Cadastre-se

3 Fonteinen Oude Geuze Cuvée Armand & Gaston

Jota Fanchin Queiroz 25 de Abril de 2018
 
4.3 (2)
371   0   1  

Avaliações dos usuários

2 avaliações

Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10  (2)
Aparência 
 
4/5  (2)
Sabor 
 
18/20  (2)
Sensação 
 
5/5  (2)
Conjunto 
 
9/10  (2)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
2 resultados - mostrando 1 - 2
Ordenar
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Adquirida na cervejaria. A garrafa fez grande barulho ao abrir, mas não derramou nada.
Cor dourada alaranjada levemente turva com um colarinho fina de duração decente.
Aroma predominante “funky” com notas de pimenta branca, um pouco de madeira, maçãs verdes, suor de cavalo, enxofre, limão, lavanda e grãos.
Sabor com notas de torta de limão, manta de cavalo, maçãs verdes, toronja, lúpulos envelhecidos, acido lático, trigo, grãos, um “funky” terroso e cítrico, mel e arandos. Retrogosto seco e azedo.
Corpo leve com carbonatação efervescente. Álcool de 6,3% está completamente ausente.
Gueuze “funky” e intensa com notas profundas cítricas e picantes. O sabor surpreendeu com uma elegância inicial que seguiu por um efeito azedo atrasado. Ela deve atrair os caçadores de azedo do que a receita do estilo balanceada que usualmente a Cantillon por exemplo busca.
Ap.3,75 Ar.3,75 Sab.4 Sens.4 Cj.4

Detalhes

Degustada em
14/Agosto/2019
Envasamento
Onde comprou
Bruxelas (3 Fonteinen)
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
19/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Na taça mostrou um líquido dourado escuro turvo, com algum perlage e um creme bem aerado mas de boa formação e média persistência.
Aroma absurdamente intenso e muito selvagem (funky). Manta de cavalo e feno molhado explodem. Aos poucas notas cítricas e florais com frutas amarelas passam a dominar. Toques de vinho branco e casca de limão. Incrível mesmo.
Na boca a complexidade aparece ainda mais. Notas cítricas (limão e casca de limão), perfil bem funky, frutas amarelas azedas (bastante brett), um toque de baunilha e notas terrosas. O final é bastante seco trazendo uma acidez pronunciada. Aftertaste profundo trazendo notas levemente azedas de uva branca, funky e toques de limão. Complexidade extrema. Corpo leve e carbonatação evidente.
No conjunto uma cerveja selvagem e extrema mas incrivelmente refrescante e com alta drinkability.
Que espetáculo.

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
2 resultados - mostrando 1 - 2

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se