Cadastre-se

Petra Stark Bier

Hot
Brejas
Updated 10 de Maio de 2019
 
3.3 (139)
28859 0 17

Avaliações dos usuários

88 avaliações com 3 estrelas
139 avaliações
 
2%
 
32%
 
63%
 
2%
1 estrela
 
0%
Avaliação Geral
 
3.3
Aroma
 
6/10(139)
Aparência
 
4/5(139)
Sabor
 
13/20(139)
Sensação
 
3/5(139)
Conjunto
 
7/10(139)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
88 resultados - mostrando 61 - 65
« 1 ... 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 »
Ordenar
Avaliação Geral
 
3.2
Aroma
 
6/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
13/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
Premium de cor dourada, aroma maltado e lupulado, formou creme não persistente, sabor intenso de lúpulo, com amargor acentuado. Também algo doce no sabor, como se fosse biscoito ou banana, mas depois some. Retrogosto amargo lupulado. Álcool bem inserido, média carbonatação, boa cerveja. Conjunto final bom.

Detalhes

Degustada em
19/Janeiro/2011
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Forte da Barra
Preço
R$ 8,99
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
2.8
Aroma
 
6/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
10/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
5/10
Interessante aroma de banana e cidra. O álcool também se destaca bastante, tanto no aroma quanto no sabor. Encorpada e de alta carbonatação, o final é predominantemente seco. Uma característica que talvez prejudique um pouco o conjunto é a acidez excessiva. Ainda assim, trata-se de uma ótima breja.

Detalhes

Degustada em
12/Dezembro/2010
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Preço
R$ 2,79
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
2.7
Aroma
 
4/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
12/20
Sensação
 
2/5
Conjunto
 
5/10
Esta "stark Bier" da Petra ("cerveja forte", em alemão), é apresentada pela cervejaria como uma "cerveja forte pilsen", mas pode talvez ser classificada no grupo das malt liquors. Intensa e bem maltada, com uma presença bem colocada do álcoo, mostrou-se uma receita interessante, mas infelizmente muito prejudicada por defeitos sérios de produção. Mostrou-se bem bonita na taça, com uma cor dourada profunda e alaranjada, transparente, encimada por um bom creme branco, denso, volumoso e de persistência razoável. Inicialmente, o aroma é bom: o malte é bem evidente com notas de mel e castanhas de caju doces, acompanhado de um toque frutado que remeteu a cerejas ao marrasquino (e que, por sinal, eu também senti na Weiss da cervejaria) e de um breve e fugaz lúpulo floral com notas de gerânios. Com o tempo, porém, começaram a aparecer defeitos sérios no aroma, que começam a dominar o conjunto a ponto de ofuscar todas as suas boas características: ácido caprílico muito intenso (remetendo a sabão em barra), algo de acetaldeído (esmalte) e um fundo metálico. O sabor também é bem maltado, com o mesmo toque frutado do aroma, e com uma finalização com notas de mel ou xarope dando-lhe um paladar mais "fechado". O lúpulo aromático não se mostrou tão relevante na boca. O acetaldeído se tornou bem perceptível na boca, com um toque químico desagradável de esmalte que prejudica a drinkability (e que é frequente em malt liquors), com caprílico e metálico mais suaves. Predomina a doçura do malte, bem marcante, contrabalanceada por uma acidez mediana e por um amargor que, no entanto, por ter essa pegada meio "química" (que eu identifico em algumas cervejas com acetaldeído), mostrou-se um pouco incomodativo. A entrada é doce e ácida, evoluindo para um final doce-amargo com essa sensação química estranha e com retrogosto de curta duração que traz mel/xarope e algo de malte. O corpo é marcante, com uma boa textura grossa, "nutritiva" e levemente viscosa que acusa que esta realmente é uma receita sem adjuntos. O álcool, apesar dos 8,2%, é bem inserido e menos perceptível do que eu esperava - incomoda mais o acetaldeído do que o álcool, na real. Uma surpresa da Petra que me deixa sem saber exatamente o que pensar. Por um lado, é uma receita marcante, saborosa, com algumas qualidades importantes - por outro, a maturação abreviada típica de cervejarais industriais como a Petra claramente não dá conta de arredondar e tornar mais "bebível" uma receita tão intensa quanto esta, o que resulta em defeitos mais sérios do que em outros rótulos da marca, sem os quais seria uma receita bem interessante. De qualquer forma, parece-me melhor errar do que nem tentar, pelo que eu considero esta possivelmente a mais interessante das cervejas da Petra.

Detalhes

Degustada em
26/Outubro/2010
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Pão de Açúcar
Preço
R$ 6,99
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 1 0
Avaliação Geral
 
3.1
Aroma
 
6/10
Aparência
 
3/5
Sabor
 
13/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
Cor dourada intensa, límpida, creme de boa formação e média duração, aroma adocicado, encorpada, sabor maltado e levemente adocicado (panetone?), leve amargor final, álcool perceptível mas não agressivo. Boa cerveja, bem diferente do padrão das lagers claras em geral, incluindo as "premium". O residual doce junto com o alto teor alcoólico pode torná-la enjoativa se bebida em grande quantidade.
 
Lote: 0517059
Validade: 06/12/2010

Detalhes

Degustada em
23/Outubro/2010
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral
 
3.2
Aroma
 
7/10
Aparência
 
4/5
Sabor
 
12/20
Sensação
 
3/5
Conjunto
 
6/10
A aparência impressiona com um dourado profundo, o aroma também agrada, mistura de frutas com biscoito, já no sabor predomina o biscoito caramelado, com um leve amargor. Vale a pena experimentar, mas não é para se tomar sempre.

Detalhes

Degustada em
18/Setembro/2010
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Carrefour
Preço
R$ 17,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
88 resultados - mostrando 61 - 65
« 1 ... 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 »
Cadastre-se