Birrificio. Infatti è calda, alcolica, ricca, speziata con aromi di malto, caramello e frutta candita, ma a differenza delle altre ha un finale amaro e secco che pulisce il palato e la rende molto piacevole. Peccato che sia una birra Nataliza, perchè ci piacerebbe potercela bere tutto l'anno!
Consigliato l'abbinamento con formaggi a crosta lavata come Taleggio, Brie o Rollot, e coi dolci tipici della tradizione natalizia.

Fotos

Noel du Sanglier.png
Toccalmatto.jpg

Avaliações dos usuários

1 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10  (1)
Aparência 
 
5/5  (1)
Sabor 
 
17/20  (1)
Sensação 
 
4/5  (1)
Conjunto 
 
8/10  (1)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Esta Toccalmatto Noel Du Sanglier (javali de Natal, em francês) é uma cerveja de alta fermentação do estilo Belgian Strong Ale, sub-estilo Belgian Dark Strong Ale, este caracterizado por apresentar cervejas mais escuras (que suas primas de estilo), mas em regra igualmente fortes, bastante complexas, encorpadas e saborosas, com um ABV que pode chegar aos 12%. Com destacada formação de espuma as BDSA apresentam aroma e sabor dominados por dulçor de maltes, especiarias e frutado, notadamente de frutas secas. O lúpulo é sutil, o corpo é variável e a carbonatação é elevada.

É produzida por Birrificio (cervejaria) Toccalmatto cuja história recente remonta ao mês de outubro de 2008. Foi fundada por Bruno Carilli na cidade de Fidenza/Parma (norte da Itália), tendo por inspiração as clássicas cervejas belgas e britânicas. O portfólio é vasto e este é o primeiro rótulo que degusto, mas tenho na adega: - Russian Imperial Stout Wild Bretta (envelhecida por 13 meses em barris de vinho Sagrantino di Montefalco), Strong Ale, que na verdade é uma barleywine, (envelhecida em barris de grappa) e Bedda Matri (envelhecida por 02 anos em barris de vinho Marsala – vinho fortificado da Sicília).

Lote 92 – validade 29/10/2015. A garrafa é de 750ml, cor verde oliva, tampa dourada que traz o símbolo da cervejaria. De requintada apresentação contempla um criativo rótulo que se apresenta na cor azul e traz em letras grandes o nome dado à breja e a figura de um javali equilibrando-se sobre barris (keg’s) de cerveja e envolto em enfeites natalinos. No contra-rótulo uma profusão de informações: - endereço da fábrica, graduação alcoólica (ABV 9,0%), ingredientes (vide interessante combinação), temperatura de serviço (8 - 12 ºC), taça ideal (tulipa), menção à refermentação na garrafa e à presença de sedimentos, harmonização (carnes e queijos maturados) etc.

Vertida na taça revelou uma coloração âmbar com tons avermelhados, turbidez elevada e sedimentos no fundo da garrafa. A espuma de cor branca é de bela formação, consistente, densa e de razoável persistência, com bolhas médias e que manteve uma fina tampa residual sobre o líquido ao longo da degustação. Perlage (bolhas) frenéticas e perceptível.

O aroma desta cerveja se mostrou agradável, pronunciado e complexo. Apresentou perfil bem maltado e frutado, com nuances de caramelo, sutil torrefação, pão, leveduras, açúcar mascavo, frutado de laranja e damascos, alguma especiaria (canela, cravo), lúpulo discreto da variedade eslovena Celeia (Stryan Golding) de perfil cítrico e álcool perceptível.

No paladar o líquido de textura oleosa se apresenta na boca com uma leve acidez cítrica e traz uma forte base maltada, com perfil adocicado e frutado. As impressões olfativas reverberam com mais intensidade e assomam-se notas de caramelo, pão, açúcar mascavo, fermento, frutado de laranja, damascos e ameixas, nuances de canela e cravo e discreto lúpulo (IBU 30). O final é levemente amargo e picante e o retrogosto é adocicado e alcoólico. O corpo é médio e a carbonatação é média-alta. O álcool de ABV 9,0% é perceptível, mas o aquecimento discreto mostra que está bem inserido. A drinkability (palatabilidade) é elevada e dá para encarar uma garrafa.

As expectativas em torno desta italiana natalina foram atendidas. A degustação foi bastante prazerosa, proporcionada por um conjunto robusto, equilibrado e de ótima complexidade.

Recomendo muito!

Detalhes

Degustada em
24/Maio/2014
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Onde comprou
Itália
Preço
€ 10,20
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se