Cadastre-se

Renaissance M.P.A.

Francisco Lima
 
3.6 (2)
538   0   2  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Renaissance M.P.A.

Informações

Álcool (%)
8.5% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Marlborough Pale Ale, or M.P.A. for short, is a uniquely kiwi take on an American Double India Pale Ale and is the biggest beer in our range. It is also the most philanthropic as it contributes significantly to the national economies where it is sold due to its generous donations to the excise tax man!

The style is based on the Americans intention to create a massively hopped full-bodied, higher alcohol Pale Ale to showcase the bitterness flavour and aroma of their locally grown hops.

Rather than simply copying the Americans, Renaissance Brewing has taken the concept and turned it into a kiwi brew by utilising not only New Zealand grown hops but also by choosing to use only New Zealand hop varieties.

M.P.A. is a released seasonally as it uses the new seasons hops every southern hemisphere autumn. In the current vintage release (2009) Renaissance has chosen to use a single variatal, Rakau, a hop recently released by Hort Research. M.P.A. showcases the lovely piney, apricot and stone fruit flavours that Rakau is capable of, balancing its flavour and bitterness against a strong malty full bodied Ale. M.PA. is massively hopped. A normal brew has 3 or 4 hop additions, M.P.A. had 13 additions, and this yielded an ale with approximately 120 hops per bottle.

Most people are unaware of how any single hop varietal tastes. One sip of M.P.A and they will know Rakau!

Cheers!

Avaliações dos usuários

2 avaliações

Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10  (2)
Aparência 
 
4/5  (2)
Sabor 
 
15/20  (2)
Sensação 
 
4/5  (2)
Conjunto 
 
7/10  (2)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Avaliação Geral 
 
3.4
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
6/10
Cor cobre, caramelo, espuma bege de bolhas grandes que dura muito.

Aroma lupulado ao extremo, puxado pra químico, difícil de descrever. Pinho em destaque.

Na boca mostra amargor intenso, daqueles que marcam o final do gole e ficam bastante no retrogosto.

Quente do álcool, da aquela aquecida na garganta.
Uma breja curiosa, difícil de entender e nao tão fácil de beber.

Detalhes

Degustada em
26/Novembro/2013
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Cor âmbar escura turva com três dedos de espuma densa com longa duração e deixando bastante traços.
Aroma maltado com notas de caramelo e um leve cítrico. Eu esperava muito mais, embora esteja perto do vencimento.
Sabor bem condimentado com notas de maltes tostados e de toffee, uvas verdes e pinho. Toques de Madeira e tabaco. Retrogosto bem seco e amargo.
Uma DIPA maltada que é um pouco difícil de decifrar, provavelmente devido ao não comum lúpulo neozeladês usado. Bem assertiva e lupulada com notas de pimenta do reino.
Ap.3,75 Ar.3,5 Sab.3,75 Sens.3,75 Cj.3,75

Detalhes

Degustada em
26/Novembro/2013
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se